GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

terça-feira, abril 23, 2013

ONU detecta contaminação atômica relacionada com teste nuclear norte-coreano

By on 23.4.13
A Organização do Tratado de Proibição Completa de Testes Nucleares (CTBTO) informou nesta terça-feira em Viena (Áustria) que detectou traços de gases radioativos que podem confirmar cientificamente que a Coreia do Norte detonou uma bomba atômica em 12 de fevereiro.



Por meio de um comunicado, o organismo da ONU indicou que duas estações de medição, uma no Japão e outra na Rússia, detectaram dois isótopos radioativos de gás xenônio, o que 'fornece informação confiável sobre a natureza nuclear da fonte' dessa contaminação.

Os traços de gases radioativos podem corresponder com um episódio de fissão nuclear ocorrido 50 dias antes, o que se encaixa com o anúncio feito por parte da Coreia do Norte de que em 12 de fevereiro realizou um teste atômico.

A fissão nuclear pode ocorrer em uma explosão atômica ou durante o processo de produção de energia atômica.

'Estamos avaliandos as possíveis fontes que poderiam explicar as observações de contaminação nuclear)', disse na nota Mika Nikkinen, especialista do CTBTO.

Nikkinen disse que a contaminação poderia proceder também de um reator atômico ou de outras atividades nucleares, embora, por enquanto, o CTBTO não tem informação que tenham ocorrido vazamentos com essa origem.

A agência da ONU foi a primeira a anunciar que 'um evento sísmico incomum' tinha ocorrido na Coreia do Norte em 12 de fevereiro próximo ao local onde em 2006 e 2009 foram realizados testes nucleares pelo país.

Fonte: EFE via MSN Notícias - Imagem: Reprodução - Via Aviation News

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts