GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

terça-feira, abril 16, 2013

Boston: Bombas foram colocadas em cestos de lixo, sugerem investigações

By on 16.4.13
As bombas que explodiram durante a Maratona de Boston, provocando a morte de três pessoas e deixando ao menos 144 feridas, foram colocadas em cestos de lixo e estavam cheias de peças de metal para atingir o maior número de pessoas possível, informaram nesta terça-feira fontes do FBI à rede CNN. Segundo as fontes, os explosivos eram pequenos e de baixa potência, indicando que se tratavam de artefatos artesanais. Analistas ouvidos pelo jornal “Boston Globe” sugerem que o atentado foi obra de terror interno e não de uma rede internacional de terroristas. Mas várias pessoas estão sendo interrogadas e um jovem da Arábia Saudita está sob custódia por suspeita de envolvimento com as explosões.

O atentado perto da linha de chegada da maratona nesta segunda-feira desencadeou uma caçada em busca dos responsáveis pelo crime, que fontes da Casa Branca dizem que será tratado como “um ato de terror”. De acordo com o FBI, um jovem da Arábia Saudita, de 20 anos, está sob custódia no Hospital de Boston por suspeita de conexão com o ataque. Ele, que tem visto de estudante nos Estados Unidos, foi detido cerca de duas horas após o atentado.

A CBS News informou que a polícia tem um vídeo de um homem levando várias mochilas para o local da explosão. Autoridades contaram que os dispositivos foram embalados com pólvora, rolamentos de esferas e estilhaços para maximizar os ferimentos das vítimas.

Um menino de 8 anos, morto nas explosões, foi identificado nesta terça-feira como Martin Richard, de Dorchester. O jornal disse que o pai de Martin, um ativista comunitário, correu na maratona, e sua família estava esperando por ele na linha de chegada. A mãe de Martin, Denise Richard, e uma de suas irmãs foram hospitalizadas com “ferimentos graves”, informou o diário.

Até o momento, as autoridades federais classificaram o incidente como “ataque terrorista”, embora se desconheça se o crime foi cometido por estrangeiros ou americanos. Espanha, França, Reino Unido e Rússia declaram que vão reforçar a segurança durante as maratonas que serão realizadas em seus países nos próximos meses.

Nesta terça-feira, o presidente Vladimir Putin enviou condolências ao líder americano Barack Obama e classificou o atentado como um “crime bárbaro”.

Fonte O Globo - Via PortalAZ

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts