GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

segunda-feira, abril 15, 2013

Polícia dos EUA confirma terceira explosão em Boston

By on 15.4.13
Após duas bombas explodirem na linha de chegada da Maratona de Boston nesta segunda-feira (15), matando duas pessoas, um terceiro explosivo foi detonado na cidade norte-americana.
A terceira explosão ocorreu por volta das 16h20 (locais, 17h20 em Brasília) na biblioteca JFK, que fica a quase 5 km do local onde duas bombas explodiram mais cedo. A informação foi confirmada pelo comissário Ed Davis, da polícia de Boston.
A porta-voz da biblioteca, Rachel Day, informou à agência de notícias Reuters que havia fogo na biblioteca, mas que ninguém tinha se ferido no incidente.
Segundo Davis, não há informações de que a explosão na biblioteca tenha relação com a tragédia ocorrida na linha de chegada da Maratona de Boston, quando ao menos duas pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas.
A polícia ainda investiga o autor das explosões e a motivação dos crimes.
Explosões matam duas pessoas ao final da Maratona de Boston
Duas bombas explodiram pouco antes das 15h (local, 16h em Brasília) durante a Maratona de Boston, quando milhares de atletas terminavam a corrida, com uma multidão assistindo e torcendo na linha de chegada.
Segundo o Departamento de Polícia de Boston, ao menos duas pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas. A informação foi divulgada pelo Twitter oficial da corporação.
Além disso, uma autoridade de inteligência dos EUA confirmou à rede Boston Channel que dois outros explosivos foram encontrados próximos do local da explosão e já foram desarmados.
O número de feridos, no entanto, pode subir ainda mais. A rede de TV CNN informa que o número de feridos já passa de 45.
As explosões ocorreram perto do hotel Fairmont Copley, que servia como sede do evento.
Mais cedo, um porta-voz da maratona disse a jornalistas que o hotel foi bloqueado após a explosão e que ninguém teria permissão de sair ou entrar do prédio.
O canadense Mike Mitchell, de Vancouver, um atleta que terminou a maratona, disse que estava olhando para trás na linha de chegada e viu uma "explosão massiva".
A fumaça subiu 15 m, disse Mitchell. As pessoas começaram a correr e gritar após ouvirem o barulho, acrescentou.
— Todo mundo está assustado.
Havia pelo menos 131 brasileiros inscritos na competição. O Ministério de Relações Exteriores (Itamaraty) informou ao R7 que não informações sobre brasileiros feridos.
Ainda não há detalhes sobre a autoria nem a motivação das explosões.

Fonte: R7

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts