GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

quarta-feira, outubro 03, 2012

Brasil doa helicópteros da FAB à Bolívia para combate ao narcotráfico

By on 3.10.12
A Força Aérea Brasileira (FAB) entregou oficialmente na manhã desta quarta-feira, 03/10, os dois primeiros helicópteros UH-1H Iroquois doados pelo Brasil à Bolívia. Até o final deste ano, outros dois serão repassados à Força Aérea Boliviana.

A cerimônia foi realizada na Base Aérea militar na cidade Santa Cruz com a presença dos Ministros da Defesa do Brasil, Celso Amorim, e do Presidente da Bolívia, Evo Morales.

O Ministro da Defesa da Bolívia, Rubén Aldo Saavedra Soto, e os comandantes da Força Aérea Brasileira, Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito, e da Força Aérea Boliviana, General de Força Aérea Libório Flores Enriquéz, também estavam presentes. Eles assinaram o termo de doação dos quatro helicópteros.

As aeronaves serão operadas pelo esquadrão Diablos Rojos, unidade aérea antidrogas, que já utiliza o UH-1H. Eles também podem ser acionados em casos de desastres naturais e para missões de ajuda humanitária.

No discurso, o presidente boliviano enfatizou a importância da incorporação das aeronaves. “Esta doação é um alento para o povo boliviano e para o governo. É uma cooperação importante para as forças armadas no combate ao narcotráfico”. Segundo o presidente, na semana passada as Nações Unidas informaram que diminuiu em 12% o plantio de coca no país.

Para o Ministro Celso Amorim a cooperação com a Bolívia é um passo firme do Estado brasileiro na área de defesa e segurança para o combate ao narcotráfico e ilícitos, e na proteção de recursos naturais. O ministro aproveitou a ocasião para reforçar o convite aos militares bolivianos para que participem como observadores na próxima Operação Ágata. Ele também anunciou que quatro veículos blindados do Exército boliviano serão revitalizados no Brasil. “O potencial de cooperação entre Brasil e Bolívia é vasto”, afirmou.

Enquanto estiveram em operação no Brasil, os helicópteros com matrículas 8659 e 8666 estavam nos esquadrões Falcão (1º/8º GAV), localizado em Belém (PA), e Pelicano (2º/10º GAV), em Campo Grande (MS). A desativação das aeronaves UH-1H na Força Aérea Brasileira começou em 2008. A FAB utiliza este modelo de helicóptero desde a década de 70 em missões de busca e salvamento e transporte de tropas, entre outras. Antes de serem entregues, as aeronaves passaram por revitalização no Parque de Material Aeronáutico dos Afonsos (PAMA-AF), no Rio de Janeiro.

As despesas com o translado das aeronaves são de responsabilidade da Força Aérea Boliviana.

Ações conjuntas – A entrega das aeronaves evidencia o compromisso dos dois países em estreitar os laços de cooperação na área de defesa, com especial atenção para a vigilância do espaço aéreo e o combate aos crimes nas fronteiras e ao narcotráfico. Em julho deste ano, as Forças Aéreas do Brasil e da Bolívia realizaram a operação BOLBRA II, com o objetivo de treinar a transferência de tráfegos irregulares. Os dois países possuem uma área de aproximadamente 3,4 mil km de fronteira.

Doação – A autorização para doar os equipamentos foi sancionada pela Presidente da República, Dilma Roussef, em 25 de junho de 2012. O Projeto de Lei 12.679, que trata da doaçãom foi aprovado pelo Senado depois de ser apreciado pelas Comissões de Constituição e Justiça e de Relações Exteriores e Defesa.

Homenagem – As autoridades brasileiras foram homenageadas pelo Ministério da Defesa da Bolívia com a Ordem Mariscal Andrés de Santa Cruz. O Ministro da Defesa foi condecorado com a Gran Cruz de La Ordem e o Comandante da Aeronáutica com a Gran Oficial de La Ordem.

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts