GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

domingo, novembro 28, 2010

FBI impede ataque terrorista em evento no Oregon

By on 28.11.10
Agentes disfarçados da polícia federal dos EUA, o FBI, impediram que um adolescente nascido na Somália explodisse um carro-bomba na cerimônia de inauguração da iluminação de uma árvore de Natal em Portland, no Estado do Oregon. Os explosivos eram falsos e foram fornecidos pelo próprio FBI como parte da operação de investigação e o público que estava no local não corria perigo, segundo as autoridades norte-americanas.

http://3.bp.blogspot.com/_UX2QBJfO6es/TM0U1vC5-vI/AAAAAAAABII/RH2wdo8-4Gw/s1600/fbi.jpg

Mohamed Osman Mohamud, de 19 anos, foi preso às 17h40 (horário local) de sexta-feira, assim que acionou os botões de um telefone celular que teoricamente detonaria os explosivos. Gritando "Deus é ótimo" em árabe, o jovem ainda tentou agredir os policiais ao ser preso. "A ameaça era muito real", comentou Arthur Balizan, agente especial encarregado do FBI no Oregon. "Nossa investigação mostrou que Mohamud estava absolutamente determinado a realizar um ataque de grande proporção".


Mohamad Osman Mohamud

O jovem, que é cidadão naturalizado norte-americano e morava em Corvallis (Oregon), foi acusado de tentativa de uso de arma de destruição em massa. As autoridades não informaram se Mohamud tinha ligações com outros cidadãos norte-americanos acusados recentemente de tentar realizar ataques no país. As investigações sobre o caso começaram em junho e documentos mostram que o suspeito trocava e-mails com um "parceiro não revelado" no noroeste do Paquistão, em uma região de fronteira onde é forte a presença da Al-Qaeda e de representantes do Taleban do Afeganistão.

Após um agente do FBI se passar por parceiro do paquistanês com quem Mohamud se comunicava, o jovem começou a enviar para esse agente componentes para a fabricação uma bomba. No começo do mês, Mohamud e agentes disfarçados do FBI viajaram para o interior do Oregon para fazer um teste com os explosivos. Na ocasião, os agentes perguntaram se o jovem seria capaz de olhar para os corpos das pessoas mortas no ataque e ele teria dito que "eu quero que todos os que estejam participando do evento saíam mortos ou feridos".

Omar Jamal, representante da Somália na ONU, condenou a tentativa de ataque e pediu que os somalis cooperem com a polícia e o FBI. "Digam o que sabem para que todos possamos estar seguros".

Fonte: Yahoo

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts