GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

terça-feira, março 26, 2013

Nova hipótese sobre túmulo de Gengis Khan

By on 26.3.13

Há vários anos que o local da última estada na Terra do Grande Conquistador mongol, Gengis Khan, se tornou alvo de pesquisas e debates científicos em diferentes países.

Mais uma hipótese interessante foi avançada pelo cientista do Cazaquistão, Vladimir Oskolkov. A sua visão do problema tem sido interpretada na Internet e na mídia como sensacionalista.

Oskolskov conjectura, partindo de uma lenda segundo a qual o local do túmulo foi arrasado por milhares de cavalos e os cavaleiros teriam sido aniquilados.
O enterro foi realizado num sítio deserto, onde o homem nunca fincou o pé. No parecer do cientista, o local mais indicado para o feito teria sido a depressão Riderskaya na região do Altai no leste do Cazaquistão. Oskolkov recorda que durante as escavações naquela zona foram identificados sinais da presença do homem da Idade da Pedra.
Mais tarde, as pessoas nunca mais foram até lá. Além disso, de acordo com o cientista cazaque, o próprio Gengis Khan fazia referências à zona do Altai como eventual local para o seu túmulo.


A hipótese foi acolhida por pesquisadores orientalistas com moderação. Um dos maiores especialistas na matéria, Vladimir Graivoronsky, considera que desta forma, o seu colega cazaque pretende ganhar popularidade e prestígio.


"Hoje em dia a figura de Gengis Khan tem sido tão procurada que muitos cientistas se esforçam por descobrir algo sensacional, relacionado com esse nome. A questão sobre o lugar do seu túmulo foi estudada de forma meticulosa. Custa acreditar nessa última versão que, ao meu ver, não passa de mais uma hipótese que dificilmente encontrará simpatizantes na Mongólia ou em centros de pesquisas desse país em outros Estados. O autor pode tentar provar a sua versão, mas eu duvido que ele seja capaz de fazer isso."


Até hoje não foi feita nenhuma descoberta real. Existem versões e conjecturas. Na Mongólia considera-se que o túmulo do ilustre antecessor se encontre em algum lugar no norte da cidade de Ulan-Bator, nomeadamente, no monte Burhan-Haldun.

Os cientistas da China estão cientes de que o túmulo de Gengis Khan possa se encontrar no território da China, perto da fronteira com a Mongólia ao pé dos montes de Altai porque foi durante a incursão ao Império Tangut que  Gengis Khan morreu.


Os cientistas russos consideram que o túmulo de Gengis Khan tem que ser procurado em Tuva, pelo que a pátria histórica do imperador se localiza no território outrora ocupado pela etnia dos tuvanos. 
Entretanto, naquela zona não foi feita até hoje nenhuma escavação. Vladimir Graivoronsky adianta:


"A maioria dos mongóis, seguindo à risca as tradições populares, se opõe à procura de restos mortais do seu antecessor. Nas fontes literárias não há referências para qualquer local do enterro. Não é por acaso que o nome de Gengis Khan se considera sagrado e as buscas do túmulo foram interditadas."


Em resumo, os especialistas da Rússia, China, e do Cazaquistão têm exposto várias hipóteses que, pelo visto, não passam de fruto da imaginação humana.


0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts