Os Indianos vão acabar voltando atrás e comprando o Gripen NG

A redução do preço do petróleo está a fragilizar a economia de vários países. Em geral, os investimentos na indústria do petróleo caíram para seu nível mais baixo desde 2000. E as notícias não são animadoras. De acordo com o último relatório da Agência Internacional de Energia (AIE) vamos continuar a assistir a um excesso de oferta que deverá prolongar-se durante o próximo ano, apesar do crescimento do consumo. 
Segundo a AIE, as reservas de crude – que já estão em níveis recorde – vão continuar a crescer, mesmo com o consumo a aumentar para máximos de cinco anos, em 2015, e com os fornecimentos fora da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) a cair, no próximo ano, pela primeira vez desde 2008.
Segundo as estimativas da AIE, o excesso de oferta a nível mundial atingirá 1,4 milhões de barris por dia no segundo semestre deste ano, antes de abrandar para cerca de 850 mil barris diários em 2016. O excedente de produção no segundo trimestre foi de 3 milhões de barris por dia, o nível mais alto em 17 anos, de acordo com os dados da agência. 
Mercados atingidos A Noruega é um dos principais afetados. Este país que “escapou” praticamente ileso da crise financeira global está agora a “tremer” com a crise do crude. De acordo com vários analistas da Bloomberg, se o barril de Brent continuar por muito mais tempo abaixo dos 50 dólares, o país escandinavo “vai enfrentar um desastre econômico”.
O sinal de alarme já tinha sido dado, no passado mês de Julho, quando a petrolífera norueguesa Statoil revelou que tinha entrado no “vermelho”, com perdas de 2800 milhões de euros no primeiro semestre do ano. Um cenário que obrigou a empresa a levar a cabo vários cortes nas despesas e nos investimentos.

O que é certo é que a economia norueguesa também já começou a sentir estes efeitos. A taxa de desemprego neste país subiu para 4,3% em Maio, um número nunca visto nos últimos 11 anos. 

 Mas a Noruega não é um caso isolado. Também o Canadá está a ser atingido por este colapso dos preços do crude. Alberta, província petrolífera – também conhecida por “Texas do Canadá” e produz mais de 70% do petróleo e do gás natural do Canadá, sendo boa parte destes recursos naturais exportados para os Estados Unidos – já suspendeu alguns projectos neste sector e está a sofrer com o aumento da taxa de desemprego. A Shell e da Cenovus Energy Inc. são algumas das petrolíferas a suspender projectos. Esta última anunciou, no final de Julho, que previa eliminar entre 300 a 400 postos de trabalho no segundo semestre de 2015. Já de acordo com as últimas estatísticas do país, só esta província perdeu 14 mil postos de trabalho em Fevereiro e a taxa de desemprego atinge atualmente os 5,7%. 

Quem também não fica alheio a esta crise da cotação internacional do barril de crude é Angola. As receitas fiscais angolanas da exportação de petróleo caíram 40% em Julho face ao mesmo mês de 2014 para cerca de mil milhões de euros, segundo os últimos dados do Ministério das Finanças. O preço médio de cada barril exportado por Angola entre Janeiro e Junho fixou-se em 54,92 dólares, quando há um ano era de 106,98 dólares. O petróleo garantiu em 2014 cerca de 70% das receitas fiscais angolanas, mas este ano não deverá ultrapassar os 36,5%.

O que é certo é que os principais países produtores, Arábia Saudita, EUA, Rússia e Iraque, não dão sinais de quererem abrandar a produção e os preços, que caíram 60% desde de 2014, deverão manter-se baixos nos próximos meses.

A Rússia pode vender novos caças MiG-35 ao Vietnã, não obstante outros países do Sudeste Asiático terem bastante interesse por estes aviões. O caça MiG-35 pode substituir os caças de terceira geração MiG-21 que já têm bastante tempo de serviço, declarou o chefe da empresa MiG, Sergei Korotkov, à agência noticiosa russa RIA Novosti.

O novo caça multiuso tem sistemas de localização e de informação de quinta geração. 
Segundo Korotkov, o Sudeste Asiático é uma "região interessante" para o fabricante de aeronaves tendo em conta vendas futuras: "De acordo com nossas avaliações, existem perspectivas definidas para o MiG-35 no Vietnã, onde a expetativa de vida dos caças MiG-21 está chegando ao fim".
Korotkov notou também que o interesse pelos caças MiG-35 está aumentando por parte da Índia, em parte por causa das limitações de fornecimento dos caças franceses Rafale. Os novos caças russos poderiam substituir a antiga frota aérea indiana e a questão já está sendo discutida nos círculos profissionais indianos, disse o chefe da empresa russa. 
"Ao contrário dos MiG-29 'clássicos', do qual o MiG-35 herdou os conceitos aerodinâmicos, a nova máquina é multifuncional. Pode utilizar armamento de alta precisão contra alvos no ar, terra ou mar. Pode mesmo efetuar várias funções que anteriormente só eram confiadas a aviões de reconhecimento."
Atualmente o fabricante de aeronaves MiG está modernizando os aviões indianos MiG-29, em colaboração com empresas indianas, no âmbito do contrato assinado em 2010, no valor de $1,2 bilhões. A empresa também fornece caças MiG-29K à Índia.

O governo potiguar ganhou um aliado para tentar conter a crise que afeta o sistema penitenciário do estado. Na noite desta terça-feira (25), um dos helicópteros da Secretaria de Segurança Pública do Ceará chegou ao Rio Grande do Norte. A primeira missão foi dar cobertura ao espaço aéreo durante a troca de presos que aconteceu entre a Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o Pereirão, que fica em Caicó, na região Seridó, e o Presídio Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta, na Grande Natal.

O remanejamento envolveu 193 detentos que fazem parte de facções rivais. Seis presos foram mortos nos últimos dias após confrontos entre membros dos dois grupos. Ainda há os casos de dois presos que foram encontrados enforcados com lençóis, nos quais a polícia não descarta a possiblidade de ambos terem sido assassinados em razão dos conflitos.
Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública do RN, o helicóptero cearense é uma aeronave de maior porte, um EC 145 com dois motores e que é homologado para voos e traslados noturnos. “Ele deve ficar aqui até a próxima semana, que é quando o nosso helicóptero, o Potiguar 1, retorna da manutenção. O serviço está sendo feito em Fortaleza”, explicou o tenente Christiano Couceiro.

O sistema penitenciário potiguar encontra-se em estado de calamidade desde o mês de março. Durante oito dias, detetos se rebelaram e 14 unidades prisionais foram depredadas. Ainda em meio aos motins, ônibus foram incediados nas ruas de Natal. A Secretaria de Segurança Pública acredita que as ordens para os ataques partiram de dentro dos presídios. Juntamente com o decreto, a Força Nacional foi chamada e a situação acabou controlada. Já o atual momento de crise, no entanto, começou no dia 16, quando quatro detentos foram mortos na Cadeia Pública de Caraúbas, na região Oeste do estado. Dois dias depois, um preso foi morto no Presídio Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta, na Grande Natal. Na manhã desta segunda-feira (24), no próprio Pereirão, em Caicó, um interno também foi assassinado.
Na Cadeia Pública de Caraúbas foram mortos Antônio Edigleidson de Souza, o Ceará, de 27 anos; Genilson Bezerra de Oliveira, mais conhecido como Assuzinho ou Quinho, de 36 anos; Gledstone Clementino Araújo, chamado de Jacaré, de 36 anos; e João Paulo Silva Dias, o JP, de 38 anos. No Presídio Rogério Coutinho Madruga o preso assassinado foi Emerson Santos da Luz, de 28 anos, mais conhecido como 'Índio'.
Já no Pereirão, foi morto o detento Fábio Júnior da Silva Patrício, 21 anos, natural da cidade de Serra Caiada. À noite, quatro dos cinco pavilhões da unidade foram parcialmente destruídos durante uma rebelião. Na tentativa de vingar a morte do interno, presos quebraram cadeados, arrancaram grades das celas, arrombaram paredes e incendiaram colchões e lençóis. Os pavilhões destruídos estavam sendo reformados e o trabalho já havia entrado na fase de conclusão.

Além destes seis presos mortos em confrontos, a polícia inda investiga a possibilidade de outros dois detentos terem sido assassinados em razão dos conflitos. Ainda na segunda-feira, na madrugada, um preso identificado como Cassiano Henrique Galvão, de 21 anos, foi encontrado enforcado dentro do Presídio Provisório Raimundo Nonato, na Zona Norte de Natal. Na terça (25), o presidiário Denison Barbosa de Oliveira, de 27 anos, foi encontrado morto em uma das nove celas do primeiro andar do Centro de Detenção Provisória do Potengi, também na Zona Norte da capital potiguar. E ele foi encontrado enforcado com um lençol.

Retaliações
Em entrevista ao RN TV 1ª Edição desta terça-feira (25), o secretário Edilson França afirmou que o governo já esperava por retaliações dentro dos presídios após a morte dos quatro detentos na Cadeia Pública de Caraúbas (veja vídeo ao lado). "Nós temos grupos antagônicos evidentemente lutando entre si e desde as primeiras mortes em Caraúbas nós sabíamos que haveria retaliações dentro dos presídios", afirmou.
Facções
Durante 10 meses do ano passado, o Ministério Público do Rio Grande do Norte realizou uma investigação que revelou a existência de duas organizações criminosas responsáveis por ‘ditarem as diretrizes e princípios’ no sistema penitenciário do estado. Estas diretrizes e princípios, segundo o MP, são seguidas pelos integrantes das organizações que articulam crimes dentro e fora dos presídios.

O órgão ministerial aponta ainda que um dos grupos tem forte relação com outros estados da federação. As denúncias feitas apontam a existência de organizações criminosas dentro do sistema penitenciário estadual desde 2003. Na ocasião, "diversas fontes" relataram ao MP a existência de uma facção dando as ordens na Penitenciária João Chaves, na Zona Norte de Natal. Desativada em 2006, a unidade ficou conhecida como ‘Caldeirão do Diabo’.

Alcatraz
No dia 2 de dezembro foi realizada uma operação denominada 'Alcatraz' - uma alusão ao nome da penitenciária americana instalada na ilha de Alcatraz, que no início do século XX recebia os chamados chefões do crime organizado. Em vários presídios do RN, e fora deles também, foram cumpridos 223 mandados de prisão e 97 mandados de busca e apreensão. A operação envolveu o Ministério Público, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal.

Dos 223 mandados de prisão, 154 foram para investigados já presos, integrantes das duas organizações criminosas. Além do Rio Grande do Norte, as ordens judiciais foram cumpridas também em São Paulo, Paraná e Paraíba. No RN, os mandados foram cumpridos em Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Currais Novos, Caicó, Assu, Parelhas, Lajes, Jucurutu, Jardim do Seridó, Jardim de Piranhas, São Vicente, Acari, Cruzeta e Santa Cruz.

Do G1

 A fabricante de aeronaves Embraer disse que o programa do seu jato de transporte militar KC-390 não está tendo prazos dramaticamente afetados pelo esforço fiscal do governo federal, mas está tendo seu ritmo adaptado, com atraso de cerca de 6 meses a 1 ano no desenvolvimento.
"O programa do KC-390 está seguindo essa lógica de reprogramação de atividades, com adequação de prazos, que não são dramaticamente afetados. Estamos adaptando o ritmo do programa", disse o vice-presidente financeiro da empresa, José Filippo. A Embraer disse em sua divulgação de resultados que agora espera as primeiras entregas do cargueiro no primeiro semestre de 2018. A data originalmente prevista era o fim de 2016.

DO DCI

Os jihadistas do Estado Islâmico podem ter realizado um ataque com armas químicas em uma cidade no Norte da Síria na sexta-feira, informou a organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) nesta terça-feira. Segundo funcionários da ONG, uma família foi tratada com dificuldades de respirar e bolhas na pele depois que um morteiro atingiu sua casa em Marea. A Sociedade Síria-Americana de Medicina também relatou que recebeu 50 pacientes com sintomas de exposição a substâncias químicas.
Segundo os rebeldes locais, as bombas foram disparadas a partir de uma aldeia capturada pelos extremistas. Um porta-voz do grupo insurgente Frente Shami disse ao jornal americano "New York Times" que metade dos 50 morteiros e disparos de artilharia que atingiram Marea continham mostarda de enxofre, também conhecido como gás mostarda. Essa substância provoca graves danos à pele, olhos, ao sistema respiratório e a órgãos internos.
Os médicos do MSF relataram que quatro pacientes - pai, mãe e as filhas de 3 e 5 cinco dias - chegaram a um de seus hospitais horas após o ataque de sexta-feira à noite na província de Aleppo, com dificuldades para respirar, pele inflamada, olhos vermelhos e conjuntivite. Em três horas, eles desenvolveram bolhas e as apresentaram mais complicações respiratórias.
A equipe tratou os sintomas e deram aos pacientes oxigênio antes de transferi-los a outra unidade para tratamento especializado.
- MSF não tem exames de laboratório para confirmar a causa destes sintomas - disse Pablo Marco, gerente de programa da organização na Síria. - No entanto, os sintomas clínicos, a forma como eles mudaram ao longo do tempo, e os relatos dos pacientes sobre as circunstâncias do envenenamento, tudo aponta para uma exposição a substâncias químicas
Na segunda-feira, o Sírio Sociedade Americana de Medicina disse que seu hospital em Marea havia recebido mais de 50 civis com sintomas semelhantes. Cerca de 30 deles desenvolveram bolhas na pele, e os médicos identificaram o agente como mostarda de enxofre.

