GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

quinta-feira, julho 16, 2015

Itália e Eslováquia de olho no KC-390

By on 16.7.15

A viagem da presidente Dilma Rousseff à Itália pode trazer bons frutos para a Embraer. Isso porque os italianos demonstraram interesse em adquirir o avião cargueiro KC 390, a maior aeronave produzida no país e rival direta do norte-americano Hercules.
    "É um grande avião de carga que vai substituir os Hércules [usados pela FAB], fabricados pelos Estados Unidos. Além de ser um avião de transporte de carga pesada, é um jato, o que modifica as oportunidades de transporte que ele tem", disse a mandatária.
    O KC 390 fez seu primeiro voo experimental em fevereiro deste ano e as primeiras unidades serão entregues à Força Aérea Brasileira (FAB) no segundo semestre de 2016. Ainda de acordo com informações do governo, foram desembolsados cerca de US$ 2 milhões para desenvolver a nova aeronave. O Hercules é o avião de carga favorito de diversos países do mundo e é amplamente utilizado na aviação militar há mais de 50 anos. Dilma esteve em Roma e em Milão nos dias 10 e 11 de julho e participou de reuniões com seu homólogo italiano, Sergio Mattarella, e o primeiro-ministro, Matteo Renzi. A líder ainda visitou a Expo Milão 2015 e conheceu o pavilhão brasileiro no local. (ANSA)

Do JB

O chanceler da Eslováquia, Miroslav Lajčák, em sua primeira visita oficial ao Brasil, foi recebido, nessa quarta-feira (25), pelo ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, e pelo vice-presidente da República, Michel Temer.
Durante o encontro, Miroslav Lajcák manifestou o interesse do seu país de estreitar o comércio bilateral com o Brasil.
Uma das propostas em análise é a compra do cargueiro KC-390 e de outras aeronaves produzidas pela Embraer. O governo eslovaco planeja substituir, ainda em 2015, suas aeronaves de uso oficial, de fabricação russa.
http://4.bp.blogspot.com/-iqFtPxvCeck/VEaJs_ppJMI/AAAAAAAADKQ/bZ9oObgqWm8/s1600/10175072_728376617237698_4997705443411212357_n.jpg
Também foram avaliadas possibilidades de aumento do comércio e dos investimentos, o incremento da cooperação em defesa e a expansão das empresas brasileiras na Eslováquia.
“O Brasil é de longe, o principal parceiro comercial na América Latina da Eslováquia e devemos continuar a avançar para uma zona de livre comércio entre os dois países”, disse Miroslav Lajcák.
A Eslováquia é o principal destino dos investimentos brasileiros na Europa central. Em 2014, o intercâmbio comercial entre os dois países registrou valor de US$ 165,8 milhões. A pauta comercial entre os dois países está concentrada em produtos manufaturados.
O Brasil também foi um dos primeiros países a reconhecer a independência da Eslováquia, após o chamado Divórcio de Veludo, que dissolveu a Tchecoslováquia em 1º de janeiro de 1993.
No mesmo ano, a Eslováquia instalou sua Embaixada residente em Brasília. O Brasil inaugurou Embaixada em Bratislava em 2008.

Do Portal Brasil

1 comentários:

Galvam disse...

Seria interessante se o protótipo tivesse condições de acompanhar a comitiva presidencial, aproveitando para testes em voo.

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts