GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

terça-feira, março 26, 2013

A China comprará 24 caças Su-35 russos dentre outras coisas

By on 26.3.13
Rússia e China assinaram um acordo-quadro sobre o fornecimento de aviões Su-35 e submarinos da classe Lada, segundo informações veiculadas nesta segunda-feira, 25, pela Televisão Central Chinesa (CCTV). Em virtude do documento, firmado antes da visita do Presidente chinês, Xi Jinping, a Moscou na semana passada, o país asiático comprará 24 caças deste modelo, além de quatro embarcações, na maior venda de armas russas para Pequim nos últimos dez anos.
Enquanto isso, o Ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, destacou como "fato emblemático" a visita de Xi Jinping ao ministério que comanda, no sábado, 23. "Para a Rússia, é mais uma confirmação de que o âmbito militar e técnico-militar é a prioridade na cooperação entre os dois países."
De acordo com a parte chinesa, Pequim está estudando a possibilidade de comprar mais armas russas, em particular, sistemas de defesa antiaérea S-400, motores pesados 117C, aviões de transporte Il-76 e porta-aviões Il-78.
Por sua vez, a imprensa russa informou este mês de março que, no final de 2012, a exportadora estatal de armas russas Rosoboronexport e o Ministério da Defesa da China assinaram um acordo preliminar sobre a entrega de 24 caças Su-35 para o gigante asiático. O valor do contrato é estimado em US$ 1,5 bilhão.
O submarino convencional do Projeto 677, classe Lada ou Amur-1650 em sua modalidade para exportação, pode navegar em imersão por mais de 25 dias, em comparação com uma média de 15 a 20 dias que alcançam os submersíveis estrangeiros.
O Amur-1650 é equipado com mísseis e torpedos universais e também pode destruir alvos terrestres mediante lançamentos múltiplos de mísseis de cruzeiro.

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts