GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

segunda-feira, abril 07, 2014

EUA autorizam Boeing e GE a vender peças ao Irã

By on 7.4.14
As empresas americanas Boeing e General Electric (GE) receberam permissão do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos para vender peças de reposição ao Irã no marco do relaxamento das sanções ao país do Oriente Médio derivada do pré-acordo nuclear com o G5+1, informaram nesta sexta-feira (4) as duas companhias.
O G5+1 -- integrado por EUA, Reino Unido, França, Rússia e China, mais Alemanha -- aliviou parte de suas sanções em virtude do acordo preliminar com o Irã sobre a questão nuclear.
O porta-voz da Boeing, Tim Neale, explicou na sexta-feira que a permissão que recebeu do governo americano abre as portas para algumas "transações" para fornecer ao Irã peças de reposição para os aviões da empresa que operam no país asiático.
Concretamente, a Boeing poderá vender ao Irã peças para antigos modelos de aeronaves, como o 747 e o 727s, que datam da Revolução Islâmica de 1979. "Não sabemos ainda que partes específicas eles precisam substituir", comentou Neale.
Relaxamento de sanções
Por sua vez, um porta-voz da General Electric confirmou também na sexta-feira que a multinacional recebeu a mesma permissão, mas que também não estabeleceu ainda quais peças e serviços fornecerá ao Irã.

Esse assunto será tratado por membros da companhia americana com seus colegas iranianos na próxima semana em Istambul.
As permissões estão inseridas no contexto do relaxamento das sanções ao Irã por parte das seis potências que negociam com Teerã o fim da produção de urânio enriquecido por temor de que ele seja usado para o desenvolvimento de armas nucleares.
Por enquanto, trata-se de um acordo preliminar e ainda resta saber se as partes chegarão a um compromisso definitivo.
 
Do G1

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts