GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

sábado, abril 08, 2017

Aero L-159 ALCA para a Argentina?

By on 8.4.17

Segundo o bom site AIRWAY a Fuerza Aérea Argentina, estaria interessada em um lote de aeronaves Aero Vodochody (Aero) L-159. Segundo o presidente da Aero, Giuseppe Giordo, os argentinos precisam aposentar 22 caças A-4 e outros 32 bimotores IA-58 Pucará, além de 22 jatos de treinamento IA-63 Pampa, o mais avançado avião já produzido no país pela antiga FMA - Fábrica Militar de Aviones, hoje Fabrica Argentina de Aviones S/A. Diante do interesse pela aeronave a empresa cogita inclusive montar os L-159 em solo "hermano" (argentino), dependendo da quantidade de aeronaves envolvidas no negócio (esta ai uma boa opção para a Fuerza Aerea Uruguaya - FAU). Cediço que há condições técnicas para a Argentina de sediar a linha de montagem. 

A Aero Vodochody começou a desenvolver o L-159 ALCA em 1992, mirando uma necessidade evidenciada pela Força Aérea Checa, de um aparelho de combate leve multifunção, capaz de operar também como treinador avançado. O L-159 realizou seu primeiro vôo de teste em 1997; o primeiro L-159 checo ficou pronto para voar no ano de 2000. Impulsionado por um único motor Honeywell ITEC F124-GA-100 turbofan (28 kN impulso), o L-159 está disponível nas versões monoposto e biposto. De acordo com o Ministério da Defesa checo, o jato pode transportar até 2.340 kg de armas e acessórios de pontaria em cinco hardpoints.

Para ilustrar especula-se que o valor unitário de um L-159 está na faixa de preço entre 15 e 18 milhões de dólares – a mesma, praticamente, do L-15 chinês. Posicionado como um avião de baixo custo, o jato checo poderá tirar proveito do interesse das forças aéreas que usam aviões de caça leve como armas de apoio ao combate aéreo e às missões de ataque ao solo. Seu teto de vôo é de 13.200 metros, a velocidade máxima de cruzeiro de 936 km/h, e o alcance máximo sem tanques de combustível extras de 1570 km. Com os tanques suplementares esse raio de ação aumenta para 2.530 km. A aeronave está equipada com subsistemas eletrônicos disponíveis no mercado internacional. Isso inclui o radar Doppler Leonardo-Finmeccanica Grifo-L e o receptor de alerta radar Sky Guardian 2000.
Atualmente a fabricante tcheca possui planos para atualizar a aeronave com um novo pacote de aviônicos e um motor novo de eficiência superior, além de ampliar os tanques nas asas para aumentar sua autonomia. Já há um protótipo testando o turbofan FJ44-4M da Williams Internacional, motor utilizado por uma variedade de jatinhos e até mesmo drones avançados. 

By Vinna com informações do Airway


0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts