GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

quinta-feira, setembro 19, 2013

O dia que o Raptor encontrou o Phanton sobre o Golfo Pérsico

By on 19.9.13
Em março informamos aqui que um elemento (duas aeronaves) F-4 Phantom II iranianas tentaram interceptar, sem sucesso, um avião drone americano MQ-1  Predator sobre águas internacionais no Golfo Pérsico, e que as aeronaves foram demovidas do seu intuito de interceptar (e como de costume abater) o MQ-1 pois este estava acompanhado por dois aviões militares americanos que fizeram uma advertência verbal ao caça 'lider' do elemento iraniano que voava, provavelmente, buscando uma interceptação visual do MQ-1 Predator. Eis que uma nova faceta do caso foi adicionado pelo excelente site The Avionist.
Citando o Chefe do Estado Maior, General Mark Welsh, em entrevista dia 17 de setembro ultimo este confirmou que realmente os F-4 foram interceptados por dois caças F-22 baseados em Al Dhafra nos Emirados Árabes Unidos, e acrescentou mais detalhes ao ocorrido informando que os F-4 foram surpreendidos pela aproximação dos Raptor. 


 A aproximação se deu por por trás e depois por baixo dos Phanton no sentido de verificar sua a sua carga de armas e que em momento algum estes (os F-4 - Foto ao lado) acusaram saber da existência dos F-22. Que o piloto da USAF depois de emparelhar a esquerda chamou-os pela fonia e disse: - "você realmente deveria ir para casa"... Depois de alguns minutos os F-4 desengajaram da perseguição e retornaram.
Segundo o porta-voz do Departamento de Defesa, George Little, o mais próximo que o F-4 iraniano esteve do avião MQ-1 americano foi cerca de 25 quilômetros de distância. Se os fatos ocorreram como  episódio foi exatamente como o General Mark Welsh, descreveu, a cena realmente remete ligeiramente a uma interceptação padrão ao estilo Maverick  x MiG-28 no início do filme Top Gun.




http://3.bp.blogspot.com/-3G5RMdT-w58/UJxlqMMCEVI/AAAAAAAAJW4/pWL_P_Gnt8Y/s400/MQ-1B_Predator_1-US-Air-Force.jpg
Interessante como o F-22 se aproximaram se mantendo incógnitos. Teriam sido vetorados e mantiveram seus radares desligados? Ou teriam realmente feito uso da sua capacidade Stealth? O fato é que desde então não se teve noticia de abate de drones por caças da iranianos no Golfo Pérsico. No final o MQ-1  Predator (foto) foi salvo.

By Vinna com informações do The Avionist 

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts