GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

sábado, agosto 28, 2010

Israel pretende arrendar as novas aeronaves de treinamento

By on 28.8.10

Preocupações financeiras e orçamentos encolhidos estão exigindo que a Força Aérea de Israel encontre inovadores mecanismos de investimentos enquanto deseja continuar a modernizar sua frota de antigas aeronaves.

O Ministro da Defesa Ehud Barak deu sua aprovação provisória na semana passada para aquisição de 20 caças stealth F-35 JSF (Joint Strike Fighters) e a Força Aérea de Israel está agora nos estágios finais de submeter uma oficial Requisição para Informações (RfI) para as aeronaves de treinamento da Coreia do Sul e da Itália as quais ela está avaliando para substituir sua legendária frota de jatos A-4 Skyhawks.

Conhecido em Israel como Ayit (Hawk), o primeiro Skyhawk chegou em Israel em 1967, após a Guerra dos Seis Dias e foi o primeiro caça a jato que os Estados Unidos concordaram em vender para Israel.

Ele operou proeminiente na Guerra do Yom Kippur em 1973 e na Primeira Guerra do Líbano em 1982.

http://4.bp.blogspot.com/_En-sxfOkXP8/S2pvxdOeeLI/AAAAAAAAEoo/PsCsTUKtXl0/s400/M-346+Master.jpg

O jato de treinamento Alenia Aermacchi M-346 Master fabricado na Itália é um dos principais competidores para substituir a frota de treinadores Skyhawk da Força Aérea de Israel. (Foto: Alenia)

Após a guerra, a Força Aérea de Israel decidiu desativar os jatos do serviço operacional e começou a utilizar eles como treinadores avançados para os cadetes no curso de pilotos da Força Aérea de Israel após completado a fase de treinamento em voo inicial nas aeronaves Fougas, os quais foram recentemente substituídos pelas aeronaves turbohélices Beechcraft T-6 Texan.

A Força Aérea de Israel está avaliando seriamente dois candidatos para substituir os jatos Skyhawk. O primeiro é o subsônico italiano Alenia Aermacchi M-346 Master, escolhido pelas forças aéreas da Itália e Cingapura.

O Primeiro Ministro Italiano Silvio Berlusconi tem feito lobbie para Israel adquirir os jatos da fabricante italiana e o essa parece ser a proposta que está liderando a competição pelos corredores diplomáticos devido aos fortes laços entre o Primeiro Ministro Israelense Binyamin Netanyahu com seu colega italiano.

O principal concorrente é o KAI T-50 Golden Eagle feita na Coreia do Sul em parceria com a norte americana Lockheed Martin. O jato é considerado um dos melhores treinadores do mundo. No ano passado os pilotos da Força Aérea de Israel voaram para Coreia do Sul para examinar o jato.

Próximo do acordo, no entanto, esse tem sido atrasado devido a restrições orçamentárias – particularmente devido ao acordo de compra dos caças JSF, os quais deverão custar para Força Aérea de Israel o equivalente a US$2,75 bilhões por 20 aeronaves que começarão a chegar em Israel em 2015.

No entanto, ao invés de pagar pelas aeronaves de treinamento, o Ministério da Defesa decidiu seguir com uma proposta da Elbit Systems e da Israel Aerospace Industries (IAI) as quais adquiririam as aeronaves de treinamento e posteriormente venderiam pacotes de horas de voo para Força Aérea de Israel.

Fonte: The Jerusalem Post – Via: Cavok

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts