GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

domingo, outubro 28, 2012

ONU vai investigar uso de drones por EUA

By on 28.10.12
Em um revés para a política antiterror dos EUA, a ONU planeja criar no ano que vem em Genebra (Suíça) uma unidade dedicada a investigar a legalidade de ataques feito por drones, aeronaves não tripuladas, nos casos em que civis foram mortos.
A informação é do jornal britânico "The Guardian", que reportou declarações de Ben Emmerson, relator especial da ONU que monitora atividades antiterror.
Emmerson disse que, na ausência de um "mecanismo de monitoramento efetivo e independente" dos drones, a ONU vai agir.
"Junto com meu colega Christof Heyns [relator especial sobre execuções extrajudiciais], vou lançar uma unidade de investigação com base nos procedimentos especiais do Conselho de Direitos Humanos [da ONU] para analisar ataques individuais feitos por drones", afirmou ele na Escola de Direito da Universidade Harvard (EUA), segundo o "Guardian".
O relator disse endossar a visão de Heyns de que ataques americanos no Paquistão usando drones poderiam ser "crimes de guerra".
Afirmou que o paradigma da guerra ao terror (ações antiterror onde quer que os terroristas estejam) endossada pelo governo Barack Obama é "indefensável".
"[O paradigma] deu espúrias justificativas para uma gama de sérias violações dos direitos humanos e das leis humanitárias", disse.
Emmerson criticou o fato de que nem Obama nem seu rival nas eleições presidenciais de novembro, Mitt Romney, tenham discutido o tema na campanha.
Durante o governo Obama, ataques com drones aumentaram 500%. Estudo recém-publicado pelas universidades de Nova York e Stanford aponta que 98% dos mortos em ataques de drones são civis ou militantes do baixo escalão, e só 2% dos mortos são os "alvos de grande valor".
Em outro revés para o uso de drones, um advogado do governo britânico disse ontem à Corte Suprema do país que o Reino Unido pode ser questionado por ter compartilhado informações de inteligência usadas em ataques de drones no Paquistão. 

Fonte: Folha

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts