GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

terça-feira, novembro 13, 2012

Ataque de caça sírio mata 15 pessoas perto da Turquia

By on 13.11.12
Caças MiG da Força Aérea da Síria bombardearam uma área controlada pelos insurgentes nesta segunda-feira perto da fronteira com a Turquia, matando pelo menos 15 pessoas, disse um funcionário do governo turco. Um foguete foi disparado da Síria contra território turco, mais cedo, sem deixar vítimas. Um jornalista da Associated Press assistiu ao bombardeio, que ocorreu na cidade síria de Ras al-Ayn, na província de Al-Hasakah. Mais de vinte refugiados sírios feridos foram levados a hospitais turcos em Ceylanpinar, do outro lado da fronteira. Oito dos feridos morreram em Ceylanpinar. Também nesta segunda-feira, a Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho lançou um apelo de emergência por US$ 34 milhões a mais para alimentar 170 mil refugiados sírios que deverão estar na Turquia nos próximos meses. Até a semana passada, a Turquia abrigava 110 mil refugiados, mas o número deverá aumentar no inverno.

Nesta segunda-feira, tanques israelenses dispararam contra uma posição de artilharia do exército sírio nas Colinas de Golã, território sírio que Israel ocupa desde 1967. Foi o primeiro incidente entre tropas sírias e israelenses desde março de 2011, quando começou a revolta na Síria contra o governo do presidente Bashar Assad. Segundo os israelenses, os tanques dispararam após soldados sírios terem lançado um morteiro contra a parte israelense do Golã. 
 
"Nós estamos monitorando de perto a situação e responderemos de maneira apropriada. Não permitiremos que nossas fronteiras sejam violadas e nossos cidadãos atingidos", disse o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, após o incidente. Israel anexou o Golã, parte da província síria de Quneitra, e considera o território seu, embora pela lei internacional o Golã ainda seja considerado território sírio. A região atualmente é habitada por colonos israelenses e sírios Drusos.

O incidente começou nos vilarejos de Bir Ajam e Bariqa, no lado sírio da fronteira com Israel. Soldados sírios foram atacados por insurgentes e responderam ao fogo, aparentemente atingindo o lado israelense sem intenção. O Observatório Sírio pelos Direitos Humanos, grupo opositor sediado em Londres, confirmou que ocorreu um combate e rebeldes sírios foram mortos hoje em Bir Ajam, na província de Quneitra.

As informações são da Associated Press e da Dow Jones.- Via Estadão

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts