GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

quarta-feira, outubro 10, 2012

Marinha dos Estados Unidos quer transformar água do mar em combustível

By on 10.10.12
A marinha norte-americana tem um projeto ambicioso que visa transformar a água do mar em combustível para motores a jato. Em desenvolvimento no US Naval Research Laboratory (Laboratório de Pesquisa Naval dos Estados Unidos, em tradução livre), o programa faz parte de uma série de iniciativas da força para melhorar sua independência energética, algo crucial nas estratégias que envolvem o deslocamento dos seus efetivos pelos oceanos do planeta.
http://2.bp.blogspot.com/_L-8nfsTsVk0/TMRcqLUgEwI/AAAAAAAADj4/zH2gYZZ-znw/s1600/us+navy.jpg 
Modernas embarcações militares contam com sistemas de propulsão com turbinas. É por isso que o uso de combustível para jato não se restringe às aeronaves da marinha, depositadas nos grandes navios aeródromos – que, em boa parte dos casos, contam com sistemas nucleares de geração de energia.
 
Embora a ideia de usar água do mar como matéria-prima para a fabricação de combustível soe como algo sustentável, vale lembrar que, uma vez queimado no motor, o combustível tem a mesma agressividade ao meio ambiente do que aquele extraído do petróleo. A intenção da marinha norte-americana não é, exatamente, poluir menos. É diminuir custos, reduzindo a dependência do petróleo e do reabastecimento em terra.

Recentemente, a marinha dos Estados Unidos testou biocombustíveis em suas frotas e teve a amarga decepção de pagar nove vezes o preço do combustível convencional: foram US$ 27 por galão, comparados aos US$ 3 do combustível comum. A conta, salgada, alcançou 12 bilhões para apenas alguns dias de exercícios e testes.

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts