GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

sexta-feira, março 01, 2013

Coréia do Norte Eleva o tom depois do teste nuclear

By on 1.3.13

Os serviços de inteligência do Ocidente e da Coreia do Sul não conseguem identificar o material radioativo utilizado pelos norte-coreanos durante o teste nuclear do último dia 12 de fevereiro, comunica a mídia ocidental.

Conforme concluem especialistas, a nova bomba norte-coreana ultrapassa várias vezes em potência a ensaiada em 2006.
Na opinião dos mesmos, o material utilizado durante os primeiros dois testes nucleares, realizados por Pyongyang em 2006 e 2009, foi o plutônio.


O presidente norte-americano Barack Obama disse hoje que o "provocatório" teste feito pela Coreia do Norte não torna o país mais seguro e apelou a uma "rápida" e "credível" ação internacional como resposta.

Barack Obama prometeu também que Washington vai permanecer vigilante face ao teste nuclear subterrâneo e firme no seu compromisso de defesa dos seus aliados na Ásia.

Fonte: Expresso


A Coreia do Norte preveniu hoje os Estados Unidos de que estão "absolutamente" ao alcance das suas armas nucleares, numa nova declaração belicosa depois de realizar um terceiro teste nuclear, em meados de fevereiro.
Num artigo publicado no site oficial do Governo, Uriminzokkiri, um membro do Conselho Nacional da Paz coreano - um órgão de propaganda -, disse que a Coreia do Norte é agora "um Estado totalmente independente, com armas balísticas e nucleares".
"Os Estados Unidos devem estar cientes de que o continente americano está de facto ao alcance dos nossos mísseis e das nossas armas nucleares estratégicas", acrescentou o funcionário neste artigo.
Em outubro passado, Pyongyang tinha assegurado possuir mísseis capazes de atingir o território dos Estados Unidos, uma alegação interpretada como "bluff" por numerosos especialistas na Coreia do Sul.
Desde então, o Norte lançou com sucesso um foguete (um míssil disfarçado segundo Washington e Seul) a 12 de dezembro de 2012, e fez um terceiro teste nuclear dois meses depois, cujos detalhes permanecem em segredo.
A maioria dos especialistas acredita que Pyongyang tem ainda muito a fazer para a criação bem sucedida de uma bomba em miniatura, que pode ser montada num míssil pronto para atacar, mas sublinham que o país parece ter feito grandes progressos nesta área.
- See more at: http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=3077375&seccao=%C1sia#sthash.CZhBwfjg.dpuf
http://3.bp.blogspot.com/_fw6hPAsXpLs/TSeABp4j1KI/AAAAAAAAA9E/pTEYEjCOOzU/s1600/coreia+do+nortemisseis+.jpgA Coreia do Norte preveniu hoje os Estados Unidos de que estão "absolutamente" ao alcance das suas armas nucleares, numa nova declaração belicosa depois de realizar um terceiro teste nuclear, em meados de fevereiro.

Num artigo publicado no site oficial do Governo, Uriminzokkiri, um membro do Conselho Nacional da Paz coreano - um órgão de propaganda -, disse que a Coreia do Norte é agora "um Estado totalmente independente, com armas balísticas e nucleares".

"Os Estados Unidos devem estar cientes de que o continente americano está de facto ao alcance dos nossos mísseis e das nossas armas nucleares estratégicas", acrescentou o funcionário neste artigo.

Em outubro passado, Pyongyang tinha assegurado possuir mísseis capazes de atingir o território dos Estados Unidos, uma alegação interpretada como "bluff" por numerosos especialistas na Coreia do Sul.

Desde então, o Norte lançou com sucesso um foguete (um míssil disfarçado segundo Washington e Seul) a 12 de dezembro de 2012, e fez um terceiro teste nuclear dois meses depois, cujos detalhes permanecem em segredo.

A maioria dos especialistas acredita que Pyongyang tem ainda muito a fazer para a criação bem sucedida de uma bomba em miniatura, que pode ser montada num míssil pronto para atacar, mas sublinham que o país parece ter feito grandes progressos nesta área.

Fonte: DN
O presidente norte-americano Barack Obama disse hoje que o "provocatório" teste feito pela Coreia do Norte não torna o país mais seguro e apelou a uma "rápida" e "credível" ação internacional como resposta.
Barack Obama prometeu também que Washington vai permanecer vigilante face ao teste nuclear subterrâneo e firme no seu compromisso de defesa dos seus aliados na Ásia.
- See more at: http://expresso.sapo.pt/obama-diz-que-provocatorio-teste-nuclear-da-coreia-do-norte-nao-torna-pais-mais-seguro=f786603#sthash.YWksZ4gC.dpuf
O presidente norte-americano Barack Obama disse hoje que o "provocatório" teste feito pela Coreia do Norte não torna o país mais seguro e apelou a uma "rápida" e "credível" ação internacional como resposta.
Barack Obama prometeu também que Washington vai permanecer vigilante face ao teste nuclear subterrâneo e firme no seu compromisso de defesa dos seus aliados na Ásia.
- See more at: http://expresso.sapo.pt/obama-diz-que-provocatorio-teste-nuclear-da-coreia-do-norte-nao-torna-pais-mais-seguro=f786603#sthash.YWksZ4gC.dpuf

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts