GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

quinta-feira, março 14, 2013

Phantom iraniano tentou interceptar drone Predator sobre Golfo Pérsico

By on 14.3.13
Um avião militar iraniano tentou interceptar na última terça-feira, sem sucesso, um avião não tripulado ("drone") dos Estados Unidos sobre águas internacionais no Golfo Pérsico, informou nesta quinta-feira o Pentágono, que pretende continuar com esse tipo de voo, apesar das advertências do Irã.

O porta-voz do Departamento de Defesa, George Little, disse em comunicado que uma "aeronave iraniana F-4 Phantom II" se aproximou na terça-feira dia 12 de um avião militar americano MQ-1  Predator, "desarmado e não-tripulado, que fazia um voo rotineiro de vigilância de caráter classificado sobre águas internacionais no Golfo Pérsico".
"O MQ-1 estava acompanhado por dois aviões militares americanos, e todos eles se mantiveram o tempo todo sobre águas internacionais. O avião iraniano se afastou após receber uma advertência verbal", acrescentou Little.
http://3.bp.blogspot.com/-3G5RMdT-w58/UJxlqMMCEVI/AAAAAAAAJW4/pWL_P_Gnt8Y/s400/MQ-1B_Predator_1-US-Air-Force.jpgSegundo o porta-voz, o mais próximo que esteve o F-4 iraniano do avião americano foi cerca de 25 quilômetros de distância.
No último dia 1º de novembro, um caça iraniano disparou contra outro "drone" americano que sobrevoava o espaço aéreo internacional em um voo de vigilância, mas não conseguiu derrubá-lo.
"Depois desse incidente em novembro, os Estados Unidos comunicaram aos iranianos que continuariam fazendo voos de vigilância sobre águas internacionais de acordo com uma prática de longa data e com o compromisso com a segurança da região", assinalou Little.
"Também comunicamos que nos reservamos ao direito de proteger nossos recursos militares e nossas forças, e vamos continuar fazendo isso de agora em diante", acrescentou o porta-voz.
O Irã afirmou em várias ocasiões que derrubou aviões espiões não tripulados tanto israelenses quanto americanos em seu espaço aéreo, sobre terra e sobre suas águas territoriais.
Além do incidente de novembro, o Irã anunciou em dezembro que tinha capturado um "drone" americano de observação ScanEagle, que seus militares afirmaram que continha informação militar e de matéria petrolífera, apesar de os Estados Unidos afirmarem que não sabem dessa captura.
Antes deste último incidente, o Irã acusou os EUA de terem invadido seu espaço aéreo por oito vezes desde o último mês de outubro, e apresentou queixas à ONU, além de ter afirmado que o país "preservará e protegerá" seu território "de maneira contundente". 

Fonte: Terra

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts