Argentina pretende voltar a fabricar o jato de treinamento avançado AT-63 Pampa - HANGAR DO VINNA

Breaking

GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

segunda-feira, abril 23, 2012

Argentina pretende voltar a fabricar o jato de treinamento avançado AT-63 Pampa


A Fábrica Argentina de Aviones (FAdeA) e a empresa alemã Grob Aircraft AG assinaram um acordo estratégico para a comercialização do jato de treinamento avançado AT-63 Pampa. O ministro da Defesa da Argentina, Arturo Puricelli, disse que o governo do seu país tem firme propósito de fabricar em serie o jato projetado originalmente pela então Fabrica Militar de Aviones (FMA), e expressou seu desejo para que países da América do Sul tomem a decisão de eleger o modelo para fazer parte de suas Forças Aéreas.

O presidente da FAdeA, Raúl Argañaraz, e o vice-presidente e CEO do grupo Grob, André Hiebler, diante da presença de Puricelli, do diretor geral do Serviço Logístico de Defesa, Carlos Lagunes, e do embaixador argentino, Ginés González Garcia, firmaram o memorando de entendimento. A primeira fase da cooperação entre as duas empresas corresponde a uma sinergia das lideranças empresariais dessas organizações com vistas a promover ao redor do mundo as capacidades e características do Pampa como solução para treinamento avançado de pilotos de combate.
Entre as melhorias planejadas para o Pampa consta a modernização de sua propulsão com a adoção de um motor Honeywell TFE 731-40 2N, cuja potencia máxima é 20% maior do que a variante instalada nos Pampas da serie anterior. Planeja-se também a instalação de uma segunda tela multifuncional digital (MFD) no cockpit para disponibilizar ao piloto uma quantidade maior de informações táticas. A ideia é padronizar o cockpit do Pampa com relação àquele existente no treinador básico Grob 120 TP da parceira alemã. A segunda etapa do acordo, a qual esta em processo de análise, aprovação e fechamento, envolve o Grob 120TP, aeronave construída com materiais compostos, e que esta sendo oferecida como plataforma de instrução do Curso Básico Conjunto (CBCAM) da Força Aérea da Argentina (FAA).

A formação de pilotos militares na Argentina passa atualmente por uma crise devido à falta de aviões, sendo que os veteranos Beechcraft T-45 Mentor da Força Aérea Argentina (FAA) foram desativados e o problema esta sendo atenuado com o uso de sete monomotores Piper Dakota. A oferta da Grob consiste em um programa “pay per hour”, no qual a companhia fornece os aviões necessários (comenta-se que seriam 10 exemplares) mais as peças de reposição necessárias à manutenção desses aviões, sendo o pagamento feito com base nas horas de voo consumidas nas etapas de treino básico e avançado. Esse sistema terceirizado já foi adotado por algumas Forças Aéreas, entre elas, da França e Reino Unido, países que empreenderam recentemente fortes ajustes em seus orçamentos militares.
Fonte: T&D

Nenhum comentário:

Sponsor

AD BANNER

Moto GP News




Os Indianos vão acabar voltando atrás e comprando o Gripen NG

Videos Recomendados

Acidente do 737 MAX


Drones Para Uso policial



Abate de Avião Russo incrementa a tensão na Siria






A MELHOR HISTÓRIA DE AVIAÇÃO DE TODOS OS TEMPOS


BANNER 728X90