GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

segunda-feira, agosto 27, 2012

Scania recusa ceder nome Saab a consórcio oriental

By on 27.8.12
A NEVS, que junta chineses e japoneses, queria usar o nome da Saab nos carros elétricos que está a produzir. Mas a Scania, que tem uma palavra a dizer, não deixa.

Novo contratempo na saga da Saab. Depois da falência da marca sueca, os ativos que restaram ficaram, na sua maioria nas mãos da NEVS (um consórcio entre chineses e japoneses que têm o objetivo de fabricar carros elétricos). Mas o grande trunfo desta empresa era poder usar o logotipo Saab nos seus carros elétricos, herdando assim um nome forte da indústria automóvel, o que tornaria mais fácil a sua implantação no mercado internacional.

Acontece que, o uso do logotipo e do nome comercial Saab teria que ser negociado com a Saab AB (empresa dedicada a tecnologias militares) e com a Scania, a marca de veículos pesados. Mas várias fontes suecas garantem que a Scania recusou ceder o nome aos futuros modelos da NEVS. O interesse deste consórcio na Saab fica agora bem mais reduzido e parece que o futuro aponta mesmo para o desaparecimento total da marca. 

Fonte: Turbo

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts