GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

sexta-feira, novembro 09, 2012

Pentágono confirma abate de drone Predador por caças Su-25 iranianos

By on 9.11.12

Após o final das eleições que reelegeram Barack Obama, o Pentágono finalmente publicizou a derrubada de um drone (espécie de avião teleguiado, de nome oficial MQ-1 Predator) por forças iranianas no dia 1º de novembro.

Segundo a versão do departamento Militar dos Estados Unidos, o drone voava em espaço aéreo internacional junto ao Golfo Pérsico quando foi atacado por dois caças Su-25 (acima). O avião não tripulado estaria em missão de rotina e desarmado quando foi interceptado a 30km da costa iraniana, relatou o porta-voz do Pentágono, George Little.


“Os Estados Unidos informaram os iranianos que vão continuar a realizar voos de vigilância de rotina sobre as águas internacionais do Golfo, de acordo com uma prática estabelecida desde há longa data e por nós iniciada para segurança da região”, acrescentou o porta-voz.

O Golfo Pérsico, fechado pelo Estreito de Ormuz – por onde passa uma substancial parte da frota de petroleiros que abastece o mundo – é uma zona estratégica para os EUA, que reforçaram a presença militar na região devido às tensões com o Irã. Teerã já ameaçou encerrar o Estreito de Ormuz.

MQ-1 Predator
 
Acredita-se que os Estados Unidos façam vigilância regular das fronteiras iranianas e mesmo do interior de seu território. Em dezembro de 2011 um drone teria colidido no território do Irã a 100 quilômetros da fronteira com o afeganistão.



Imagem divulgada pelo Exército de Israel mostra momento em que um avião F-16 abate um drone não tripulado em outubro de 2012


Embora os oficiais estadunidenses insistam que isto aconteceu depois que a base perdeu o controle sobre a aeronave, líderes iranianos afirmam que foram os responsáveis por derrubar o drone. Little afirma que o equipamento estadunidense na região encontra-se adequadamente protegido.

Fonte: Sul 21


2 comentários:

heloc2000 disse...

Bom dia Vinna, creio que ouve uma pequena falha na grafia do tópico, pois foi escrito Su-35 e na matéria você deixou bem claro que se trata deum SU-25. Se tivesse os temíveis SU-35 no Irã as coisas estaiam bem desequilibradas na região, correndo muito mais risco contra o ocidente.
Grande abraço, continuo te acompanhando sempre, evalorizo muito seu espaço, mesmo sempostar muito.
Att. Hélio Corrêa

Vinna disse...

Valeu Hélio! Ja fiz a correção... Obrigado pela "audiência"!

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts