GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

quinta-feira, setembro 03, 2015

Porta helicópteros Mistral "Russos" poderão ser vedidos ao Egito e aos Emirados Árabes Unidos

By on 3.9.15
Segundo o Site "Defense News", um alto funcionário do governo dos Emirados Árabes Unidos confirmou o interesse do governo em adquirir um dos dois navios de assalto franceses da classe Mistral originalmente encomendados pela Rússia em 2011.

O contrato para os dois navios foi encerrado depois que a Rússia suspendeu pagamentos para os navios a seguir as sanções europeias impostas ao país por seu envolvimento na crise Ucraniana. Comenta-se que a França teria desembolsado mais de 1 bilhão de dólares a Rússia por compensações pela não entrega dos navios.

"Nosso interesse em adquirir o navio é real pois, ele cumpre os requisitos de ampliação de capacidade para das nossas forças", disse a fonte do governo. "Os navios Mistral estão sob a mira do nossos recursos pois são compatíveis com os equipamentos que dispomos."

Um relatório publicado quarta-feira pelo jornal de língua russa Moskovsky Komsomolets citou fontes militares russas afirmando que a Rússia teria dado a França luz verde para vender os dois porta helicópteros para o Egito e os Emirados Árabes Unidos.

O "Russia Today" em sua versão de língua árabe citou o porta-voz da Presidência Dmitry Peskov ao dizer que a França, estava livre para negociar os navios depois de ter saldado sua dívida, podendo assim efetivar a revenda dos navios de guerra para um terceiro interessado.

Segundo ainda o jornal Moskovsky Komsomolets citando uma fonte do governo russo, esta é a razão do Egito ter acertado a compra um lote de helicópteros Ka-52 fabricados pela Rússia, durante a
Moscou (MAKS) 2015. Especula-se que os Emirados Árabes Unidos também tenham feito uma oferta similar. "Se este negócio se concretizar, será muito rentável para a Rússia, uma vez que teremos viabilizado a venda de um um grande lote de helicópteros que beneficiará a nossa indústria de defesa russa.", teria dito a fonte ao jornal.
Do Defense News

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts