GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

segunda-feira, abril 22, 2013

US$ 3 bilhões: EUA fecham acordo para garantir superioridade aérea de Israel

By on 22.4.13
O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Chuck Hagel, anunciou nesta segunda-feira em Tel Aviv um acordo de venda de equipamentos militares, aviões, radares e mísseis a Israel com o objetivo de garantir a "superioridade aérea" do país nos próximos anos. A declaração foi feita em entrevista coletiva concedida após Hagel se encontrar hoje com o secretário de Defesa de Israel, Moshe Yaalon.
Hagel disse que o acordo de venda inclui um número indeterminado de equipamentos militares, entre eles mísseis antirradiação, sistemas avançados de radar, helicópteros para o transporte de tropas, aviões tanque e modelos V22 Osprey (um híbrido entre avião e helicóptero), que Israel será o primeiro país a receber.

O secretário de Defesa americano se encontra de visita em Israel em uma viagem que o levará a cinco países do Oriente Médio. O objetivo é completar a venda de equipamentos militares avaliados em US$ 10 bilhões.
"Acertamos que os Estados Unidos fornecerão mísseis para que Israel continue tendo grande importância para futuras gerações e possa fazer frente às ameaças", disse Hegel. "A cooperação militar entre Israel e os EUA é mais forte que nunca", acrescentou.
Segundo a imprensa local, o acordo com Israel está avaliado em US$ 3 bilhões e não se sabe se faz parte da ajuda militar anual que Israel recebe de Washington.
Em seu segundo dia em Israel o secretário de Defesa deve se encontrar mais tarde com o presidente Shimon Peres. Entre as questões na agenda de trabalho com os dirigentes israelenses figuram a situação na Síria, assim como o programa nuclear iraniano, que Israel considera uma de seus principais ameaças existenciais.
Hagel visita o Oriente Médio pela primeira vez como responsável do Pentágono e ontem foi convidado de honra de um jantar realizado em um hotel de Jerusalém. O secretário de Defesa irá também para a Jordânia, Arábia Saudita, Egito e Emirados Árabes Unidos. Amanhã, Hagel deverá se reunir com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

Fonte: Terra


0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts