Os Indianos vão acabar voltando atrás e comprando o Gripen NG

FX-2: Caças ainda podem ser comprados este ano, diz Jobim

Postado por Vinna segunda-feira, fevereiro 28, 2011 1 comentários

O corte de 27% no orçamento do Ministério da Defesa não devem impedir que o acordo sobre a compra dos caças para a Força Aérea saia ainda no primeiro semestre deste ano. Como o projeto prevê uma rodada de 12 meses de negociações a partir do acordo de compra, os gastos orçamentários aconteceriam apenas a partir do final de 2012, de acordo com o ministro Nelson Jobim.

No entanto, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta segunda-feira que o governo não vai comprar os caças este ano, devido à contenção de investimentos em relação ao texto aprovado no Congresso.

Os cortes no orçamento da Defesa serão de R$ 4,1 bilhões, em relação aos R$ 15 bilhões previstos para custeio e investimentos. A maior dificuldade é cortar o custeio, já que o país conta atualmente com 345 mil militares na folha de pagamento.

As três forças que compõem o ministério, Exército, Aeronáutica e Marinha, já entregaram suas propostas de corte orçamentário e a decisão será tomada logo após o carnaval.

De qualquer forma, Jobim afirmou que os projetos internacionais vão continuar, mas disse que os nacionais poderão aguardar. No entanto, o ministro disse ser possível manter a compra dos caças no radar, porque o desembolso não seria em 2011. Mas a decisão final será da presidente Dilma Rousseff.

"Não há despesa de caças neste ano, não haveria em nenhuma hipótese. Porque uma coisa é decidir o início da negociação, que leva no mínimo 12 meses. Se fechasse esse ano, os efeitos orçamentários disso só se verificariam no final de 2012, início de 2013", disse Jobim.

A expectativa do ministro é retomar as conversas com Dilma dentro de dois meses para definir quais serão os caças. A maior expectativa é pelos franceses Rafale, mas também estão no páreo modelos da americana Boeing e da sueca Saab.

Fonte: O Globo



Informes extraoficiais dão conta que a aeronave participava de uma operação de combate a narcotraficantes na fronteira com o Peru e a Colômbia, nas imediações do Acre.

Um avião de caça da Força Aérea Brasileira (FAB), um turboélice A29 Super Tucano (igual ao da foto), um dos mais poderosos modelos de aeronaves de guerra da esquadrilha de helicópteros de combate e aviões de caça estacionada na Base Aérea de Porto Velho, caiu no final da tarde desta sexta-feira a 300 metros do aeroporto civil desta Capital.

As causas do acidente ainda não foram explicadas. A imprensa foi proibida de se aproximar do caça e duas avenidas de acesso ao aeroporto imediações foram interditadas. O Comando da Aeronáutica em Brasília publicou nota limitando-se a informar que o aparelho apresentou “problemas” e forçou o piloto, o 1º Tenente-Aviador Marcelino Aparecido Feitosa, a abandonar o equipamento em vôo, ejetando-se. Ele não sofreu ferimentos, mas foi hospitalizado para observação.

Como ele caiu sobre uma árvore, seu corpo não foi de imediato localizado (só a Torre de Controle do aeroporto sabia, avisada pelo miltar por seu rádio portátil.)

O secretário da Segurança Pública de Rondônia, Marcelo Bessa, esteve pessoalmente comandando os serviços de busca ao piloto ao lado de oficiais do Corpo de Bombeiros e da Aeronáutica

NoticiaRo.com, por sua vez, soube que o avião vinha de Cruzeiro do Sul, no Acre, e isso causa a suposição, ainda não confirmada ofcialmente (e é mais provável que a FAB, como de costume, negue) que o avião estivesse retornando de uma missão de combate a narcotraficantes e possa ter sido avariado ao enfrentar algum avião estrangeiro também armado.

A avaria talvez tenha fragilizado o avião ao chegar a Porto Velho sob forte chuva. A FAB, que jamais confirmou os combates que ocorrem na fronteira noroeste do Brasil contra aviões do narcotráfico procedentes do Peru, da Colômbia e da Bolívia, não permitiria que os repórteres vissem marcas de balas no avião.

Cruzeiro do Sul, de onde vinha o A29 Super Tucano, está localizada no Vale do Juruá – rota internacional do narcotráfico. O que fazia um caça da FAB na região onde tráfico de drogas evoluiu ao ponto de dificultar as ações policiais?

Em Cruzeiro do Sul, fronteira com o Peru, distante cerca de 780 quilômetros de Rio Branco, capital do Acre, a policia vem tendo dificuldade para desmantelar a rede de narcotráfico internacional – dizem fontes dessa cidade.

Um morador disse que “as operações são lentas e demoradas, mas quando as quadrilhas são localizadas descobre-se que o poder e a influência dos traficantes vão além da força policial e judiciária.”

Localizada na regional do Juruá, Cruzeiro do Sul limita-se ao norte com o Estado do Amazonas; ao sul com o município de Porto Walter; ao leste com o município de Tarauacá e à oeste com os municípios de Mâncio Lima, Rodrigues Alves e com a República do Peru.

"A aeronave caiu por volta das 17h30 e causou grande barulho em toda a região. O piloto que comandava a aeronave conseguiu ejetar-se antes da queda. Ele caiu em uma árvore e foi resgatado por militares em um helicóptero" - relata o site Rondoniagora.

A primeira providência da Infraero foi bloquear o acesso da imprensa, que não podia se deslocar a nenhum lugar a partir da Avenida Lauro Sodré ou mesmo pela Jorge Teixeira. Essas duas vias foram interditadas completamente e o aeroporto fechado até às 18h45.

Às 20h02 (hora de Brasília, GMT -3), o site da FAB publicou, como seu principal destaque a seguinte Nota Oficial:

“Acidente com avião da FAB

“O Comando da Aeronáutica informa que nesta sexta-feira (25 FEV), por volta das 19h (horário de Brasília), uma aeronave de caça da Força Aérea Brasileira (FAB), modelo A-29 (Super Tucano), apresentou problemas obrigando o piloto a usar o mecanismo de ejeção para abandonar o equipamento. A aeronave caiu próximo à pista de pouso do aeroporto de Porto Velho (RO).

“O 1º Tenente-Aviador Marcelino Aparecido Feitosa foi resgatado por um helicóptero H-60 (Black Hawk) da FAB e encaminhado ao Hospital da Guarnição do Exército em Porto Velho, onde permanece em observação. No momento do resgate, o militar estava consciente.

“A Aeronáutica iniciou as investigações para apurar os possíveis fatores que contribuíram para o acidente.

“Brasília, 25 de fevereiro de 2011.

“Marcelo Kanitz Damasceno - Coronel Aviador
Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica.”

Fonte: Agencia Amazonas


Retirada depeças do avião da FAB

No início da tarde deste domingo (27) integrantes da Força Aéra Brasileira, soldados e técnicos, começaram a retirada de peças do avião modelo A-29 (Super Tucano) que caiu próximo a cabeceira da pista de pouso do Aeroporto Internacional Gov. Jorge Teixeira na última sexta-feira (25).

Peças pequenas e partes da fuselagem da aeronave estão sendo retiradas da selva e carregadas por soldados até um caminhão sob forte esquema de segurança feita pela Aeronáutica, inclusive tentando inibir o trabalho da imprensa que se encontrava no local para registrar o que acontecia.

A Aeronáutica também usou um helicóptero H-60 (Black Hawk) da FAB para a retirada da carcaça da fuselagem da aeronave caída. Nesta segunda-feira (28), após a retirada completa do Super Tucano do local e dando início assim as investigações sobre o acidente.

O sinistro ocorrido no final da tarde da última sexta-feira foi a poucos metros da pista de pouso e no momento de pânico o piloto da aeronave, 1º Tenente-Aviador Marcelino Aparecido Feitosa, conseguiu utilizar o mecanismo de ejeção e abandonou o avião antes da queda. O piloto foi resgatado no mesmo dia e está em observação no Hospital da Guarnição do Exército em Porto Velho

Fonte: Rondonia ao Vivo

Após a Organização das Nações Unidas (ONU) impor um embargo à venda de armas para a Líbia, a Rússia pode perder quase US$ 4 bilhões, segundo uma matéria da agência de notícias Interfax. Nos últimos anos o ditador Muamar Kadafi gastou milhões de dólares com a compra de rifles, pistolas, explosivos e até caças e helicópteros militares.

Uma fonte militar disse, segundo a Interfax, que a Rússia tinha contratos com a Líbia no valor de US$ 2 bilhões, além de negociações em andamento para acordos de mais US$ 1,8 bilhão. "Entre os países do Oriente Médio e do Norte da África, a Líbia é um dos principais compradores de armas russas", disse a fonte, que não foi identificada.

O ministro da Defesa da Rússia, Anatoly Serdyukov, confirmou que o governo estava profundamente preocupado com o potencial impacto das revoltas árabes sobre as suas exportações de armas. A Rússia demorou para condenar as ações de Kadafi, mas no sábado juntou-se a outros membros do Conselho de Segurança da ONU na determinação de um embargo à venda de armas para a Líbia, além de outras sanções.




A imagem “http://2.bp.blogspot.com/_kdcsVoFMTKM/SszmCpr1NPI/AAAAAAAAWwk/apkqvbqfnRo/s400/112659416.jpg” contém erros e não pode ser exibida.

A Líbia já havia definido lista de equipamentos militares que planejava comprar da Rússia, constam da lista, o caça Su-35, o avião de treinamento militar Yak-130, o helicóptero de ataque Ka-52 Alligator e o helicóptero de combate Mi-35. Mijéev acrescentou que a Líbia pretende renovar sua frota de aviões e helicópteros e que, além da Rússia também está analisado o portifólio de armas da França e Itália.

Em 2004, a União Europeia encerrou um embargo que o bloco havia imposto à venda de armas para Kadafi. O mais eloquente defensor do levantamento do embargo foi a Itália, o antigo regente colonial da Líbia. Os dados oficiais mais recentes sobre as exportações da UE mostram que a Itália vendeu US$ 283,4 milhões em armas à Líbia em 2009, segundo afirmou o jornal italiano La Repubblica.

Outros países europeus também lucraram bastante com a venda de armas para a Líbia em 2009, como a França (US$ 197,7 milhões), Malta (US$ 110,6 milhões), Alemanha (US$ 78,8 milhões), Inglaterra (US$ 73,2 milhões) e Portugal (US$ 29 milhões). O embargo da UE à venda de armas para a Líbia deve ser retomado hoje, segundo um porta-voz do bloco.

Fonte: Estadão


Três aviões militares do Reino Unido retiraram hoje mais 150 civis do deserto do Leste da Líbia, na maioria cidadãos britânicos, disse hoje Liam Fox, ministro da Defesa do Reino Unido.

Dois aviões Hercules C130 aterraram já em Malta, depois de, numa operação secreta, terem recolhido 150 estrangeiros bloqueados em acampamentos isolados no deserto líbio, e o terceiro está prestes a aterrar, acrescentou o ministro.

No sábado, também em missão secreta, as Forças Especiais britânicas retiraram 150 pessoas da Líbia, onde se iniciou, a 15 de fevereiro, uma escalada de protestos contra o regime de Muammar Kadhafi.

Fonte: Lusa - Via Diário de Noticias

Um Boeing 727 foi anunciado como a jóia da coroa do programa de reflorescimento de arrecifes artificiias de Miami-Dade.


A tempestade tropical Gordon em 1995 acabou por despedaçá-lo.


Mas o avião afundado há 17 anos em Miami , tem sofrido com o vandalismo no fundo da Biscayne Bay onde os vãndalos carregam pedaços da aereonave e do arrecife como recordação.


Rolando pelo fundo arenoso, seus fragmentos desapareceram, e os arrecifes artificiais antes fundidos as peças aeronáuticas foram também desaparecendo.



Fonte: Pousada das Notícias.
Photo by: Google Image/Andre Seale/Photo of the craft being lowered into the water by a crane/artesub.com/divespots.com
Via: AEROBLOG

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que o governo não tem dinheiro para comprar caças novos para as Forças Armadas neste ano. "Não temos previsões para a aquisição de caças neste ano. Não há recursos disponíveis, portanto, acho bastante improvável que se faça aquisição de caças neste ano. Não há espaço fiscal", afirmou.

Há uma disputa para a compra dos aviões militares desde o governo Lula. Esperava-se uma definição da presidente Dilma Rousseff.

A declaração foi feita durante entrevista coletiva em Brasília para detalhar os cortes de mais de R$ 50 bilhões no Orçamento do governo.

O governo reajustou a receita líquida e as despesas do Orçamento deste ano. Segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, houve redução de R$ 18,087 bilhões nas receitas. A maior queda na estimativa de receitas foi a da Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL), que caiu R$ 6,185 bilhões.

"Temos que ser realistas com a projeção de arrecadação", disse Mantega. Já o corte nas despesas ficou em R$ 50,087 bilhões.

Houve redução de R$ 15,762 bilhões de despesas obrigatórias. Além disso, foi acrescentado um crédito extraordinário de R$ 3,5 bilhões.

O corte das despesas discricionárias chegou a R$ 36,2 bilhões, enquanto os vetos a Lei Orçamentária Anual (LOA) somaram R$ 1,623 bilhão. Segundo Mantega, a política econômica segue a mesma linha.

Fonte: UOL

Considerada estratégica para elevar o Brasil à potência militar, a compra dos caças supersônicos para a Força aérea recebeu contornos políticos e comerciais da presidente Dilma Rousseff. Embora a transferência de tecnologia ainda tenha peso na escolha do fornecedor, o governo agora pretende obter em troca uma serie de vantagens econômicas.

O primeiro sinal de que houve mudança de rumo foi a inclusão nas negociações do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel. As discussões envolvem desde a abertura do mercado americano para o etanol brasileiro até o apoio ao sonho de obter uma cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU.

Até então favoritos do governo, os caças franceses Rafale perderam terreno com a suspensão da compra. Por outro lado, a aproximação cada vez maior do Planalto com os EUA vem sensibilizando Dilma. Os dois países se opõem justamente à França no G-20. Como são grandes produtores de produtos básicos, como vegetais e minérios, Brasil e EUA estão juntos na luta contra o controle de preço das commodities. Esse alinhamento se tornou ainda mais robusto após as audiências concedidas por Dilma ao senador John McCain, defensor da indústria bélica americana, e do secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner. A parceria pode se ampliar com a visita do presidente Barack Obama ao Brasil, em março.

– Esses movimentos representam sinais de boa vontade dos dois países, selando um acordo comercial. Em troca, o Brasil poderia comprar os caças americanos. É simbólico – diz um interlocutor de Pimentel.

Os obstáculos para a compra dos F-18 da Boeing, porém, são justamente o pacote que envolve a transferência de tecnologia. Embora a Casa Branca garanta que alguns componentes críticos possam ser fabricados no Brasil – algo então inédito –, qualquer acordo bilateral precisaria de chancela do Congresso americano.

http://2.bp.blogspot.com/_AxCuBauiBF0/SQpJMJPRkKI/AAAAAAAAAz4/8gVVcXeQ6mY/s1600/fx2_faseII.JPG

Os americanos não são confiáveis. Eles vêm com promessas, mas depois não cumprem – diz um brigadeiro.

Nos hangares da FAB, o supersônico preferido é o sueco Gripen. O diretor da fabricante Saab no Brasil, Bengt Janér, se diz tranquilo se a disposição do Brasil for prover o país de tecnologia militar de ponta e investir na fabricação de um caça junto com a Embraer.

– A nossa plataforma é consagrada em cinco países e tornaria o Brasil independente nessa tecnologia militar. Mas não temos a mesma força política e comercial – admite Janér.

Fonte: Zero Hora, via CAVOK

Foi lançado com sucesso, no fim da tarde desta quinta-feira (24), o ônibus espacial Discovery. Esta é a última missão da espaçonave, após 27 anos de viagens.

O ônibus espacial decolou do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, às 21h00 GMT (18h00 Brasília), para uma missão de 11 dias destinada a levar um módulo de depósito e um robô humanoide à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

Quando concluir este voo histórico, o Discovery será o primeiro ônibus espacial a ser aposentado do programa espacial americano, o que deixará um grande vazio nas missões dos EUA.

O lançamento do Discovery para a ISS foi fixado inicialmente para novembro de 2010, mas algumas fissuras encontradas no tanque de combustível externo que apareceram pouco antes da decolagem forçaram o adiamento da missão até agora.

Os outros dois ônibus espaciais da frota americana, Atlantis e Endeavour, farão seu último voo também neste ano.



Fonte: UOL Ciência e Saúde - Foto: Reuters - Via: Noticias Sobre Aviação


Apesar de Guarabira se destacar como o local que mais desperta o interesse dos ufologistas do Brasil e do estado, outras localidades da Paraíba vêm chamando a atenção daqueles que se dedicam aos estudos dos relatos e registros da presença de seres de outro planeta e discos voadores na Terra.

De acordo com o engenheiro Gilberto de Melo, que estuda ufologia há mais de 30 anos, o Centro Paraibano de Ufologia (CPU) vem recebendo relatos da presença dos extra-terrestres em municípios como Pilõezinhos, Campina Grande, Sousa, Patos e Gramame, com destaque para esta última cidade. “Recebemos muitos relatos de luzes estranhas nessas cidades, especialmente em Gramame”, disse Gilberto.

A informação repassada pelo estudioso foi endossada pelo presidente do CPU, Cláudio Quintans, que também enfatizou a presença de luzes estranhas em João Pessoa, sendo os últimos casos registrados em Mangabeira.

“São tantos os casos em João Pessoa que a revista UFO, que circula em todo o país e em outros países como Portugal, está pensando em dedicar uma edição especial sobre a capital paraibana”, disse Cláudio Quintans.

Segundo Gilberto de Melo, chegou até o Centro de Ufologia um caso ocorrido na semana passada no bairro de Mangabeira VII, onde uma luz estranha teria aparecido no meio da rua por volta das 3 horas.

Já no mercado de Mangabeira teria circulado uma luz semelhante a uma bola de sabão por volta das 18 horas: “parecia o que a gente denomina em ufologia de sonda, uma luz enviada para captar informações. Esse caso eu vi. A luz circulava na altura de um poste”, contou Gilberto.

Já no bairro dos Bancários, na Capital, segundo Gilberto, teria acontecido um dos casos mais intrigantes da ufologia paraibana: “uma senhora contou que viu em seu apartamento um ser que tinha braços que passavam dos joelhos e orelhas pontiagudas, semelhante a um cachorro.

Esse ser teria tido relações sexuais com essa senhora”, contou Gilberto. De acordo com ele, a Igreja Católica nomeia esses seres de ‘incubos’, demônios que viriam a este mundo para ter relações sexuais com as mulheres.

Outro caso relatado pelo pesquisador teria sido registrado no Bairro dos Estados. Uma psicóloga conhecida na Paraíba (que não teve o nome divulgado) teria visto um ser de outro planeta no jardim da sua casa. “A família não acreditou nela e a tachou de louca”, afirmou Gilberto.

Esse, aliás, é o motivo de frustração para muitos ufologistas, segundo o Cláudio Quintans: “hoje eu não me dedico mais a pesquisa (linha da ufologia que vai a campo verificar a presença dos seres de outro planeta) porque a maior parte das pessoas não crê.

Nós vamos ao campo, registramos casos espetaculares e eles são arquivados”, se queixou o presidente do Centro de Ufologia, que também contou que hoje se dedica à parte mística que busca o autoconhecimento do estudioso. “Quero ter condições de fazer o meu próprio contato”, disse Cláudio.


Guarabira


Entre 1996 e 1998 a cidade de Guarabira ficou conhecida naturalmente como a ‘capital dos ovnis’, merecendo a atenção de várias redes de televisão do país, inclusive do Fantástico, programa da Rede Globo.

Apesar de não estar mais no auge, a cidade continua sendo um dos locais mais procurados para as chamadas vigílias, nas quais os pesquisadores passam a noite tentando visualizar a presença dos extra-terrestres e discos voadores.

“Há aproximadamente 15 dias um disco voador passeou tranquilamente durante o dia em Guarabira”, contou Cláudio Quintans.

Perguntado sobre o porquê da cidade ter tão frequentemente a presença dos ET’s, Cláudio explicou que o local está na rota dos discos voadores por existir lá uma linha ortotênica, ou seja, um portal interdimensional que liga o universo desses seres ao nosso. De acordo com Cláudio, a rota dos discos começa no município de Baía da Traição.

Outra explicação sobre a quantidade de aparições registradas em Guarabira, que já ultrapassariam 80 casos, foi dada por Gilberto de Melo: “o próprio nome Guarabira significa morada dos pássaros e a cidade, se vista do céu, adquire o formato de uma nave, de um disco voador”, afirmou.


Círculos em plantações


De acordo com Gilberto de Melo, há cerca de seis anos foi registrado o aparecimento de três grandes círculos de perfeição geométrica atribuídos por muitos a discos voadores. O caso teria acontecido no município de Pedras de Fogo.

“apareceram três grandes círculos com 20 centímetros de diâmetro e com mais de um metro de profundidade no meio de uma plantação de cana-de açúcar. No local dos círculos nunca mais nasceu cana”, contou Gilberto.


Estudos da Ufologia


O Centro de Ufologia da Paraíba funciona há 15 anos na Caixa Beneficente da Paraíba, localizado na Rua das Trincheiras, Centro da Capital.

Lá, toda sexta-feira a noite os interessados e estudiosos do assunto se reúnem para discutir temas locais e nacionais.

Boa parte dos membros do Centro são articulistas da Revista UFO a mais antiga revista ufológica em atividade regular em todo o planeta, tendo completado 27 anos de existência em 2010. O editor da revista é o estudioso A. J. Gevaerd.


Fonte: paraiba.com.br - Via Arquivos do Insólito

Frank Buckles, considerado o último veterano americano da Primeira Guerra Mundial, morreu aos 110 anos, segundo a imprensa dos EUA nesta segunda-feira (28).

Em depoimento ao jornal americano "The Washington Post", a filha de Buckles disse que ele morreu neste domingo em sua fazenda em Virgínia Ocidental.


Frank Buckles no Exército Americano durante a Primeira Guerra.



Buckles comemorou seu aniversário de 110 anos no último dia 1º de fevereiro. Ele se juntou ao Exército aos 16 anos. Natural de Missouri, Buckles estava entre os cerca de cinco milhões de americanos que, entre 1917 e 1918, participaram da Primeira Guerra Mundial.

http://lh3.ggpht.com/_-IBzbM_RoeE/TWtMZjY9tBI/AAAAAAAAD6c/RWJd3Xlw4Gs/frank-buckles-at-age-107_thumb%5B1%5D.jpg?imgmax=800

Buckles foi motorista de ambulância durante a guerra. Em 1941, enquanto trabalhava como civil em Manila, nas Filipinas, foi capturado pelos invasores japoneses e mantido preso por 38 meses durante a Segunda Guerra Mundial.

Segundo o "The Washington Post", com a morte de Buckles, um australiano de 109 anos e uma britânica de 110 anos são considerados os últimos sobreviventes dos 65 milhões de pessoas que serviram na guerra entre 1914 e 1918.

Fonte: UOL



Um avião militar perdido, com um grande significado histórico, foi encontrado nas águas da costa de San Diego, e um esforço está sendo feito para tirá-lo do fundo do oceano.

Especialistas consideram o TBD Devastator da Segunda Guerra Mundial como o “Santo Graal” das restaurações de aeronaves navais. Na importantíssima Batalha de Midway, as tripulações destes torpedeiros navais foram reconhecidas por seu heroísmo. Contudo, pouco depois o modelo foi retirado do serviço ativo.

É extremamente raro. Não existe nenhum em exposição no mundo todo”, disse Ed Ellis, do Museu Nacional de Aviação Naval em Pensacola, Florida. Ele disse que isso logo poderá mudar, pois descansando nas águas próximas a San Diego está um Devastator.

Em 1941, um voo de treinamento de North Island terminou com a queda e afundamento da aeronave. De acordo com um relatório do acidente, o piloto sobreviveu, e disse: “Uma onda atingiu minha asa esquerda. O avião afundou com a asa direita primeiro”.

Uma empresa de resgates usou sonar para localizar a aeronave e um mergulhador confirmou que é um Devastator. A empresa não revelou o local, mas de acordo com representantes do museu, a aeronave está entre 2 e 9 quilômetros da costa, a cerca de 200 metros de profundidade.


É o Santo Graal da aviação naval e é o que queremos neste museu”, disse Ellis. Em agosto de 2010, o museu realizou a recuperação de um Helldiver.

No entanto, a recuperação do Devastator será mais difícil e bem mais cara. O museu procura patrocinadores para ajudar a conseguir os 300 mil dólares necessários.

O museu manteve a localização do Devastator em segredo por mais de uma década, focando-se em um exemplar que afundou perto de Miami. Contudo, este último projeto encontra-se paralisado por razões legais.

Outro Devastator, afundado perto das Ilhas Marshall, custaria 2 milhões de dólares para ser resgatado, então o avião de San Diego ganhou prioridade máxima.

Fonte: 10 News, 24 de fevereiro de 2011. - Via SALA DE GUERRA

Estados Unidos têm interesse no petróleo brasileiro, diz Patriota

Postado por Alina Stewart sábado, fevereiro 26, 2011 1 comentários


Os Estados Unidos estão interessados em comprar petróleo brasileiro a longo prazo, declarou nesta quinta-feira (24) o chanceler Antônio Patriota em Washington, após uma conversa com o secretário do Tesouro, Tim Geithner, e altos dirigentes americanos.

A questão energética, a cooperação no seio do G20, o setor de obras públicas brasileiro e o intercâmbio educativo estão entre os principais temas que serão abordados na visita do presidente Barack Obama ao Brasil, nos dias 19 e 20 de março, enumerou Patriota à imprensa pouco antes de encerrar sua visita de trabalho.

"Há interesse americano no potencial energético brasileiro. Foi mencionado que o Brasil poderia se converter em um dos importantes exportadores de petróleo no futuro", declarou Patriota.

Isso pode acontecer se o Brasil conseguir explorar suas grandes jazidas em águas profundas, na camada do pré-sal.


"Nós temos, em troca, interesse no intercâmbio de cientistas e em uma discussão avançada sobre biocombustíveis, inclusive na área de aviação", disse o chanceler.

O ministro das Relações Exteriores brasileiro e o embaixador em Washington mantiveram ao longo de dois dias reuniões com a secretária americana de Estado, Hillary Clinton, com Geithner e Michael Froman, um dos conselheiros econômicos de Obama.

A presidente Dilma Rousseff, que receberá Obama em Brasília no dia 19 de março, também tem um interesse particular no intercâmbio de cientistas e em promover a cooperação educativa, acrescentou o chanceler.

Patriota e Geithner abordaram também o tema cambial, um dos principais pontos de discussão no G20, e outras questões de cooperação financeira.

Os Estados Unidos seguem interessados em vender caças ao Brasil, uma operação que envolveria um total de 36 aviões no valor de US$ 4 a US$ 7 bilhões, confirmou Patriota, embora o governo brasileiro tenha adiado indefinidamente a operação.

"Eu abordei o interesse brasileiro em vender aviões Tucano à Força Aérea dos Estados Unidos. É uma manifestação de interesses simétricos", declarou o chanceler brasileiro com um sorriso.

Os Super Tucano são produzidos pela Embraer, que acaba de inaugurar em Melbourne, na Flórida, sua primeira fábrica de montagem final de aviões.

Patriota também confirmou que o presidente Obama está interessado em visitar uma favela durante sua estada no Rio de Janeiro, assim como as sedes de eventos esportivos para o Mundial de futebol e os Jogos Olímpicos que o Brasil sediará em 2014 e 2016, respectivamente.

Fonte: G1

Um avião Super Tucano A-29, da Força Aérea Brasileira (FAB), caiu em uma mata próxima ao Aeroporto Internacional de Porto Velho, por volta das 17h50 de hoje. Em nota, a FAB informou que o avião "apresentou problemas obrigando o piloto a usar o mecanismo de ejeção para abandonar o equipamento".

O 1º Tenente-Aviador Marcelino Aparecido Feitosa foi resgatado por um helicóptero H-60 (Black Hawk), da FAB, e encaminhado ao Hospital da Guarnição do Exército na capital de Rondônia. Ele permanece em observação. "No momento do resgate, o militar estava consciente", disse a FAB. A FAB irá investigar os possíveis fatores que contribuíram para o acidente.

Fonte: Yahoo


A USAF acaba de anunciar que o vencedor da licitação para o novo avião reabastecedor da Força Aérea é o Boeing KC-46. Segundo o informe o certame "levou em conta a eficácia da missão em tempo de guerra, os custos e o vida útil", disse Michael Donley - secretario da USAF, enfatizando que ambos os concorrentes (a outra era a Airbus) cumpriram a todos os requisitos obrigatórios.

"O processo de seleção foi transparente e minucioso e foi marcada por um diálogo permanente com os licitantes no sentido de garantir a Força Aérea clareza e nas propostas", disse Donley.

A aeronave da Boeing é baseada no ja consagrado 767 (iguais aqueles que a transbrasil abandonou em Brasilia) e deverá substituir 179 antigos KC-135 (baseados no 707 - similar ao sucatão da FAB). A Airbus competia com o A330MRTT, que era designado KC-45. Vale salientar que no certame anterior (que foi anulado - e ocorreu durante o governo do W.Bush) a Boeing ingressou na justiça contra a Força Aérea quando essa sinalizava que a Airbus seria a vencedora.

Se os KC-46A NewGen Tanker da Boeing substituirem em paridade a frota de179 KC-135 da USAF o contrato pode chegar a cifra de US$ 34,5 bilhões. O contrato exige a entrega de pelo menos 18 aviões até 2017.

By Vinna com informações do Defence Talk


A Casa Branca informou hoje que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deverá telefonar nas próximas horas para o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e para o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, David Cameron, para que a comunidade internacional discuta uma ação conjunta que obrigue o governante líbio, Muamar Kadafi, a suspender a violência contra os insurgentes.


O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, disse que nenhuma opção foi retirada da mesa, inclusive uma possível ação militar. As discussões sobre a Líbia, contudo, não estão nesse plano ainda, ressaltou. Já o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Philip Crowley, disse que os militares do país estão "totalmente envolvidos" nas discussões em andamento no governo dos EUA sobre como reagir à crise na Líbia.

"Temos uma variedade de ferramentas, financeiras, sanções, medidas multilaterais, e estamos considerando todas elas. Os militares estão totalmente envolvidos nessas discussões e pensando em suas próprias opções que possam ser apresentadas ao presidente", afirmou Crowley. Segundo ele, antes do início da crise havia cerca de 6 mil norte-americanos registrados na embaixada em Trípoli como residentes na Líbia.

A declaração do porta-voz foi feita depois de vários jornais de países de língua espanhola publicarem um artigo do ex-presidente de Cuba, Fidel Castro, segundo o qual os EUA "não hesitarão em dar a ordem para que a Otan invada aquele rico país a Líbia, talvez nos próximos dias ou nas próximas horas". O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, negou a existência desses planos.

Fonte: Yahoo



Em 7 de abril de 1986 o presidente Reagan decidiu usar ataques aéreos contra alvos militares dentro e ao redor de Trípoli para demonstrar a intenção americana de perseguir apoiadores de terroristas. Os dois alvos foram escolhidos para a incursão na noite de 154 de abril foram as bases de Benina (onde havia caças Mig-23) e Trípoli onde havia cargueiros IL-76 e o Posto de Comando de Kadafi.

Os F-111 que decolaram do Reino Unido tiveram que voar 2.800 milhas ao invés de 1.300 por não terem permissão de sobrevoar direto por vários países europeus. O vôo durou 13-14 contra as 6-7 horas na distância menor. Eram 24 F-111F sendo seis reserva com escolta de cinco EF-111 (dois de reserva). A US Navy atacaria com os porta-aviões USS America e USS Coral Sea. Os F-14A e F/A-18 fariam MIGCAP, 14 A-6E atacariam as bases e seis A-7E e dezoito F/A-18 fariam supressão de defesas. A operação foi controlada por E-3A e um RC-135E monitorava as comunicações.

As aeronaves de apoio fizeram um "pop-up", subindo para que os líbios ligassem seus radares e fora atacados por cerca de 12 mísseis Shrike e 30 HARM. A Líbia estava despreparada para o ataque e nenhuma aeronave estacionada nestas bases estavam dispersas ou com algum tipo de proteção. As luzes das pistas estavam ligadas.

Os F-111F levavam quatro bombas guiadas a laser GBU-10 ou 12 Mk82 Snakeye. Cinco F-111F abortaram por não identificar o alvo. Durante o ataque subiram para 400 pés para identificar o alvo com o Pave Tack. O posto de comando de Kadafi em foi atacado por quatro F-111F sendo que um abortou. Os danos foram limitados. Os F-111 da USAF atacaram as aeronaves de transporte em Trípoli com bombas guiadas a laser causando perdas pesadas. Três Il-76, um Boeing 727 e um Fiat G.222 foram destruídos, com mais três Il-76 danificados.

Os A-6E que atacaram Bengazi tinham como alvos a base aérea de Benina e o quartel de Al Jumahiriya quartel. Lançaram bombas Mk83 e bombas em cacho. Foram confirmados a destruição de quatro Mig-23 e 10 danificados, dois Mi-8 destruídos e 8-13 danificados e dois Fokkler F27 destruídos e 10 danificados. Dois Intruders abortaram a missão. A pista foi pesadamente perfurada. O ataque foi antes dos F-111F e até que desviou a atenção para este lado. A Filha de 6 anos de Kadafi morreu quando a casa de Kadafi foi bombardeada. Essa semana Fidel antecipou a intenção americana.

Quero registrar aqui a minha satisfação e imensa alegria com a nomeação pelo determinado Governador do Estado, Cid Gomes do meu Chefe da Procuradoria do CREA/CE o Dr. Carlos Alberto Mendes Forte para a vaga de desembargador (vaga do Quinto Constitucional).

Inicialmente a OAB/CE escolheu, no dia 1º de dezembro de 2010, lista sêxtupla com o nome de advogados que pleiteiam ingressar no TJCE. Em ordem de classificação, integraram a lista Marcus de Paula Pessoa, Francisco Ernando Uchoa Lima Sobrinho, José Moaceny Félix Rodrigues, Adriano Campos Costa, Francisco Zacarias Silveira de Araújo e Carlos Alberto Mendes Forte.

Posteriormente o Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará elegeu, em 21 de janeiro de 2011 os seis novos desembargadores. A sessão extraordinária foi conduzida pelo chefe do Poder Judiciário estadual, desembargador Ernani Barreira Porto.

Pelo critério de merecimento, foram eleitos os juízes Washington Luís Bezerra de Araújo, da 1ª Vara da Fazenda Pública; Inácio de Alencar Cortez Neto, da 17ª Vara Cível; e Francisco José Martins Câmara, da 9ª Vara de Família. Por antiguidade, assumirão Francisco Bezerra Cavalcante, titular da 2ª Vara de Família; Francisco Darival Bezerra Primo, da 5ª Vara da Infância e da Juventude; e Valdsen da Silva Alves Pereira, da 28ª Vara Cível.

Os eleitos deverão compor a 7ª e 8ª Câmaras Cíveis, criadas pelo Assento Regimental 34, de 13 de janeiro deste ano. A posse dos novos integrantes será na gestão do desembargador José Arísio Lopes da Costa, que assume a presidência do TJ-CE no próximo dia 28.

Na mesma sessão, o Pleno escolheu lista tríplice com integrantes da OAB-CE que concorrem a uma vaga de desembargador pelo critério do quinto constitucional da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Ceará (OAB-CE) e nesta ocasião foi formada a lista tríplice os advogados Carlos Alberto Mendes Forte, Francisco Ernando Uchoa Lima Sobrinho e Francisco Zacarias Silveira de Araujo.

O processo faz parte das etapas para preenchimento da vaga de desembargador do TJCE pelo Quinto Constitucional, que assegura um quinto dos assentos em tribunais para advogado e membros do Ministério Público.

O candidato mais votado da lista tríplice foi o advogado Carlos Alberto Forte, de 55 anos, com 27 votos por parte do Pleno do TJCE. Carlos Alberto é professor do Centro de Ciências Jurídicas da Universidade de Fortaleza (Unifor). (primeiro a esquerda na foto ao lado)

Na segunda colocação, com 23 votos, ficou o advogado Ernando Uchôa Sobrinho, de 42 anos, professor de Direito Penal da Faculdade Farias Brito, bem como advogado para as causas criminais do Grupo Edson Queiroz e da Petrobras (primeiro a direita de terno claro na foto acima). O mais velho dos três escolhidos da lista é Francisco Zacarias Silveira de Araújo, de 61 anos, que contou com 22 votos. (no centro da foto)

Ao meu hoje amigo e ex-chefe, desejo tudo de bom!

'Char' és um cara de grande coração. Amigo e lhe desejo o melhor sempre!

Parabéns Você Merece!

Sucesso!

Vinicius Morais

'Vinna'

Pilotos mercenários ucranianos combatem na Força Aérea da Líbia, escreve hoje o diário Segodnia, citando militares ucranianos na reserva que realizaram esse trabalho naquele e noutros países africanos.

"Os nossos pilotos, que se despediram da Força Aérea da Ucrânia, podem ser encontrados em toda a parte: Congo, Nigéria, Chade... Eu conversei pessoalmente com pilotos nossos que prestam serviço na Líbia. A maioria combate ilegalmente", declarou ao jornal Vladimir L., comandante do avião de transporte Il-76.

"Oficialmente, eles são contratados, por exemplo, para empresas de transporte de alimentos e outras mercadorias civis. Na prática, transportam fundamentalmente armas, munições, explosivos", explicou o piloto.


Segundo a mesma fonte, "as tripulações são constituídas fundamentalmente por ucranianos e russos" e o seu "salário, dependendo da intensidade dos voos e do nível de risco, varia entre os 100 dólares por hora de voo e os 10 mil por mês, ou mais".

Artiom, outro piloto mercenário com mais de 20 anos de prática, disse ao Segodnia que há pilotos ucraninos nas fileiras da Força Aérea da Líbia, Moçambique e Angola.


"Um camarada meu, primeiramente, trabalhou em Angola: ensinava os locais a voar nos MIG's, fornecidos ainda pela URSS. Depois, foi para a Líbia, pois lá pagam bem melhor: dez mil dinares (mais de 8 mil euros)... Ele ensina os aviadores líbios a voar nos Mig's". contou.

Segundo Artiom, aviões militares líbios são reparados na Fábrica de Aviões de Odessa, no Sul da Ucrânia.

A gerência da fábrica, contactada pelo jornal, respondeu que "isso é segredo de Estado".

O Ministério da Defesa da Ucrânia desmentiu estas notícias, mas os pilotos afirmam que isso é feito porque não há dados oficiais sobre o número de pilotos ucranianos que trabalham no estrangeiro.

A agência de inteligência norte-americana Stratfor denunciou que ucranianos pilotaram aviões que bombardearam manifestações na Líbia.

Fonte: DNnoticias

Os brasileiros que estavam presos na Líbia em meio aos protestos contra o ditador Muamar Kadafi começaram a chegar ao Brasil nesta quinta-feira. Funcionários da empresa Andrade Gutierrez desembarcaram no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, em um voo comercial. Já a comissão técnica de futebol da seleção da Líbia, formada por brasileiros, aterrisou no Rio de Janeiro. Ainda aguardam retorno ao Brasil, mas já estão fora da Líbia, sete empregados da Petrobras e 439 da Odebrecht e seus familiares. Eles estão hospedados em um hotel no arquipélago de Malta, no mar Mediterrâneo, enquanto as empresas definem os horários dos voos de retorno ao Brasil.

Em nota, a Petrobras informou que seus funcionários estão seguros em Malta e apresentam boas condições de saúde. A estatal disse ainda ainda que está acompanhando a situação dos cerca de 15 empregados líbios que permanecem no país.

A Odebrecht informou que outros 2.749 funcionários da empresa também continuam na Líbia. Segundo a companhia, estão previstos para hoje mais dois vôos para a Malta com capacidade de 450 pessoas cada. E um navio com capacidade para 2.000 pessoas atracou em Trípoli para ajudar no resgate.


Cerca de 450 funcionários da Odebrecht e da Petrobras foram levados a Malta, no mar Mediterrâneo, onde aguardam transporte ao Brasil

De acordo com o Itamaraty, a embarcação que partiu na última quarta-feira do Porto de Pireu, na Grécia, transporta um grupo de 148 brasileiros. Entre eles, os parentes da jornalista Mariana Hansen, que mora no Rio de Janeiro. Seu pai, Roberto Roche Moreira - que é funcionário da Queiroz Galvão -, sua madrasta, Débora Kloeppel, e seus dois irmãos, Marina Roche Moreira e Bernardo Roche Moreira, ficaram trancados em uma casa com cinquenta pessoas por causa das manifestações nas ruas de Benghazi.

Mariana disse ao site de VEJA que conversou, na manhã desta quinta, com a irmã, e ela já estava de malas prontas. “Minha irmã até brincou que estava arrumando a fantasia para o carnaval”, contou. A Queiroz Galvão informou que todos os funcionários da empresa e seus familiares preparavam-se para retornar ao Brasil.

Segundo o Ministério de Relações Exteriores, entre 500 e 600 cidadãos do Brasil viviam na Líbia. Quase todos são funcionários de empresas brasileiras e moram nas cidades de Trípoli e Benghazi.

Fonte: Veja

chefe da diplomacia americana, Hillary Clinton, indicou nesta quarta-feira (23), em Washington, que os Estados Unidos não devem dar apoio ao Brasil para um assento permanente no Conselho de Segurança na ONU, a exemplo do que fez para a Índia.

A secretária de Estado saiu pela tangente ao ser questionada por uma jornalista, durante coletiva de imprensa ao lado do ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota. O chanceler brasileiro foi a Washington para preparar a visita do presidente Barack Obama ao Brasil, no próximo mês.

Hillary disse que “admira muito a liderança do Brasil” e que “há muitos campos para a liderança” brasileira, citando os fóruns multilaterais.

A falta de apoio dos EUA já era esperada, apesar do suporte americano a um assento para a Índia (durante a visita de Obama ao país no ano passado) – que gerou expectativas de que os EUA apoiassem o Brasil. Veja abaixo quem é quem na briga pela reforma da ONU.

http://i1.r7.com/data/files/2C92/94A4/2E52/5CC3/012E/545C/A3D0/1AC7/PATRIOTA_Jewel%20Samad-AFP-hg.jpg

Patriota disse durante encontro com Hillary, em Washington, que o Brasil está "ansioso" para receber Obama, que virá ao país em março - Nota: Na foto Hillary de saída alegando mais uma vez estar atrasada como na posse de Dilma (conhecidência ou descaso?)

A busca por um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU (controlado na prática por cinco grandes potências – EUA, Rússia, China, França e Reino Unido) é uma das prioridades da diplomacia brasileira. Veja abaixo como funciona o conselho.

Aproximação com o Irã irritou os EUA

Para a maioria dos especialistas, a aproximação do Brasil com o regime islâmico do Irã afastou de vez, no curto prazo, qualquer apoio dos EUA a um assento permanente ao Brasil.

No ano passado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governo da Turquia mediaram um acordo nuclear com o líder iraniano Mahmoud Ahmadinejad, o que irritou os EUA.

Ao lado de Patriota, Hillary disse que tanto os EUA quanto o Brasil trabalham para que o Irã “não se torne um Estado de armas nucleares”.

“Ansiosos para receber Obama”

O ministro Patriota disse que no Brasil estamos “ansiosos para receber Obama”.

O presidente fará sua primeira visita ao país nos próximos dias 19 e 20 de março. Ao lado da mulher, Michelle, e talvez com a presença das filhas Sasha e Malia, Obama será recebido pela presidente Dilma Rousseff em Brasília antes de seguir para o Rio de Janeiro, onde deve visitar uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora).

Patriota e Hillary ainda falaram sobre a cooperação entre os dois países na reconstrução do Haiti.

Fonte: R7


O contra-almirante da Marinha, Luiz Henrique Caroli, assumiu hoje (24) o comando da Força Tarefa Marítima (FTM), braço naval da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Unifil). Segundo o militar brasileiro, o objetivo da ação é conter o tráfico de armas e incidentes na fronteira. As informações são da Organização das Nações Unidas (ONU) e de observadores brasileiros.

“A Marinha brasileira está muito orgulhosa de se unir à FTM e espera poder contribuir com o trabalho bem-sucedido que tem sido feito”, disse Caroli. “As capacidades crescentes da Marinha das Forças Armadas libanesas nos permitem vislumbrar um futuro promissor”, afirmou ele, durante cerimônia na fragata turca Yildirim no porto de Beirute.
O militar brasileiro vai comandar uma frota de oito navios de guerra de cinco países: Alemanha, Turquia, Grécia, Indonésia e Bangladesh. Desde de 1978, a ONU mantém no Líbano uma missão de paz. A Unifil foi implantada a pedido do governo libanês para ajudar a Marinha a evitar a entrada de armas e outros produtos ilegais por via marítima.

Contra-almirante da Marinha, Luiz Henrique Caroli

Caroli reiterou que a paz sustentável pode ser alcançada no Sul do Líbano. No total, cerca de 3 mil homens de 30 países integram a missão no Líbano com o apoio de 50 observadores militares.
Em 2006, após a Segunda Guerra do Líbano, o Conselho de Segurança da ONU expandiu o papel da Unifil para atividades de ajuda humanitária e apoio na defesa de suas fronteiras. No Líbano o clima de apreensão se agravou desde o mês passado, quando assumiu o novo primeiro-ministro Najib Mikati.
Mikati é alvo de resistência internas e externas por suas ligações com o grupo Hezbollah. Os manifestantes reagem à nomeação de Mikati por acreditar que o grupo exercerá o poder.

Fonte: A Critica Campo Grande

Coreia do Sul e Estados Unidos prevêem realizar neste ano manobras militares com a participação de marines de ambas partes em ilhas próximas à fronteira com Coreia Democrática, informaram hoje fontes oficiais.

Os exercícios terão lugar próximo às ilhas de Baengnyeong ou Yeonpyeong, no mar oeste da Coreia, informou uma fonte militar citada por meios de imprensa.

Acrescentou que as partes analisam os detalhes dessas operações, inclusive uma data específica.

Estas serão as primeiras manobras com presença de forças desse tipo nos mencionados territórios.

Também prevêem realizar um exercício de desembarque conjunto na costa leste e oeste da península, segundo a fonte.

A ilha de Yeongpyeong foi palco de um intercâmbio de fogo no dia 23 de novembro, quando o Norte respondeu a disparos contra suas águas jurisdicionais feitos pelo Sul, com saldo de quatro mortos e vários feridos para esse último.

Pyongyang classificou o incidente de provocação instigada por Washington e sua reação de ato de defesa.

A partir de então a situação na península agravou-se com a realização de várias manobras militares por parte de Seul, uma delas com forças dos Estados Unidos, incluída a participação do porta-aviões George Washington.

Os dois países iniciarão no próximo dia 28 os exercícios Key Resolve e Foal Eagle. Os primeiros se estenderão até 10 de março e os segundos concluirão em 30 de abril.

Embora a agência de notícias Interfax divulgar que o segundo protótipo do caça de quinta geração da Rússia, o PAK FA, ter voado nessa quinta-feira, uma fonte da Sukhoi informou que o segundo caça Sukhoi T-50 deve subir aos céus pela primeira vez entre essa sexta-feira e sábado (dias 25 e 26). O caça deverá partir do aeródromo de Komsomolsk-on-Amur, da Aircraft Production Association. O piloto de testes, mais uma vez, será Sergei Bogdan, que realizou o primeiro voo no primeiro protótipo em janeiro de 2010.


O protótipo do Sukhoi T-50 PAK FA "Blue 51" decola pela primeira vez em 29 de janeiro de 2010.

O segundo protótipo do PAK FA já realizou todos testes necessários no solo e aguarda agora uma melhora das condições meteorológicas para poder realizar seu primeiro voo de testes. O primeiro protótipo, o Blue 51, já realizou mais de 40 voos, em Komsomolsk-on-Amur e em Zhukowsky, onde atualmente está realizando os testes.

Na primeira fase serão fabricados 10 protótipos de testes e outras 60 aeronaves do lote inicial de produção para Força Aérea da Rússia.

Fonte: CAVOK

Cinco voos resgatarão brasileiros na Líbia, diz Itamaraty

Postado por Vinna quarta-feira, fevereiro 23, 2011 0 comentários

O Ministério de Relações Exteriores informou nesta quarta-feira que as autoridades da Líbia autorizaram a aterrissagem de cinco voos fretados para o resgate de brasileiros que estão na capital, Trípoli. A maior parte das pessoas que poderão deixar o país norte-africano é composta de funcionários da empreiteira Odebrecht, que realiza obras em território líbio, e seus familiares. Os vôos pousarão na cidade entre esta quarta e esta quinta-feiras.

Nesta tarde, um navio deixou o Porto de Pireu, em Atenas (Grécia), com destino a Benghazi - segunda maior cidade da Líbia e um dos principais focos de protestos populares - para resgatar um grupo de 148 brasileiros e cidadãos de outras nacionalidades, entre as quais espanhóis, portugueses e um tunisiano.

"O Ministério das Relações Exteriores, por intermédio da Embaixada do Brasil na Líbia, e em estreita coordenação com as empresas brasileiras com funcionários na Líbia, continua trabalhando para viabilizar, no menor tempo possível, a evacuação de cidadãos brasileiros que se encontram nas cidades de Trípoli e Benghazi", disse o Itamaraty, em nota.



http://4.bp.blogspot.com/_dTibRPk7UfE/StY0aI8bDOI/AAAAAAAAAws/_nOIVGnIo6g/s400/FAB+2473-C130+HERCULES+1%C2%BA_1%C2%BA+GT+-+ESQUADR%C3%83O+GORDO_2.jpg

Desde o início dos protestos, o embaixador brasileiro na Líbia, George Ney de Souza Fernandes, negocia com a representação diplomática do país norte-africano a expedição de vistos de saída e a consequente retirada de brasileiros da região.

A maior parte dos brasileiros trabalham nas empreiteiras Queiroz Galvão e Odebrecht, que desenvolvem obras no país. Os familiares dos engenheiros, incluindo crianças, devem deixar a Líbia assim que forem liberados os vistos de saída. Alguns profissionais decidiram permanecer no País e enviar apenas esposas e filhos de volta.

Líbios enfrentam repressão e desafiam Kadafi
Impulsionada pela derrocada dos presidentes da Tunísia e do Egito, a população da Líbia iniciou protestos contra o líder Muammar Kadafi, que comanda o país desde 1969. As manifestações começaram a tomar vulto no dia 17 de fevereiro, e, em poucos dias, ao menos a capital Trípoli e as cidades de Benghazi e Tobruk já haviam se tornado palco de confrontos entre manifestantes e o exército.

Os relatos vindos do país não são precisos, mas tudo leva a crer que a onda de protestos nas ruas líbias já é bem mais violenta que as que derrubaram o tunisiano Ben Ali e o egípcio Mubarak. A população tem enfrentado uma dura repressão das forças armadas comandas por Kadafi. Há informações de que aeronáutica líbia teria bombardeado grupos de manifestantes em Trípoli. Estima-se que centenas de pessoas, entre manifestantes e policiais, tenham morrido.

Além da repressão, o governo líbio reagiu através dos pronunciamentos de Saif al-Islam , filho de Kadafi, que foi à TV acusar os protestos de um complô para dividir a Líbia, e do próprio Kadafi, que, também pela televisão, esbravejou durante mais de uma hora, xingando os contestadores de suas quatro décadas de governo centralizado e ameaçando-os de morte.

Além do clamor das ruas, a pressão política também cresce contra o coronel Kadafi. Internamente, um ministro líbio renunciou e pediu que as Forças Armadas se unissem à população. Vários embaixadores líbios também pediram renúncia ou, ao menos, teceram duras críticas à repressão. Além disso, o Conselho de Segurança das Nações Unidas fez reuniões emergenciais, nas quais responsabilizou Kadafi pelas mortes e indicou que a chacina na Líbia pode configurar um crime contra a humanidade.

Fonte: Terra

-

Frases

Audiência

Cotação do Hangar

Mais vistas na última semana

Postagens populares últmos 30 dias

Marcadores

Brasil (1752) USA (1723) Esquema (1427) Defesa Brasil (1367) aviação (1347) Zona de Conflito (1191) tecnologia (1133) sinistro (1103) Geopolitica (937) História (829) Video (760) aviação militar (741) Russia (699) Afeganistão (667) Espaço (658) EMBRAER (584) China (571) Defesa USA (567) OTAN (499) Estratégia (466) Diplomacia (441) ONU (436) Boeing (429) noticia (425) ww2 (410) Espionagem (405) Nuclear (392) AGRESSÃO AO BRASIL (382) Brasil Potência (375) Irã (366) Insólito (364) Libia (356) UNIÃO/Defesa America do Sul (348) Argentina (347) Terrorismo (347) By Vinna (345) Inglaterra (345) Israel (340) Industria Brasil (312) Ciberguerra/Cyber Attacks (301) França (298) opinião (294) Defesa Russia (288) Industria Americana (284) Hoje na História (273) Siria (242) Europa (237) curiosidade (232) NASA (231) direito (219) Segurança Pública (214) Chile (209) Industria Russia (209) Exercícios Militares (202) Evangelho do dia (201) Defesa Irã (200) Lockheed (200) Dassault (197) Alemanha (189) Drone (179) Industria Francesa (178) SAAB (178) Defesa India (171) NSA (164) India (160) Defesa Venezuela (157) Oriente Médio (157) Japão (155) CIA (152) Petrobrás e biocombustivel (149) Coreia do Sul (147) Nova Guerra Fria (138) Front Interno (137) Airbus (136) Arqueologia Militar (132) OVNIs (132) Defesa Chile (126) F1 (126) Defesa Europa - OTAN (122) Sukhoi (122) Defesa China (120) Eixo Bolivariano (120) Ceará (118) Acidente AF 447 (116) Defesa Israel (114) PRISM (114) AVIAÇÃO CEARÁ (113) Africa do Sul (112) Rosoboronexport (112) EADS (110) Coreia do Norte (109) Ucrania (109) Iraque (106) Palestina/Gueto de Gaza (104) Venezuela (104) Turquia (103) Malasia (100) Defesa França (99) Asia (95) Evento (94) Itália (94) Terminator (94) Dissuasão (89) Sovieticos (88) Rolls-Royce (87) Guerra Cambial Mundial (86) Acidente MH370 (85) União Europeia (85) Bolivia (84) Falkland/Malvinas (83) Industria Europeia (83) obituário (83) MiG (80) AVIC (79) Arábia Saudita (78) General Electric (77) Defesa Portugal (76) Industria Chinesa (76) Industria Sueca (76) Defesa Colombia (75) Guerra da Amazônia (74) Saúde (73) Filme (71) Paquistão (70) BRIC (68) Suécia (68) 2014 (66) Africa (66) DARPA (65) Petroleo (64) Espanha (63) Minustah (60) Crime de Guerra (58) Russian Helicopters (58) Portugal (57) Armas Quimicas (55) Canadá (55) Defesa Equador (55) Defesa Iraque (55) Estreito de Ormuz (55) De olho na Imprensa (54) AIEA (52) Elbit (52) HANGAR DO VINNA (52) AEB (51) Mar da China (51) ciência (51) 2012 (50) Colombia (50) Egito (50) Energia (50) Avião (49) BAE Systems (49) Colirio (49) FICHA TECNICA (48) Taiwan (48) Australia (47) Defesa Coréia do Sul (47) Defesa Japão (47) Emirados Árabes (47) Defesa Peru (46) Libano (46) Mali (46) Hawker Beechcraft (45) crimeia (45) Avibrás (44) Stealth (44) Industria Israel (42) Northrop Grumman Corp (42) Vietnã (42) DCNS (41) Defesa Britânica (41) Rio 2016 (41) Helibras (39) Holanda (39) esporte (39) Defesa Paquistão (38) Hindustan Aeronautics (38) MATRIX (38) Industria India (37) Peru (37) ISS (36) Paraguai (36) União Africana (36) Equador (35) Eurocopter (35) Mar do Japão (35) Star Trek (35) Uruguai (35) Finmeccanica (34) Georgia (34) Pioneiro do ar (34) Cuba (33) IAI (33) Industria (33) Industria Iraniana (33) veículo (33) Corrente do Bem (32) Odebrecht (32) Pici Field (32) Suiça (32) AEL (31) Sikorsky (31) Recebi por e-mail (30) Antonov (29) Argélia (29) Defesa Coréia do Norte (29) Iemen (29) Indonésia (29) Qatar (29) digital (29) Aircraft For Sale (28) Cazaquistão (28) Defesa Emirados Árabes (28) Defesa Haiti (28) Industria Italia (27) Mar do Sul da China (27) Nazistas (27) Polonia (27) Biografia (26) Defesa Uruguai (26) Filipinas (26) Defesa Turquia (25) IVECO (25) Angola (24) Defesa Itália (24) Defesa Polonia (24) Denel (24) FAdeA (24) Mexico (24) Narcotrafico (23) Noruega (23) OEA (23) 2013 (22) CATIC (22) Colonialismo (22) Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (22) Defesa Siria (22) Industria Portugal (22) Jordania (22) livro (22) Austrália (21) Defesa Espanha (21) Defesa Georgia (20) HESA/IAIC (20) Industria Alemanha (20) MERCOSUL (20) Romenia (20) Turkish Aerospace (20) Agusta (19) Bombardier (19) Defesa Libano (19) GS Yuasa (19) Tupolev (19) Bell (18) Defesa Indonésia (18) Defesa Paraguai (18) Dinamarca (18) Grécia (18) HESA (18) Industria Espanha (18) Rosocosmos (18) Tailandia (18) Defesa Taiwan (17) McDonnell Douglas (17) OMC (17) teoria dos falcões (17) Belgica (16) CASA (16) Defesa Libia (16) Haiti (16) Ilyushin (16) Industria Inglesa (16) MUSICA (16) Nigeria (16) Omã (16) Sierra Nevada Space Systems (16) Beechcraft (15) Bielorussia (15) Guatemala (15) Honduras (15) KAI (15) Kuwait (15) Mectron (15) OrbiSat (15) PreSal (15) Star Wars (15) Sudão (15) Antartida (14) Bulgaria (14) Cingapura (14) Congo (14) Coréia do Sul (14) Defesa Kuwait (14) Defesa Malasia (14) HUMOR (14) Nova Zelândia (14) Bahrein (13) Defesa Marrocos (13) ESA (13) Fim dos tempos (13) KMW (13) Lei do Abate (13) Raytheon (13) Servia (13) ww1 (13) Colômbia (12) Defesa Suiça (12) Defesa Suécia (12) FBI (12) Kamov (12) Liga Arabe (12) República Tcheca (12) Shenyang Aircraft (12) Sri Lanka (12) Yantar (12) industria Coreia do Sul (12) 2016 (11) Atech (11) Austria (11) Bangladesh (11) CREA (11) Defesa Rep.Dominicana (11) Defesa Romenia (11) Defesa Tailandia (11) Defesa Ucrania (11) Industria Japão (11) Irkut (11) Mitsubishi (11) PAC Kamra (11) SpaceX (11) Thales (11) Unifil (11) Anonymous (10) Croacia (10) El Salvador (10) Finlândia (10) Google (10) Hungria (10) Industria Turquia (10) Mauritania (10) Microsoft (10) Navantia (10) OPEP (10) Pilatus (10) Quirguistão (10) Revolucao do "Tudo Gratis" (10) religião (10) 2015 (9) Aero (9) COMAC (9) Cesna (9) Chad (9) Defesa Jordania (9) Guerra Fria (9) Harbin (9) INACE (9) Inteligencia Artificial (9) Sisfron (9) Somalia (9) Chengdu (8) FAA (8) Gana (8) Industria Argentina (8) MBDA (8) Niger (8) Olimpiada (8) Peninsula Coreana (8) Renault (8) ThyssenKrupp (8) defesa Iêmen (8) ANAC (7) Aero Vodochody (7) Aeroespatiale (7) Armenia (7) Defesa Noruega (7) Defesa Sudão (7) Defesa Vietnã (7) ENAER (7) FMI (7) Férias (7) General Dynamics (7) OGMA (7) OMS (7) Panamá (7) Quenia (7) Republica Theca (7) oceania (7) British Aerospace (6) Brunei (6) Defesa Qatar (6) ELTA Systems (6) Guiana (6) Guiné-Bissau (6) LET (6) Mianmar (6) Pratt Whitney (6) Rep.Dominicana (6) Tribunal de Haia (6) Tunísia (6) Uganda (6) 2018 (5) 2020 (5) ARTICO (5) Aeroeletrônica (5) Artigo (5) Azerbaijão (5) Defesa Namibia (5) Dornier (5) Estonia (5) Europa do Leste (5) Fokker (5) Inbra (5) Lituania (5) MARKETING PESSOAL (5) Nicaragua (5) Print 3D (5) Suriname (5) 2017 (4) 2040 (4) AIE (4) Alianca Pacifico (4) Apple (4) Aquecimento Global (4) Beriev (4) Cabo Verde (4) Colinas do Golã (4) ENGESA (4) Eslovaquia (4) General Eletric (4) Huawei (4) IBM (4) INDRA (4) INPE (4) ISAF (4) Irlanda (4) Islandia (4) Kalashnikov (4) Kaspersky Lab (4) Marrocos (4) Messerschmitt (4) Moçambique (4) Myanmar (4) Namibia (4) Novaer (4) OSK (4) Patria Aviation (4) Pirataria/Tortuga (4) Rekkof Aircraft (4) Resenha (4) Rio+20 (4) Rockwell (4) Rostvertol (4) SIPRI (4) Selex Galileo (4) Senegal (4) Sevmach (4) Sudão do Sul (4) Titanic (4) Yakovlev (4) ZTE (4) armas eletromagnéticas (4) 2030 (3) AGX (3) Air Race (3) Akaer (3) Albânia (3) Avia (3) Bukina Faso (3) Curdistão (3) EMBARGO (3) Eritrea (3) Facebook (3) General Atomics (3) Guinness Book (3) Harpia (3) Helibrás (3) Honda (3) IMBEL (3) MH-17 (3) MIT (3) Mercenarios (3) Neonazistas (3) OAK (3) OAS (3) Oboronprom (3) Opto Eletrônica (3) Qantas (3) Rafael (3) Samsung (3) Sirius (3) Tajiquistão (3) Tecnobit (3) Trinidad e Tobago (3) Turismo (3) Ukrspetsexport (3) VARIG (3) Zimbabwe (3) ilhas Kurilas (3) prosub (3) savis (3) 2003 (2) AIDC (2) ARAMAR (2) ASMAR (2) Agrale (2) Air Tractor (2) Andrade Gutierrez (2) Astrium (2) Bielorrússia (2) Bigelow Aerospace (2) Birmânia (2) Boston Dynamics (2) Botswana (2) BrahMos (2) Britânica (2) CIAC-Corporación de la Indústria Aeronáutica Colombiana (2) COTEMAR (2) Caltech (2) Camarões (2) Camboja (2) Cirrus (2) DROGA (2) DSME (2) De Havilland (2) ENGEPRON (2) El (2) Enstrom (2) Flight Technologies (2) Ford (2) G20 (2) GROB (2) Harris Corporation (2) Hong Kong (2) IACIT (2) INDUMIL (2) IZHMASH (2) Imperialismo (2) Itaipu (2) Iugoslávia (2) Iêmen (2) KAPO (2) Kongsberg (2) Kosovo (2) Laos (2) Launch Services (2) Letonia (2) Liebherr-Aerospace (2) Luxemburgo (2) Maldivas (2) Malta (2) Malásia (2) Marsh Aviation (2) Massacre (2) México (2) Nepal (2) Next Generation Aircraft/Fokker (2) Nissan (2) Obvilion (2) Orbital Technologies (2) PDVSA (2) Queiroz Galvão (2) RSC Energia (2) Robocop (2) Rosvertol (2) Ruag Aerospace (2) Santos Lab (2) Scania (2) Seagate (2) Sevmash (2) Sony (2) Synergy Defense (2) TAP (2) TAP Maintenance and Engineering (2) Tekever (2) Telebras (2) Togo (2) Toshiba (2) Toyota (2) United Shipbuilding Corporation (2) Usbequistão (2) Vaticano (2) Western Digital (2) YPF (2) Yugoimport (2) Zambia (2) comissao da verdade (2) panair (2) xian (2) Índia (2) 1950 (1) 1962 (1) 2011 (1) 2024 (1) 2025 (1) 2032 (1) 2035 (1) 2047 (1) 2050 (1) 2068 (1) ACS Aviation (1) ADCOM Systems (1) ALMA (1) ANATEL (1) AOL (1) ASTRAEA (1) ATE (Advanced Technologies and Engineering) Aerospace (1) ATK (1) Active Space Technologies (1) Aero-Engine Goup Corp (1) Aeromot (1) Aeroscraft (1) Aerotech (1) Araguaia (1) Ares Aeroespacial (1) Atlas Elektronic (1) Aurora Technologies (1) AutoGyro (1) Aviakor (1) Avio Group (1) BLOG (1) BMW (1) BUG (1) Baterias Moura (1) Belarus (1) Benin (1) Beretta (1) Beureau LUTCH (1) BioExplorers (1) Bloom e Voss (1) Burevestnik (1) Burocracia (1) CACMA (1) CAE (1) CAIGA (1) CBC (1) CETEC (1) CTEx (1) Camargo Corrêa (1) Cellebrite (1) Ceska Zbrojovka (1) China Broad Group (1) Chrysler (1) Citasa (1) Complejo Industrial Naval Argentino - CINAR (1) Condor Tecnologias (1) Continental Motors (1) Conviasa (1) Costa Rica (1) Costa do Marfim (1) Cotecmar (1) Curaçao (1) DNA (1) DRS (1) Da Vinci Code (1) Daewoo (1) Daimler (1) Damen Shipyard (1) Dark Web (1) Datsun (1) Dearman Engine Company (1) Democracia (1) Diageo (1) Diamond Aircraft (1) DoniRosset (1) Dropbox (1) Dígitro (1) EASA (1) EIKE (1) ELEB (1) ESO (1) Ecopetrol (1) Enercon GmbH (1) Energomash (1) Engevix (1) Equipaer (1) Eslovenia (1) Estaleiro Atlantico Sul (1) Esterline (1) Esterline Electronics (1) Etiopia (1) Evektor (1) Evolução (1) Fairchild (1) Fassmer (1) Ficantieri (1) Fincantieri (1) Flying Legends (1) Focal Aviation (1) Foxconn (1) Fujitsu (1) GCHQ (1) GM (1) GeneXus (1) General Motors (1) Genetica (1) Global tech (1) Gorizont (1) Grauna Aerospace S.A (1) Guerrilha (1) Guizhou Aviation (1) Gulfstream (1) Hamilton Sundstrand Corporation (1) Heckler e Koch (1) Heinkel (1) Holocausto (1) Hybrid Air Vehicles (1) IAMI (1) INTA (1) Ilhas Samoa (1) Ilhas Seychelles (1) Increase Aviation Service Ltda (1) Inter RAO (1) International Aero Engines (1) Israel Military Industries (1) JDI Holdings (1) Jet Propulsion Laboratory (1) Jiuyuan Hi-Tech (1) KAMAZ (1) Kangnam Corporation (1) Kawasaki (1) Kazan (1) Kazaquistão (1) LIATEC (1) LINKS (1) Lihttp://www.blogger.com/img/blank.gifbano (1) Linux (1) Lituânia (1) Lufthansa Technik (1) Líbia (1) MALAT (1) MDA (1) MPX (1) Martin-Baker (1) Maçonaria (1) Messier-Bugatti-Dowty (1) Milestone Aviation Group (1) Modelismo (1) Moldávia (1) Molgolia (1) Mongolia (1) Motor Sich (1) Motorola (1) Mowag (1) NKAU (1) NPO Saturn (1) NTSB (1) National Rifle Association (1) Near Eart Autonomy (1) Norse Corp (1) OGX (1) OTT Blindados (1) Oddyssey (1) Odessa (1) Ominsys (1) Orbital Corporation (1) Oto Melara (1) PZL Mielec (1) Pacifismo (1) PalTalk (1) Paramount Group (1) Polaris (1) Polônia (1) Porto Rico (1) QinetiQ (1) R2Tech (1) RKF Tecnologia (1) Ralls Corp (1) Reaparelhamento (1) Remington (1) Renova Goup (1) Reshetnev (1) Rontan (1) Rosatom (1) Rossin-Bertin Vorax (1) Rostekhnologii (1) Rotax (1) Rudolph Usinados (1) Sabia-Mar (1) Sagem (1) Saker Aircraft (1) Sale (1) Sanofi (1) Savis Tecnologia (1) Securaplane Technologies (1) Siemens (1) Soko (1) Solar Impulse (1) Space Exploration (1) Spyker (1) Stidd Systems (1) SwampWorks (1) São Tomé e Príncipe (1) TAO (1) TELMEX (1) TIM (1) Tanzania (1) Taser (1) Taurus (1) Telecom Itália (1) Terrafugia (1) Textron (1) Thielert Aircraft Engines (1) Timor Leste (1) Tortura (1) Troller (1) Turcomenistão (1) UEE (1) UNDOF (1) UTVA Aircraft (1) United Aircraft Corporation (1) United Technologies Corporation (UTC) (1) Urban Aeronautics (1) VSMPO-AVISMA (1) Vanguard (1) Vector Aerospace (1) Velika Gorica (1) Virgin Galactic (1) Voronezh (1) WZL-Wojskowe Zaklady Lotnicze (1) Wega (1) World Aeros (1) XMobots (1) Xi'an Aircraft (1) Yahoo (1) Yakhont (1) YouTube; Skype (1) android (1) bullying (1) clonagem (1) eco (1) feganistão (1) fine (1) htc (1) isra (1) racismo (1) rosco (1) whatsapp (1) ww3 (1) x9 (1) África do Sul (1)

Salmo

Meta: Informação Livre e um Blog novo todo dia

Bem vindo, amigo visitante: Procuro atualizar o blog várias vezes por dia e este trabalho solitário é feito pensando em vocês. Financeiramente Não ganho NADA a não ser a amizade de alguns de vocês... ALGUMAS IMAGENS RETIREI DA INTERNET SEM AUTORIA. SE ALGUMA DELAS FOR PROTEGIDA POR DIREITOS AUTORAIS, A VIOLAÇÃO NÃO FOI INTENCIONAL, NESTE CASO, SE NÃO ME FOR AUTORIZADA A EXPOSIÇÃO DA MESMA, A IMAGEM SERÁ RETIRADA DO BLOG, BASTA QUE ENTREM EM CONTATO POR COMENTARIO OU EMAIL.
Vinicius Morais - Vinna

Translate

Pesquisar este blog

Visitas by Google - Since 02/05/2008

Nós no Face...

Facebook

Feed de Notícias

De fato...

“Um dos mais influentes psicanalistas da Inglaterra, autor de dez livros e editor da nova tradução da obra de Sigmund Freud (1856-1939),…
pensadoranonimo.com.br
Hangar do Vinna adicionou 3 novas fotos ao álbum "MIG USAF".

A maior recompensa para o trabalho do homem não é o que ele ganha com isso, mas o que ele se torna com isso.
John Ruskin

A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: céu e avião
A imagem pode conter: céu

Que o serviço melhore...

AEROPORTO PINTO MARTINS - R$ 425 MI
Alemã Fraport é nova concessionária do Aeroporto de Fortaleza

Últimas notícias de futebol, esportes, política, economia, concursos, classificados, empregos, cinema, trânsito em Fortaleza e no Ceará é no Diário do Nordeste. Notícias atualizadas, matérias, reportagens, entrevistas, vídeos e fotos de Fortaleza, Ceará, Nordeste, Brasil e Mundo
diariodonordeste.verdesmares.com.br

Pensando em conseguir de uma só vez todos os ovos de ouro que a galinha poderia lhe dar, ele a matou e a abriu apenas para descobrir que não havia nada dentro dela.
Esopo

bem instrutivo!

Vivendo e aprendendo.

Você sabe a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido? Veja aqui
180graus.com
Encontre-nos no Facebook

Videos em Destaque

The Blue Angels - Set to Van Halen's Dreams Top Gun Music Video - "Dreams" by Van Halen

Links de Referência & PARCEIROS


Blog Cavok

Campo de Batalha

Cultura Aeronáutica

Alternativa Car

Fumaça Já!



Noticias Sobre Aviação

DEFESANET


Tecnologia & Defesa


Portal Rudnei Cunha

ANVFEB



Plano Brasil

Geo Política

Defesa Aérea

Estratégia Nacional de Defesa


Defesa BR

Revista ASAS


VAE VICTIS

Segurança & Defesa


Infodefensa

BLOG CONTROLE AÉREO

ANUNCIE - AQUI

archive

Museus