GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

segunda-feira, julho 22, 2013

Irã nega ter deixado de pagar empréstimos ao Banco Mundial

By on 22.7.13
O Irã afirmou neste domingo (21)  que não deixou de pagar seus empréstimos junto ao Banco Mundial nos últimos seis meses, conforme acusações feitas pelo organismo multilateral na última quinta-feira.
Uma autoridade do país culpou ainda as sanções estabelecidas pelos países ocidentais por impedirem que um intermediário conseguisse repassar os recursos ao Banco Mundial, de acordo com a agência de notícias estatal iraniana IRNA.

Na última quinta-feira, o Banco Mundial anunciou que estava colocando os empréstimos do Irã em status de não pagos, após o país não ter feito nenhum pagamento de sua dívida em mais de seis meses. De acordo com dados de 30 de junho, a dívida iraniana junto ao banco era de US$ 697 milhões, dos quais US$ 79 milhões estavam em aberto.

Na prática, a medida torna o Irã inelegível para novos empréstimos junto ao Banco Mundial e também dificulta a obtenção de recursos com outros credores.

O vice-ministro da Economia iraniano, Behrouz Alishiri, negou as acusações do banco e afirmou que o Irã pagou todas as suas prestações em dia, de acordo com declarações à IRNA.

Alishiri afirmou que o Irã depositou as prestações de sua dívida com o Bird por meio de um banco intermediário nas datas combinadas, mas informou que essa instituição não transferiu o montante ao organismo multilateral. Ele não quis citar o nome do intermediário.

A autoridade iraniana disse ainda que, em abril, um ministro do país encontrou o vice-presidente do Banco Mundial para tentar resolver a situação, criada pela imposição de sanções pelos Estados Unidos e a União Europeia, que penalizam bancos que estabelecem negócios com o Banco Central iraniano.

Segundo Alishiri, após esse encontro, o administrador do Banco Mundial disse que recebeu autorização dos EUA para que os pagamentos fossem feitos. No entanto, isso ainda não foi feito.

O Banco Mundial disse estar completamente de acordo com a comunidade internacional e com as sanções da ONU contra o Irã.

Fonte: JC

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts