Dépósito de munições explode próximo a fronteira do Cazaquistão - HANGAR DO VINNA

Breaking

GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

BANNER 728X90

quarta-feira, outubro 10, 2012

Dépósito de munições explode próximo a fronteira do Cazaquistão

Uma série de explosões envolvendo 4 mil toneladas de munição em uma base russa sacudiu a região no entorno de Orenburg, cidade industrial próxima à fronteira com o Cazaquistão. 

Muitos armazéns com munições destinadas à eliminação foram incendiados em um campo de treinamento russo a 40 quilômetros de Orenburg, na região dos Urais, próximo à fronteira da Rússia com o Cazaquistão.

Três explosões teriam dado início ao fogo. Não houve mortes e ninguém ficou ferido. Somente vidros de casas vizinhas foram danificados.

Os serviços de emergência e bombeiros estão no local do incidente. O Ministério de Situações de Emergência informou que foram evacuados, aproximadamente, 10 mil pessoas de dois povoados localizados perto dos armazéns.

Residentes tiveram de deixar suas casas, já que algumas desabaram. De acordo com um oficial militar, a explosão foi causada por um incêndio, que teria sido provocado por um cigarro descartado ainda aceso próximo a contêineres de lixo.

Nos últimos anos, houve outras explosões de munição - parte ainda originária do período soviético - em áreas militares russas. 


By Vinna com informações do Diário da RussiaEstadão

NOTA - Quem ja chegou ao fim do Call of Duty 4 - Modern Warfare, deve estar se perguntando... será verdade? Pois a trama se passa em um local parecido no mapa e os russos e americanos divulgam as explosões como um teste de armas, mas na verdade foi uma operação especial para encobrir furto de material bélico... A ficção parcialmente imitando a realidade?

Nenhum comentário:

Sponsor

AD BANNER



Os Indianos vão acabar voltando atrás e comprando o Gripen NG

Videos Recomendados

Marado, o novo "porta-aviões disfarçado" da Coreia do Sul




Super Cobra para o Brasil?






A MELHOR HISTÓRIA DE AVIAÇÃO DE TODOS OS TEMPOS