Do Yahoo

Apoiadores de Khadafi fazem protesto no leste da Líbia

Postado por Vinna quarta-feira, agosto 26, 2015 0 comentários

Apoiadores do falecido ditador líbio Muammar Khadafi realizaram uma manifestação na cidade de Benghazi, no leste do país, nesta terça-feira (4), gritando “Muammar, Muammar”, mas se dispersaram depois que adversários fizeram disparos com armas de fogo e atiraram pedras contra eles.
Aparentemente não houve feridos entre as dezenas de simpatizantes de Khadafi, que foi deposto em 2011 e morto, abrindo caminho para o caos que assola a Líbia na atualidade enquanto dois governos rivias lutam pelo poder e militantes islâmicos se tornam mais influentes.
Os partidários de Khadafi ergueram fotos do governante que reinou por 42 anos e exigiram a libertação de seu filho mais proeminente, Saif al-Islam, que um tribunal da capital Trípoli condenou à morte em sua ausência na semana passada por crimes cometidos durante a revolução que depôs seu pai.
Desde 2011 ele está em mãos de um ex-grupo rebelde em Zintan, região fora do controle de Trípoli. Entidades de direitos humanos dizem que o veredicto está repleto de equívocos.
“Somente Deus, Muammar e a Líbia!”, entoava a multidão, acenando com as bandeiras verdes do antigo regime.
Eles debandaram depois que outros moradores, alguns deles portando a bandeira da Líbia, abriram fogo.
Moradores disseram que este foi o primeiro protesto de seguidores de Khadafi na segunda maior cidade líbia, e berço da revolução, desde 2011.

Do G1

Os dois soldados da Otan mortos nesta quarta-feira por homens com uniforme do exército afegão são americanos, informou o Pentágono sem fornecer maiores detalhes.
Dois homens com uniformes do exército afegão mataram os dois militares da Otan na região sudoeste do país, informou anteriormente a Aliança Atlântica.
Os dois homens abriram fogo contra um veículo de soldados da Otan em uma base do exército afegão na província de Helmand, um reduto dos talibãs.
Dois soldados da Aliança Atlântica morreram no ataque. Os dois criminosos também morreram na resposta dos militares, segundo a Otan.
Este tipo de ataque, com soldados afegãos ou insurgentes vestidos como militares afegão abrindo fogo contra integrantes da coalizão internacional, se tornou uma das principais ameaças nos últimos anos contra as forças da Otan, que têm a missão de apoiar o governo de Cabul no combate à insurreição talibã.
O ataque desta quarta-feira, o primeiro incidente deste tipo desde abril, demonstra a desconfiança entre as tropas afegãs e os militares estrangeiros.
A coalizão não informou se os atiradores eram soldados afegãos ou integrantes de um comando suicida de insurgentes infiltrados no exército do Afeganistão para matar soldados estrangeiros.
Desde o fim de sua missão de combate em dezembro do ano passado, a Otan dispõe de 13.000 soldados no Afeganistão, responsáveis pelo treinamento das tropas afegãs na luta contra os talibãs, que intensificaram os ataques nos últimos meses.

Do EM

A Rússia responderá de forma adequada ao aumento das forças da OTAN nos países do Leste Europeu e na região do Báltico, declarou nesta terça-feira o vice-ministro de Defesa russo Anatoly Antonov, entrevistado pela Sputnik durante o fórum militar internacional Army-2015, em Moscou.

O comentário se deu em resposta à recente declaração da secretário da Força Aérea dos EUA sobre os planos de aumentar a presença militar norte-americana no Leste Europeu, inclusive por conta do envio de caças de quinta geração F-22.

"Iremos reagir adequadamente. Primeiramente, veremos quais ações serão tomadas, para então reagir de acordo com o tipo de ameaça que se apresentará à segurança nacional da Rússia" – declarou o vice-ministro russo.

Segundo a porta-voz da Força Aérea dos EUA, os planos de reforçar a presença militar norte-americana na Europa se dão em resposta a uma suposta “ameaça” representada pela Rússia.

Os EUA aumentaram recentemente o número de patrulhas aéreas na região do Báltico, e enviaram ao Reino Unido bombardeiros B-2 e B-52.
Além disso, no início desta semana, o Pentágono anunciou a possibilidade de implantar armas pesadas em países do Leste Europeu. Moscou condenou a declaração, dizendo que ela poderia minar o Ato Fundador entre Rússia e OTAN de 1997. Os diplomatas russos também têm sérias preocupações quanto aos planos dos EUA de implantar na Romênia e Polônia instalações de mísseis de lançamento vertical, capazes de lançar mísseis RIM-161 (SM-3) e mísseis de cruzeiro de médio alcance Tomahawk.


Do: Sputniknews

Os EUA planejam deslocar no futuro próximo à Europa caças furtivos F-22 no quadro da “Iniciativa de Garantia da Segurança Europeia”, disse num briefing a secretária da Força Aérea estadunidense, Deborah Lee James.

Ao mesmo tempo, ela não especificou onde exatamente e quando serão instalados os aviões, sublinhando que isto acontecerá “muito em breve”.

Segundo as palavras da secretária, no quadro do mencionado programa os pilotos americanos realizarão treinamentos junto com os parceiros e aliados na OTAN para “apoiá-los e demonstrar o nosso empenhamento na segurança e estabilidade na Europa”.

Os F-22 neste momento são os únicos caças de quinta geração no mundo que estão sendo usados no exército. Neste momento estas aeronaves realizam missões no Oriente Médio contra militantes do Estado Islâmico.

Segundo o Pentágono, os planos de reforçar a presença militar norte-americana na Europa visam responder a uma suposta “ameaça” representada pela Rússia.

“A atividade militar russa na Ucrânia continua sendo uma das maiores preocupações para nós e para os nossos aliados europeus”, disse a secretária da Força Aérea estadunidense no briefing.

A Força Aérea dos EUA aumentou recentemente o número de patrulhas aéreas na região do Báltico quando o Reino Unido recebeu bombardeiros B-2 e B-52 norte-americanos.

Jan Miklas, cientista político e ativista tcheco comentou à Sputnik a decisão americana de instalar os F-22 na Europa:

“Claro, tal ‘vizinhança’ não irá acrescentar tranquilidade para os tchecos. Porque esta decisão mostra essencialmente um novo passo no caminho de agudizarão da situação na Europa e uma tentativa de preparar uma confrontação aberta com a Rússia”.

Ele também confessou que, segundo as suas estimativas, a presença militar americana está aumentando e criticou o pretexto usado pelos EUA para justificar estas ações:

“Tudo o que aconteceu na Ucrânia é culpa direta dos EUA. Não é segredo para ninguém que os americanos alocaram 5 bilhões de dólares para armar esta bagunça no Maidan. Agora eles usam a situação ucraniana para pressionar a Rússia numa luta geopolítica desencadeada por eles mesmos”

Richard Labevière, editor-chefe do site do Ministério da Defesa francês e editor-chefe da revista Défense do Instituto das Pesquisas da Defesa Nacional, por sua vez chama a decisão de deslocar os F-22 para a Europa de “provocação por parte da OTAN, que evidencia o aumento da presença da OTAN na Europa e em outras regiões do mundo” e enumera duas razões das ações norte-americanas:

“Os EUA procuram uma ‘montra’, uma oportunidade de mostrar o avião em ação para contribuir para as suas exportações. O F-22 Raptor já participou várias vezes das operações no Iraque e na Síria mas, para estimular o interesse dos clientes europeus, os americanos decidiram colocar os aviões na Europa. Por exemplo, já se sabe que a Polônia está interessada neles”.

“O segundo aspeto é geopolítico. Os EUA deslocam novos aviões para a Europa em resposta a numerosos pedidos dos países Bálticos, especialmente por parte da Lituânia, que desde há muito tempo é conhecida por sobrestimar a chamada ameaça russa. Estão sendo deslocados também por causa da mudança da situação do leste da Ucrânia depois da recente agressão do exército ucraniano contra as forças do Donbass”.

Do Sputniknews

Washington está considerando enviar caças furtivos F-22 Raptor para a Europa devido a uma suposta ameaça russa, conforme declarou a secretária da Força Aérea dos EUA, Deborah Lee James.

Segundo ela, a Força Aérea norte-americana tem planos de continuar aumentando o número de efetivos das forças de rotação na Europa tendo em conta as relações tensas com a Rússia.

A declaração foi feita em Paris, no âmbito do salão aeronáutico internacional de Le Bourget.

"Este é o início e haverá mais. Poderão ser enviadas mais forças de rotação. Acho que a ameaça principal é o que acontece com a Rússia. As suas atividades são a razão principal para a minha visita à Europa."

Ela sublinhou que não vê nenhuma razão pela qual os caças de quinta geração F-22 não possam ficar estacionados na Europa, mas não especificou outros detalhes da questão.

A declaração de Deborah Lee James foi feita logo após a empresa Lockheed Martin ter recebido quase US$ 70 bilhões do Exército norte-americano para aumentar as horas de serviço dos caças F-22 Raptor.

A Força Aérea dos EUA aumentou recentemente o número de patrulhas aéreas na região do Báltico quando o Reino Unido recebeu bombardeiros B-2 e B-52 norte-americanos.

A declaração também vem após o Pentágono se ter mostrado interessado na possibilidade de colocar armas pesadas em países do Leste europeu. O Pentágono considera tal cenário em resposta à chamada “agressão russa”. Mas Moscou condenou a declaração, dizendo que ela poderia minar o Ato Fundador entre Rússia e OTAN de 1997.

Do: Sputniknews

O ex-ministro da Defesa israelense Ehud Barak revelou que Israel queria realizar três ataques contra instalações nucleares iranianas. Os comandantes do exército israelense simplesmente não deram luz verde aos ataques devido aos muitos problemas de segurança.

Ehud Barak, que está trabalhando em suas memórias, revelou este segredo de Estado em entrevista a dois jornalistas, informou Contra Magazine.
Barak confessou que ele e o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu tinham planos de atacar o Irã mas encontraram oposição dos militares e alguns políticos. O comandante-chefe Gabi Ashkenazi avisou que o país não tinha capacidades suficientes para realizar tal operação militar.
Em 2010 e 2011, Barak e Netanyahu planejavam realizar ataques contra os centros iranianos de pesquisas nucleares mas o plano foi adiado até 2012 por causa da desaprovação nos círculos políticos e militares de Israel. Em 2012 o plano também não foi realizado porque Israel conduzia exercícios militares em conjunto com os EUA e não queria embaraçar o seu aliado próximo.
Por que razão teria Ehud Barak revelado esta informação secreta não está claro até agora mas a sua confissão provocou preocupações na comunidade internacional sobre a ameaça nuclear de Israel.
A entrevista de Barak foi vazada e transmitida no Channel 2 israelense. O ex-ministro da Defesa confirmou que a gravação é autêntica.

Brasil e Suécia assinam financiamento para caças Gripen NG

Postado por Vinna terça-feira, agosto 25, 2015 0 comentários

Assinatura inicia a fase de execução do contrato comercial. Financiamento permitirá aquisição dos 36 caças suecos que atenderão às operações da FAB.
Brasil e Suécia assinaram, nesta terça-feira (25), o contrato de financiamento que permitirá a aquisição e o desenvolvimento dos caças suecos Gripen NG. A assinatura é resultado das negociações entre os dois países, que culminaram na redução das taxas de juros do contrato.
O ministro da Defesa, Jaques Wagner, afirmou que a assinatura do contrato inicia a fase de execução do contrato comercial, com a aquisição e desenvolvimento dos caças. "Concretizando, assim, uma aliança estratégica entre Brasil e Suécia”, destacou.
 Negociações
As taxas de juros negociadas pelo Ministério da Defesa, e que integram o contrato financeiro, são de 2,19%, permitindo ao governo brasileiro uma economia de até R$ 600 milhões. Com os percentuais definidos, e a aprovação do acordo pelo Senado Federal, o Ministério da Fazenda autorizou a operação de crédito externo no valor de até US$ 245,3 milhões  e KR$ 39,882 bilhões (coroas suecas).
Com o avanço do contrato, a Força Aérea Brasileira (FAB) será equipada com aeronaves de defesa e superioridade aérea compatíveis com a importância geopolítica do Brasil, abrindo também as portas do mercado da América do Sul à empresa SAAB e às empresas brasileiras subcontratadas.
Gripen NG
Anunciado em dezembro de 2013, o contrato comercial com a empresa sueca SAAB inclui a compra de aeronaves de combate, suporte logístico e compra de armamentos necessários à operação dos caças.
A participação do Brasil no desenvolvimento do projeto dará à indústria aeronáutica brasileira acesso a todos os níveis de tecnologia, incluindo os códigos-fonte do Gripen. O programa de transferência de tecnologia incluirá itens como a integração de hardware, software e sistemas da aeronave, além do intercâmbio de conhecimento com mais de mais de 350 brasileiros indo à Suécia para treinamento.
Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Defesa.

Rússia nega entrega caças MiG-31 ao regime sírio

Postado por Vinna domingo, agosto 23, 2015 0 comentários

Sergei Korotkov, CEO da Russian Aircraft Corporation (RSK) - MiG, negou rumores de que sua empresa tinha entregue 6 MiG-31 aviões de combate para a Síria. Enquanto isso assessor de imprensa da empresa também negou rumores semelhantes de que tenham assinado um contrato com o Egito para a venda de vários outros aviões de combate.

Últimos relatos da mídia semana alegam que fabricante de aviões militares russos RSK MiG tinham entregado 6 MiG-31 caças supersônicos para o regime sírio realização como parcial de um protocolo assinado em 2007, onde o regime sírio comprado um total de 8 desses jatos.Em declarações à imprensa, em Moscou, CEO RSK MiG Sergei Korotkov negou que eles haviam entregado 6 MiG-31 aviões de combate como parte de um acordo assinado antes da crise síria eclodir. "Nós não entregamos nem temos quaisquer planos para usá-los lá nós mesmos", disse ele.Rússia está pressionando por uma ampla coalizão internacional na luta contra o Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIL) com a Síria, o Iraque, o Governo Regional do Curdistão, bem como outras nações na região.Korotkov acrescentou que o portfólio da empresa continha cerca de US $ 4 bilhões em ordens. "Este ano vamos estar entregar 32 jatos para o Ministério da Defesa russo, bem como clientes internacionais como a Índia, onde estaremos entregando 8 aviões", acrescentou.Enquanto isso assessor de imprensa RSK MiG Anastasia Kravchenko negou que a empresa tenha assinado um contrato com o Egito para a venda de caças MiG-29. Rejeitando tais alegações que surgiram na imprensa, ela disse que tais alegações eram "exageradas" e "inteiramente baseado em especulação."

Do BGN NEWS - By Vinna


O mundo pode respirar aliviado. Um asteroide gigante não irá se chocar com a Terra e destruir grande parte das Américas, explicou a Nasa após a divulgação de uma série de boatos pela internet.
Blogs e sites de notícia informaram que um grande asteroide atingiria a Terra entre o meio e o fim de setembro perto de Porto Rico, provocando uma grande destruição em toda a região.
Mas esta teoria não tem nenhum embasamento, informou o Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa em um comunicado nesta semana, tentando acabar com estas previsões catastróficas.
"Não há nenhuma base científica - nenhuma evidência - de que um asteroide ou outro objeto celeste irá atingir a Terra nestas datas", declarou o gerente do projeto de Objetos Próximos da Terra do Laboratório de Propulsão a Jato, Paul Chodas.
O laboratório explicou que todos os asteroides perigosos conhecidos têm menos de 0,01% de chance de impactar a Terra nos próximos 100 anos.
"Se existisse algum objeto grande o suficiente para fazer esse tipo de destruição em setembro, teríamos visto alguma coisa agora", disse.
A Nasa informou que "teóricos do juízo final" fizeram previsões semelhantes no passado, incluindo a alegação de calendário maia em 2012, que não eram apoiadas pela ciência e se mostraram falsas.
"Mais uma vez, não existe nenhuma evidência de que um asteroide ou qualquer outro objeto celeste está em uma trajetória que impactará a Terra", disse Chodas.
Do G1

A Liga Árabe pediu hoje (18) a criação urgente de uma estratégia árabe para ajudar militarmente o governo da Líbia na luta contra o Estado Islâmico (EI), mas sem anunciar o início de bombardeios aéreos. A organização pan-árabe, com sede no Cairo, publicou este apelo ao final de uma reunião extraordinária para debater um pedido do governo líbio reconhecido pela comunidade internacional "de adoção de medidas para combater o avanço do EI" na Líbia.
Este governo pediu também aos "países árabes irmãos" para "lançarem bombardeios aéreos seletivos contra posições do EI em Syrte [na Líbia]", por ser "incapaz de lutar contra o grupo devido ao embargo de armas imposto ao exército" pela ONU desde 2011.
"A segurança nacional líbia é a segurança nacional árabe. A Líbia está sofrendo, sacrificando-se e esperando ajuda dos países árabes", declarou o chefe da diplomacia líbia, Mohammed al-Dairy, no início da reunião no Cairo.
"A Liga Árabe afirma que dada a dificuldade da situação há necessidade urgente de criar rapidamente uma estratégia árabe que inclua uma assistência militar à Líbia", indicou a organização em comunicado.
O Egito e os Emirados Árabes Unidos realizaram nos dois últimos anos um número limitado de bombardeios aéreos na Líbia contra posições do EI e outras milícias islamitas. Na terça-feira (11) passada, foram registrados violentos combates em Syrte, quando os residentes pegaram nas armas para tentar expulsar o EI da localidade. Syrte fica a 450 quilômetros a leste de Tripoli e foi controlada pelo grupo sunita em junho.
Crise na Líbia
A Líbia é cenário de uma guerra civil desde que, em outubro de 2011, a Organização do Tratado do Atlântico Norte apoiou com bombardeios aéreos dos rebeldes e contribuiu para derrubar o regime de Muammar Kadhafi.
Atualmente, existem dois governos na Líbia, um rebelde fixado em Tripoli e outro reconhecimento internacionalmente com sede em Tobruk, que lutam pelo controle político e dos recursos naturais, especialmente do petróleo.
O Egito trava uma batalha diplomática em duas frentes, junto da Organização das Nações Unidas (ONU) em defesa de uma intervenção militar internacional na Líbia, e na Liga Árabe pela formação, anunciada em março, de uma força árabe para combater os grupos jihadistas na região e na Líbia.
Os chefes dos Estados-Maiores dos países da Liga Árabe realizaram, até ao momento, duas reuniões sobre este tema. Uma terceira deverá acontecer no dia 27 deste mês, no Cairo.
O secretário-geral da Liga Árabe condenou o "bombardeio indiscriminado" realizado pelo exército sírio no domingo (16) contra a localidade de Duma, perto de Damasco, que causou centenas de mortos. De acordo com um comunicado, Nabil al Arabi pediu "o fim imediato" dos bombardeios contra os civis na Síria e considerou que o país vive "a maior crise humanitária do mundo".
O diplomata árabe expressou o seu apoio aos esforços do enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, para encontrar uma solução política para a crise.
O Ministério das Relações Exteriores egípcio também manifestou "a grande preocupação do Cairo pelo aumento das operações militares na Síria nos últimos dias" e lamentou a existência de vítimas civis do conflito.
Na segunda-feira, Staffan de Mistura condenou o bombardeamento do exército sírio em Duma, declarando "ser inaceitável, em qualquer circunstância, que um governo ataque mercados cheios de gente e mate quase uma centena dos seus próprios cidadãos". O regime de Damasco acusou hoje o enviado de ONU de "falta de imparcialidade no exercício das suas funções".
Pelo menos 96 pessoas morreram e 240 ficaram feridas, de acordo com ativistas sírios, no bombardeio pelo exército de um mercado em Duma.
O alto comissariado da ONU para os Direitos Humanos elevou para 111 o número de mortos em Duma e sublinhou que os ataques premeditados contra civis e o uso indiscriminado de armas em áreas densamente povoadas são crimes de guerra.

Do EBC

Fabricantes

Loading...

Zonas de Conflito

Loading...

Poder Aéreo

Loading...

Poder Naval

Loading...

Guerra Eletônica

Loading...

-

Blogged

TOP 100 MILITARY SITES

Frases

Audaces fortuna juvat - "A sorte protege os audazes" (verso da Eneida de Virgílio)
O Brasil não é um país beligerante, mas deve deter meios para defender sua soberania, caso isso seja necessário. Afinal, há de se lembrar sempre que paises não tem amigos tem interesses.

"Computadores são como bicicletas para nossa mente" - Steve Jobs

"Um homem quando está em paz não quer guerra com ninguém..."Musica Só Os Loucos Sabem - Charlie Brown Jr. - Composição: Chorão/Thiago Castanho.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
“Não precisa fazer a bomba. Basta mostrar que sabe““Abrir mão de possuir armas é uma coisa, abrir mão do conhecimento de como fazê-las é outra coisa“ - Dalton Ellery Girão Barroso do IME
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
"um submarino nuclear tem muito pouco propósito a não ser que seja visto como parte de um sistema de disparo de armamento nuclear. Sem armas nucleares, é difícil entender" - Cientista indiano Prabir Purkayastha, especialista em sistemas energéticos e energia atômica
“O brasileiro é muito tranquilo. Nós dominamos a tecnologia da energia nuclear, mas ninguém aqui tem uma iniciativa para avançar nisso. Temos que avançar nisso aí. É vantagem? É, até do ponto de vista de dissuasão é"... "Nós temos que nos despertar que o Brasil para ser um país realmente forte tem que avançar nisso aí. Especialmente para fins pacíficos. E mesmo a arma nuclear utilizada como instrumento dissuasório é de grande importância para um país que tem 15 mil quilômetros de fronteiras a oeste e tem um mar territorial e agora esse mar do pré-sal, de 4 milhões de metros quadrados de área”. - Vice-Presidente do Brasil, José Alencar


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
“Nós somos contra a proliferação nuclear, nós somos signatários do tratado de não-proliferação [de armas nucleares], mas não podemos renunciar ao conhecimento científico” - Ministro de Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral


Audiência

Cotação do Hangar

Mais vistas na última semana

Postagens populares últmos 30 dias

Marcadores

Brasil (1705) USA (1666) Esquema (1413) Defesa Brasil (1378) aviação (1328) Zona de Conflito (1140) tecnologia (1106) sinistro (1088) Geopolitica (912) História (813) Video (745) aviação militar (723) Afeganistão (662) Espaço (655) Russia (652) EMBRAER (575) Defesa USA (567) China (558) OTAN (492) Estratégia (464) ONU (427) noticia (425) Boeing (414) Diplomacia (413) Espionagem (400) ww2 (397) Nuclear (386) AGRESSÃO AO BRASIL (379) Brasil Potência (368) Insólito (356) Irã (356) Libia (351) UNIÃO/Defesa America do Sul (347) Argentina (345) Inglaterra (341) By Vinna (337) Israel (329) Terrorismo (323) Industria Brasil (314) Ciberguerra/Cyber Attacks (299) opinião (294) Defesa Russia (288) França (288) Industria Americana (284) Hoje na História (271) curiosidade (232) Europa (226) NASA (226) direito (215) Siria (213) Segurança Pública (211) Chile (209) Industria Russia (209) Evangelho do dia (201) Defesa Irã (200) Exercícios Militares (198) Lockheed (196) Dassault (194) Alemanha (179) Industria Francesa (179) Drone (173) SAAB (172) Defesa India (171) India (159) NSA (158) Defesa Venezuela (157) Japão (151) CIA (150) Coreia do Sul (144) Petrobrás e biocombustivel (144) Oriente Médio (138) Front Interno (135) Airbus (133) Nova Guerra Fria (131) OVNIs (128) Arqueologia Militar (126) Defesa Chile (126) F1 (126) Defesa Europa - OTAN (122) Defesa China (120) Eixo Bolivariano (119) Sukhoi (119) Acidente AF 447 (116) Ceará (116) Defesa Israel (115) PRISM (113) Africa do Sul (112) AVIAÇÃO CEARÁ (110) Rosoboronexport (110) EADS (109) Coreia do Norte (107) Ucrania (105) Palestina/Gueto de Gaza (103) Venezuela (101) Turquia (100) Defesa França (99) Evento (94) Malasia (92) Asia (91) Iraque (90) Terminator (90) Dissuasão (89) Itália (88) Rolls-Royce (86) União Europeia (85) Bolivia (84) Sovieticos (84) Industria Europeia (83) obituário (83) Falkland/Malvinas (82) Acidente MH370 (80) MiG (80) AVIC (79) Guerra Cambial Mundial (78) Defesa Portugal (76) General Electric (76) Industria Chinesa (76) Industria Sueca (76) Defesa Colombia (75) Guerra da Amazônia (74) Saúde (73) Arábia Saudita (71) Paquistão (69) Filme (68) 2014 (66) BRIC (66) Africa (63) Suécia (63) DARPA (62) Espanha (60) Minustah (60) Crime de Guerra (58) Defesa Equador (55) Defesa Iraque (55) Estreito de Ormuz (55) Portugal (55) Russian Helicopters (55) De olho na Imprensa (53) Petroleo (53) AIEA (52) Canadá (52) HANGAR DO VINNA (52) AEB (51) Elbit (51) Mar da China (51) 2012 (50) ciência (50) Avião (49) BAE Systems (49) Colirio (49) Armas Quimicas (48) Energia (48) FICHA TECNICA (48) Taiwan (48) Colombia (47) Defesa Coréia do Sul (47) Defesa Japão (47) Defesa Peru (46) Mali (46) Egito (45) Hawker Beechcraft (45) Australia (44) Avibrás (44) Libano (44) crimeia (44) Emirados Árabes (43) Stealth (43) Industria Israel (42) Defesa Britânica (41) Vietnã (40) Helibras (39) Northrop Grumman Corp (39) esporte (39) Defesa Paquistão (38) Hindustan Aeronautics (38) Holanda (37) Industria India (37) Peru (37) Rio 2016 (37) ISS (36) Paraguai (36) DCNS (35) Equador (35) Eurocopter (35) MATRIX (35) União Africana (35) Uruguai (35) Georgia (34) Mar do Japão (34) Pioneiro do ar (34) Star Trek (34) Finmeccanica (33) IAI (33) Industria (33) Industria Iraniana (33) veículo (33) Corrente do Bem (32) Cuba (32) Pici Field (32) Suiça (32) Odebrecht (31) Recebi por e-mail (30) Sikorsky (30) Antonov (29) Argélia (29) Defesa Coréia do Norte (29) digital (29) Defesa Emirados Árabes (28) Defesa Haiti (28) Indonésia (28) Qatar (28) Aircraft For Sale (27) Cazaquistão (27) Industria Italia (27) Biografia (26) Defesa Uruguai (26) Iemen (26) AEL (25) Defesa Turquia (25) Filipinas (25) IVECO (25) Mar do Sul da China (25) Defesa Itália (24) Defesa Polonia (24) Denel (24) Mexico (24) FAdeA (23) Narcotrafico (23) OEA (23) 2013 (22) Angola (22) CATIC (22) Colonialismo (22) Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (22) Defesa Siria (22) Industria Portugal (22) Jordania (22) Noruega (22) Polonia (22) Austrália (21) Defesa Espanha (21) livro (21) Defesa Georgia (20) Industria Alemanha (20) MERCOSUL (20) Romenia (20) Turkish Aerospace (20) Agusta (19) Bombardier (19) Defesa Libano (19) HESA/IAIC (19) Tupolev (19) Bell (18) Defesa Indonésia (18) Defesa Paraguai (18) Dinamarca (18) Grécia (18) Industria Espanha (18) Rosocosmos (18) Defesa Taiwan (17) HESA (17) Nazistas (17) OMC (17) Tailandia (17) Belgica (16) CASA (16) Defesa Libia (16) GS Yuasa (16) Haiti (16) Ilyushin (16) Industria Inglesa (16) MUSICA (16) McDonnell Douglas (16) teoria dos falcões (16) Beechcraft (15) Guatemala (15) Honduras (15) Mectron (15) Nigeria (15) Omã (15) OrbiSat (15) Sierra Nevada Space Systems (15) Sudão (15) Antartida (14) Bielorussia (14) Bulgaria (14) Congo (14) Coréia do Sul (14) Defesa Kuwait (14) Defesa Malasia (14) HUMOR (14) Star Wars (14) Bahrein (13) Defesa Marrocos (13) ESA (13) KAI (13) KMW (13) Lei do Abate (13) Nova Zelândia (13) Raytheon (13) Servia (13) ww1 (13) Cingapura (12) Colômbia (12) Defesa Suiça (12) Defesa Suécia (12) Kuwait (12) República Tcheca (12) Shenyang Aircraft (12) Sri Lanka (12) Yantar (12) industria Coreia do Sul (12) Atech (11) Bangladesh (11) Defesa Rep.Dominicana (11) Defesa Romenia (11) Defesa Tailandia (11) Defesa Ucrania (11) Industria Japão (11) Irkut (11) Liga Arabe (11) PAC Kamra (11) PreSal (11) SpaceX (11) Thales (11) Anonymous (10) Austria (10) CREA (10) Croacia (10) El Salvador (10) FBI (10) Finlândia (10) Hungria (10) Industria Turquia (10) Kamov (10) Mauritania (10) Microsoft (10) Mitsubishi (10) Navantia (10) Pilatus (10) Revolucao do "Tudo Gratis" (10) religião (10) 2015 (9) Aero (9) Cesna (9) Chad (9) Defesa Jordania (9) Google (9) Harbin (9) INACE (9) Quirguistão (9) Sisfron (9) Somalia (9) COMAC (8) Chengdu (8) Fim dos tempos (8) Gana (8) Guerra Fria (8) Industria Argentina (8) MBDA (8) Niger (8) ThyssenKrupp (8) Unifil (8) defesa Iêmen (8) 2016 (7) Aero Vodochody (7) Aeroespatiale (7) Defesa Noruega (7) Defesa Sudão (7) Defesa Vietnã (7) ENAER (7) FAA (7) FMI (7) Férias (7) General Dynamics (7) OGMA (7) OMS (7) Panamá (7) Peninsula Coreana (7) Quenia (7) Renault (7) Republica Theca (7) oceania (7) ANAC (6) Armenia (6) British Aerospace (6) Defesa Qatar (6) ELTA Systems (6) Guiana (6) Guiné-Bissau (6) LET (6) OPEP (6) Pratt Whitney (6) Rep.Dominicana (6) Tribunal de Haia (6) Uganda (6) 2018 (5) 2020 (5) ARTICO (5) Aeroeletrônica (5) Artigo (5) Azerbaijão (5) Brunei (5) Defesa Namibia (5) Estonia (5) Europa do Leste (5) Fokker (5) Inbra (5) Lituania (5) MARKETING PESSOAL (5) Mianmar (5) Nicaragua (5) Olimpiada (5) Suriname (5) Tunísia (5) 2017 (4) 2040 (4) Alianca Pacifico (4) Aquecimento Global (4) Beriev (4) Cabo Verde (4) Colinas do Golã (4) Dornier (4) ENGESA (4) Eslovaquia (4) General Eletric (4) Huawei (4) INDRA (4) INPE (4) ISAF (4) Inteligencia Artificial (4) Irlanda (4) Islandia (4) Kalashnikov (4) Kaspersky Lab (4) Marrocos (4) Messerschmitt (4) Moçambique (4) Myanmar (4) Namibia (4) Novaer (4) OSK (4) Patria Aviation (4) Pirataria/Tortuga (4) Print 3D (4) Rekkof Aircraft (4) Resenha (4) Rio+20 (4) Rockwell (4) Rostvertol (4) SIPRI (4) Selex Galileo (4) Senegal (4) Sevmach (4) Sudão do Sul (4) Titanic (4) Yakovlev (4) ZTE (4) armas eletromagnéticas (4) 2030 (3) Air Race (3) Akaer (3) Albânia (3) Apple (3) Avia (3) Bukina Faso (3) Curdistão (3) Eritrea (3) Guinness Book (3) Harpia (3) Helibrás (3) Honda (3) IBM (3) IMBEL (3) MIT (3) Mercenarios (3) Neonazistas (3) OAK (3) OAS (3) Oboronprom (3) Opto Eletrônica (3) Qantas (3) Rafael (3) Samsung (3) Sirius (3) Tecnobit (3) Trinidad e Tobago (3) Turismo (3) Ukrspetsexport (3) Zimbabwe (3) ilhas Kurilas (3) prosub (3) savis (3) 2003 (2) AGX (2) AIDC (2) AIE (2) ARAMAR (2) ASMAR (2) Agrale (2) Air Tractor (2) Andrade Gutierrez (2) Astrium (2) Bielorrússia (2) Bigelow Aerospace (2) Birmânia (2) Boston Dynamics (2) Botswana (2) BrahMos (2) Britânica (2) CIAC-Corporación de la Indústria Aeronáutica Colombiana (2) COTEMAR (2) Caltech (2) Camarões (2) Camboja (2) Cirrus (2) DROGA (2) DSME (2) De Havilland (2) EMBARGO (2) ENGEPRON (2) El (2) Enstrom (2) Facebook (2) Flight Technologies (2) Ford (2) G20 (2) GROB (2) General Atomics (2) Harris Corporation (2) Hong Kong (2) IACIT (2) INDUMIL (2) IZHMASH (2) Imperialismo (2) Itaipu (2) Iugoslávia (2) Iêmen (2) KAPO (2) Kongsberg (2) Kosovo (2) Laos (2) Launch Services (2) Letonia (2) Liebherr-Aerospace (2) Luxemburgo (2) Maldivas (2) Malta (2) Malásia (2) Marsh Aviation (2) Massacre (2) México (2) Nepal (2) Next Generation Aircraft/Fokker (2) Nissan (2) Obvilion (2) Orbital Technologies (2) PDVSA (2) Queiroz Galvão (2) RSC Energia (2) Robocop (2) Rosvertol (2) Ruag Aerospace (2) Santos Lab (2) Scania (2) Seagate (2) Sevmash (2) Sony (2) Synergy Defense (2) TAP (2) TAP Maintenance and Engineering (2) Tajiquistão (2) Tekever (2) Telebras (2) Togo (2) Toshiba (2) Toyota (2) United Shipbuilding Corporation (2) Usbequistão (2) Vaticano (2) Western Digital (2) YPF (2) Yugoimport (2) Zambia (2) comissao da verdade (2) panair (2) xian (2) Índia (2) 1950 (1) 1962 (1) 2011 (1) 2024 (1) 2025 (1) 2032 (1) 2035 (1) 2047 (1) 2050 (1) 2068 (1) ACS Aviation (1) ADCOM Systems (1) ALMA (1) ANATEL (1) AOL (1) ASTRAEA (1) ATE (Advanced Technologies and Engineering) Aerospace (1) ATK (1) Active Space Technologies (1) Aero-Engine Goup Corp (1) Aeromot (1) Aeroscraft (1) Aerotech (1) Araguaia (1) Ares Aeroespacial (1) Atlas Elektronic (1) Aurora Technologies (1) AutoGyro (1) Aviakor (1) Avio Group (1) BLOG (1) BMW (1) BUG (1) Baterias Moura (1) Belarus (1) Benin (1) Beretta (1) Beureau LUTCH (1) BioExplorers (1) Bloom e Voss (1) Burevestnik (1) Burocracia (1) CACMA (1) CAE (1) CAIGA (1) CBC (1) CETEC (1) CTEx (1) Camargo Corrêa (1) Cellebrite (1) Ceska Zbrojovka (1) China Broad Group (1) Chrysler (1) Citasa (1) Complejo Industrial Naval Argentino - CINAR (1) Condor Tecnologias (1) Continental Motors (1) Conviasa (1) Costa Rica (1) Costa do Marfim (1) Cotecmar (1) Curaçao (1) DNA (1) DRS (1) Da Vinci Code (1) Daewoo (1) Daimler (1) Damen Shipyard (1) Dark Web (1) Datsun (1) Dearman Engine Company (1) Democracia (1) Diageo (1) Diamond Aircraft (1) DoniRosset (1) Dropbox (1) Dígitro (1) EASA (1) EIKE (1) ELEB (1) ESO (1) Ecopetrol (1) Enercon GmbH (1) Energomash (1) Engevix (1) Equipaer (1) Eslovenia (1) Estaleiro Atlantico Sul (1) Esterline (1) Esterline Electronics (1) Etiopia (1) Evektor (1) Evolução (1) Fairchild (1) Fassmer (1) Ficantieri (1) Fincantieri (1) Flying Legends (1) Focal Aviation (1) Foxconn (1) Fujitsu (1) GCHQ (1) GM (1) GeneXus (1) General Motors (1) Genetica (1) Global tech (1) Gorizont (1) Grauna Aerospace S.A (1) Guerrilha (1) Guizhou Aviation (1) Gulfstream (1) Hamilton Sundstrand Corporation (1) Heckler e Koch (1) Heinkel (1) Holocausto (1) Hybrid Air Vehicles (1) IAMI (1) INTA (1) Ilhas Samoa (1) Ilhas Seychelles (1) Increase Aviation Service Ltda (1) Inter RAO (1) International Aero Engines (1) Israel Military Industries (1) JDI Holdings (1) Jet Propulsion Laboratory (1) Jiuyuan Hi-Tech (1) KAMAZ (1) Kangnam Corporation (1) Kawasaki (1) Kazan (1) Kazaquistão (1) LIATEC (1) LINKS (1) Lihttp://www.blogger.com/img/blank.gifbano (1) Linux (1) Lituânia (1) Lufthansa Technik (1) Líbia (1) MALAT (1) MDA (1) MH-17 (1) MPX (1) Martin-Baker (1) Maçonaria (1) Messier-Bugatti-Dowty (1) Milestone Aviation Group (1) Modelismo (1) Moldávia (1) Molgolia (1) Mongolia (1) Motor Sich (1) Motorola (1) Mowag (1) NKAU (1) NPO Saturn (1) NTSB (1) National Rifle Association (1) Near Eart Autonomy (1) Norse Corp (1) OGX (1) OTT Blindados (1) Oddyssey (1) Odessa (1) Ominsys (1) Orbital Corporation (1) Oto Melara (1) PZL Mielec (1) Pacifismo (1) PalTalk (1) Paramount Group (1) Polaris (1) Polônia (1) Porto Rico (1) QinetiQ (1) R2Tech (1) RKF Tecnologia (1) Ralls Corp (1) Reaparelhamento (1) Remington (1) Renova Goup (1) Reshetnev (1) Rontan (1) Rosatom (1) Rossin-Bertin Vorax (1) Rostekhnologii (1) Rotax (1) Rudolph Usinados (1) Sabia-Mar (1) Sagem (1) Saker Aircraft (1) Sale (1) Sanofi (1) Savis Tecnologia (1) Securaplane Technologies (1) Siemens (1) Soko (1) Solar Impulse (1) Space Exploration (1) Spyker (1) Stidd Systems (1) SwampWorks (1) São Tomé e Príncipe (1) TAO (1) TELMEX (1) TIM (1) Tanzania (1) Taser (1) Taurus (1) Telecom Itália (1) Terrafugia (1) Textron (1) Thielert Aircraft Engines (1) Timor Leste (1) Tortura (1) Troller (1) Turcomenistão (1) UEE (1) UNDOF (1) UTVA Aircraft (1) United Aircraft Corporation (1) United Technologies Corporation (UTC) (1) Urban Aeronautics (1) VARIG (1) VSMPO-AVISMA (1) Vanguard (1) Vector Aerospace (1) Velika Gorica (1) Virgin Galactic (1) Voronezh (1) WZL-Wojskowe Zaklady Lotnicze (1) Wega (1) World Aeros (1) XMobots (1) Xi'an Aircraft (1) Yahoo (1) Yakhont (1) YouTube; Skype (1) android (1) bullying (1) clonagem (1) eco (1) feganistão (1) fine (1) htc (1) isra (1) racismo (1) rosco (1) whatsapp (1) ww3 (1) x9 (1) África do Sul (1)

Salmo

Meta: Informação Livre e um Blog novo todo dia

Bem vindo, amigo visitante: Procuro atualizar o blog várias vezes por dia e este trabalho solitário é feito pensando em vocês. Financeiramente Não ganho NADA a não ser a amizade de alguns de vocês... ALGUMAS IMAGENS RETIREI DA INTERNET SEM AUTORIA. SE ALGUMA DELAS FOR PROTEGIDA POR DIREITOS AUTORAIS, A VIOLAÇÃO NÃO FOI INTENCIONAL, NESTE CASO, SE NÃO ME FOR AUTORIZADA A EXPOSIÇÃO DA MESMA, A IMAGEM SERÁ RETIRADA DO BLOG, BASTA QUE ENTREM EM CONTATO POR COMENTARIO OU EMAIL.
Vinicius Morais - Vinna

Translate

Pesquisar este blog

Carregando...

Visitas by Google - Since 02/05/2008

Nós no Face...

Videos em Destaque

Missão: Impossível - Nação Secreta - Dublado Missão: Impossível - Nação Secreta - Cena Real - Legendado Batman vs Superman: A Origem da Justiça - Trailer da Comic-Con (leg) SUPERCUT: Robots on Film 007 CONTRA SPECTRE Dublado

Links de Referência & PARCEIROS


Blog Cavok

Campo de Batalha

Cultura Aeronáutica

Alternativa Car

Fumaça Já!



Noticias Sobre Aviação

DEFESANET


Tecnologia & Defesa


Portal Rudnei Cunha

ANVFEB



Plano Brasil

Geo Política

Defesa Aérea

Estratégia Nacional de Defesa


Defesa BR

Revista ASAS


VAE VICTIS

Segurança & Defesa


Infodefensa

ANUNCIE - AQUI

archive