GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

sexta-feira, novembro 26, 2010

China adverte contra exercício militar de Coreia do Sul e EUA

By on 26.11.10
O governo chinês fez uma advertência nesta sexta-feira (26) contra as manobras militares conjuntas que Estados Unidos e Coreia do Sul pretendem iniciar no próximo domingo (28), e que aconteceriam na zona econômica exclusiva da China - extensão do mar sobre a qual o país têm direitos em questões ligadas a alfândega, saúde, imigração, portos e circulação.


O USS George Washington, um dos super porta-aviões nucleares da Marinha dos EUA e está se dirigindo desde quarta-feira para o litoral coreano, um dia depois de a Coreia do Norte ter disparado contra uma ilha sul-coreana. O porta-aviões USS George Washington, movido a energia nuclear e levando 75 aviões de guerra e 6.000 tripulantes.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hong Lei, disse que o exercício conjunto não foi autorizado.

- Somos contrários a qualquer ação militar não autorizada dentro da zona econômica exclusiva da China.

O exercício militar deve acontecer apenas cinco dias depois do ataque norte-coreano à ilha de Yeongpyeong, pertencente à Coreia do Sul, que deixou quatro mortos - dois militares e dois civis.

Para o Ministério das Relações exteriores da China - tradicional aliado dos norte-coreanos -, as manobras de americanos e sul-coreanos não contribuem para trazer a região de volta à estabilidade.

- A situação atual na península coreana é complicada e sensível, todas as partes devem mostrar moderação, trabalhar a favor da distensão, da manutenção da paz e da estabilidade da península, e não o contrário.

Pela primeira vez desde a Guerra da Coreia (1950-1953), a Coreia do Norte bombardeou uma ilha sul-coreana, provocando quatro mortos e 20 feridos. O Exército da Coreia do Sul respondeu com disparos.

mapa

As principais tensões com a Coreia do Norte em 2010

23 de novembro Tropas fazem disparos de artilharia contra ilha sul-coreana na região de fronteira do mar Amarelo.
21 de novembro Cientista americano diz ter visto, a convite do governo norte-coreano, uma nova usina de enriquecimento de urânio, com centenas de centrífugas já instaladas.
11 de novembro Em visita oficial à Coreia do Sul, presidente dos EUA, Barack Obama, diz que a postura do país vizinho o levará a apenas "mais isolamento e menos segurança" e reafirma apoio ao Sul
29 de outubro Militares norte-coreanos disparam contra tropas do Sul na Província fronteiriça de Gangwondo.
29 de outubro Coreia do Norte rompe diálogo com a ONU sobre afundamento de navio militar sul-coreano.
24 de outubro Governo afirma que seu arsenal nuclear é uma "preciosa espada". Analistas cogitam um terceiro teste atômico.
10 de outubro País realiza um dos maiores desfiles militares de sua história para apresentar Kim Jong-un, futuro sucessor do ditador Kim Jong-il.
27 de setembro Exército promove Kim Jong-un, filho do ditador Kim Jong-il, a general, em movimento que prepara sucessão.
4 de agosto Coreia do Norte instala mísseis terra-ar de longo alcance na zona da fronteira com a Coreia do Sul.
26 de março Afundamento de navio militar sul-coreano, atribuído a torpedo da Coreia do Norte, mata 46 marinheiros.

Saiba Mais:

Entenda o conflito entre Coreia do Sul e Coreia do Norte

Fonte: R7

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts