GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

sexta-feira, julho 13, 2012

Síria estaria movimentando armas químicas em meio ao caos

By on 13.7.12
A Síria parece estar retirando em sigilo parte de suas armas químicas dos locais de armazenamento, afirmaram autoridades israelenses e do Ocidente, mas não está claro se a operação é apenas uma precaução de segurança em meio ao caos da guerra ou outra coisa. Alguns analistas acreditam que a ação serve a um propósito duplo: manter as armas longe dos insurgentes e evitar que os inimigos ocidentais da Síria tenham qualquer desculpa para uma intervenção, alegando extravio de material perigoso.
O governo sírio nega a operação, divulgada inicialmente pelo Wall Street Journal, e não há certeza sobre os materiais envolvidos. O estoque não declarado da Síria supostamente inclui agente sarin, gás mostarda e cianureto. As notícias, no entanto, contribuem para a impressão de diminuição do controle do governo em partes da Síria e devem aumentar a preocupação internacional com a segurança sobre o que se acredita ser o maior estoque de armas químicas do Oriente Médio.
Uma autoridade israelense afirmou que os movimentos refletem uma tentativa do presidente Bashar al-Assad de tomar "medidas para garantir que as armas não caiam em mãos irresponsáveis". "Isso contribuiria ao pensamento de que esse assunto foi administrado com responsabilidade até agora." Em Washington, uma autoridade da segurança nacional confirmou que o governo norte-americano recebeu informações sobre a movimentação de armas químicas, mas não tinha certeza sobre os motivos.
Controle rígido
Uma segunda autoridade norte-americana afirmou que a movimentação relatada era "relativamente nova", mas não necessariamente muito assustadora. O porta-voz do Pentágono George Little disse que o Pentágono acredita que o regime de Assad mantém o controle sobre as armas químicas, mas os EUA e seus parceiros estão observando o assunto com atenção. "É óbvio que podemos adverti-los (os sírios) fortemente contra qualquer intenção de usar esses estoques. Isso ultrapassaria um limite sério", afirmou ele.
Os países do Ocidente acreditam que o governo sírio tenha o maior estoque do mundo de armas químicas não declaradas --incluindo o gás mostarda e o agente neurotóxico VX. O arsenal poderia dar a Assad os meios de mostrar força internamente e na região, além de contrabalançar as armas nucleares não declaradas por Israel.

Fonte: Terra

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts