Os segredos mais bem guardados do líder americano - HANGAR DO VINNA

Breaking

GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

BANNER 728X90

sábado, outubro 27, 2012

Os segredos mais bem guardados do líder americano

Uma coisa que me impressionou nos debates é como o presidente Barack Obama foi cauteloso ao falar de seus dois projetos mais inovadores. O programa Corrida Rumo ao Topo, criado para incentivar a inovação na área da educação, já desencadeou uma onda de reformas nas escolas e sua versão para veículos melhorou os padrões de desempenho e consumo de combustível dos carros e caminhões fabricados nos EUA. 

Obama mencionou esses programas no último debate, mas quero falar mais de ambos, pois acho que representam o futuro de uma política progressista em uma era de austeridade. Embora seja assustador para Obama dizer com essas palavras, seus desafios nas escolas e na indústria automotiva têm como base um único fato: os empregos de média especialização e salários altos acabaram. Os únicos empregos de altos salários serão os de trabalhadores altamente especializados, que exigem uma formação melhor e mais completa. Os dois programas de Obama buscam produzir empregos de elevada especialização e trabalhadores mais especializados. 

Com relação às escolas, o programa parte do princípio de que, se agora vivemos num mundo em que todos os bons empregos de altos salários exigem maior especialização, é preciso que o maior número possível de escolas eduque seus alunos para que alcancem altos padrões ao se prepararem para o nível superior e para iniciar uma carreira. "Precisamos nos educar para aprimorar a economia", afirma o secretário de Educação Arne Duncan. "O caminho para a classe média hoje passa diretamente pela sala de aula." 

O projeto de Obama para melhorar o desempenho dos carros até 2025, liderado pela Agência de Proteção Ambiental (EPA) e pelo Departamento dos Transportes, está produzindo inovações em Detroit, pois cada montadora se empenhou em descobrir como melhorar o consumo de combustível em 5% ao ano. "O principal órgão da indústria automotiva, o Automotive News, costumava ser uma triste coleção de histórias de concessionárias que fechavam as portas e estoques excedentes", observa Hal Harvey, diretor da Energy Innovation. "Agora, os artigos sobre tecnologia multiplicaram-se, todos voltados para o aumento da eficiência do combustível." 

Os custos dos carros econômicos subirão um pouco, mas a economia criada será muitas vezes maior. A EPA estima que as famílias economizarão US$ 1,8 trilhão em combustível e reduzirão o consumo de petróleo em 2,1 milhões de barris por dia até 2025, o que equivale à metade do petróleo que atualmente os EUA importam diariamente dos membros da Opep. Isso representa a redução de 6 bilhões de toneladas métricas de gases estufa ao longo da vida útil dos veículos vendidos até 2025 - mais que o total de dióxido de carbono emitido pelos EUA em 2010. 

Fonte: Estadão


Nenhum comentário:

Sponsor

AD BANNER



Os Indianos vão acabar voltando atrás e comprando o Gripen NG

Videos Recomendados

Marado, o novo "porta-aviões disfarçado" da Coreia do Sul




Super Cobra para o Brasil?






A MELHOR HISTÓRIA DE AVIAÇÃO DE TODOS OS TEMPOS