GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

quarta-feira, janeiro 30, 2013

Kosmos-1484: Americanos viram bola de fogo que pode ser satélite russo

By on 30.1.13

http://4.bp.blogspot.com/-w8jJtzftwVg/T_JBfcT-qKI/AAAAAAAAGiw/J2igyDFD1_c/s1600/102_21-alt-blog-meteoro-2.jpgUm comunicado da Sociedade Americana de Meteoros especula que o satélite soviético Kosmos-1484, previsto para cair na Terra nesta terça-feira, já entrou em nossa atmosfera, numa região entre os estados da Georgia e de Nova York, no leste dos EUA. A entidade, que recebe registros voluntários de corpos em queda livre no céu, obteve 35 relatos de testemunhas que acusaram ter visto uma bola de fogo à 0h30 de segunda-feira (no horário de Brasília). Não houve, no entanto, testemunha que tenha encontrado pedaços do satélite em solo.

De acordo com o comunicado, assinado por Robert Lunsford, a bola de fogo tinha um brilho que se equivalia a da Lua cheia, com uma coloração que variava do laranja para o amarelo, segundo os testemunhos. A chance de que a queda do satélite, na estimativa da entidade, tenha produzido mais de uma bola de fogo ao se despedaçar em contato com a atmosfera. Lunsford explica que meteoros tornam-se visíveis a aproximadamente 80 quilômetros da superfície da Terra e que a fricção dos objetos com a atmosfera reduz a velocidade do objeto até ficar a uma velocidade inferior à necessária para criar luminosidade, o que geralmente ocorre a oito quilômetros de altura. São raros os meteoros que de fato atingem o chão. Quase todos se desintegram quando estão entre 16 e 32 quilômetros de altitude.

Mas, na classificação da entidade - fundada em 1911, informa o site oficial - uma bola de fogo, como foi vista, é considerado um objeto maior que um meteoro, o qual consegue produzir luz mesmo em pequenas dimensões, como uma bola de baseball. O Kosmos-1484 tinha cerca de 6 metros de largura.
 

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts