GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

terça-feira, abril 23, 2013

Talibãs afegãos capturam estrangeiros após problema com helicóptero

By on 23.4.13
O grupo talibã informou nesta segunda-feira ter capturado estrangeiros de um helicóptero obrigado a realizar um pouso de emergência no Afeganistão e que, segundo autoridades, levava sete turcos e dois russos a bordo.
Os insurgentes, que frequentemente emitem comunicados exagerados, alegaram que 11 militares americanos estavam na aeronave que pousou no domingo devido ao mau tempo na província de Logar, ao sul de Cabul.
A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), liderada pelos Estados Unidos, informou que nenhum militar estrangeiro estava envolvido e que o helicóptero era civil. Ela acrescentou que não havia informação sobre o destino da aeronave ou de seus ocupantes.
O grupo talibã anunciou em seu site que os estrangeiros 'foram capturados vivos e foram transferidos para a região mais segura da nação', acrescentando que o helicóptero foi incendiado.
A companhia aérea sediada no afeganistão, Khorasan Cargo Airlines, que operava o helicóptero Mi-8, afirmou que sete turcos que trabalhavam em um projeto rodoviário, um piloto russo, um engenheiro de voo russo e um co-piloto afegão estavam a bordo da aeronave.
O ministro das Relações Exteriores da Turquia informou que seus diplomatas estavam em intensas negociações com as autoridades afegãs para descobrir seu paradeiro.
Não houve reação imediata do governo russo.
Já o ministro do Interior afegão informou que uma equipe da polícia foi enviada ao local e que teve início uma busca pelos passageiros e pela tripulação.
Ele não confirmou o número de pessoas ou a nacionalidade dos detidos. Autoridades de Logar informaram anteriormente que oito turcos e um afegão estavam desaparecidos.
Para aumentar a confusão, um porta-voz do governo provincial de Logar afirmou que sete turcos, dois ucranianos e um intérprete afegão estavam no helicóptero quando ele pousou no distrito de Azra.
'Também conversamos com aldeões idosos para persuadir os talibãs a libertarem os reféns', afirmou o porta-voz, Din Mohammad Darvish.
Hamidullah Hamid, governador do distrito de Azra, afirmou que acredita-se que os reféns estão no distrito do vale do Mangal, uma região controlada pelos talibãs.
O helicóptero se deslocava da cidade de Khost em direção a Cabul quando foi obrigado a pousar.
O grupo talibã, derrubado do poder em 2001 por uma invasão estrangeira liderada pelos Estados Unidos, alegou que 11 militares americanos, incluindo dois intérpretes, estavam a bordo.
'As forças estrangeiras, ao se desvincularem do helicóptero, estão tentando fazer parecer que os detidos são civis, mas a negação não irá beneficiá-los, já que todos foram capturados usando uniformes do exército americano', disse.
Um porta-voz da Isaf informou que as tropas da Otan estavam prontas para ajudar as forças de segurança afegãs, mas que nenhum pedido foi feito.
A Turquia tem cerca de 1.800 soldados servindo a Isaf. Mas, diferentemente de seus aliados europeus, sua missão é limitada a patrulhas e suas tropas não realizam operações de combate.
A Isaf se prepara para retirar todas as suas tropas de combate estrangerias do Afeganistão no fim de 2014, repassando esta responsabilidades às tropas afegãs e à polícia, apesar dos temores pela instabilidade no país.
Ataques realizados pelos talibãs e por outros grupos insurgentes dispararam no primeiro trimestre de 2013, de acordo com um estudo realizado por um grupo independente divulgado no sábado.
O Afghanistan NGO Safety Office informou sobre 2.331 ataques de insurgentes entre janeiro e março, um aumento de 47% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

Fonte: G1

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts