GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

terça-feira, fevereiro 19, 2013

Tripulação fecha porta de A380 com cobertores e travesseiros após falha no travamento

By on 19.2.13
Um turista britânico contou o terror que ele passou a bordo de um Airbus A380 da Emirates, quando a porta de uma das saídas de emergência apresentou problemas em pleno voo a uma altitude de 27 mil pés.

David Reid e seu filho Lewis temiam que uma bomba houvesse sido detonada a bordo, após ouvirem uma "enorme explosão", com cerca de duas horas de voo no novíssimo A380 avaliado em US$ 250 milhões.

Um ar gelado soprou e a pressão da cabine despencou depois de a porta na classe executiva ficar cerca de uma polegada e meia entreaberta, deixando um buraco, informou Reid. 

Medo: Cobertores são colocados para rechear a fresta na porta de saída de passageiros. 
No detalhe, ao alto, à direita, uma luz verde acesa informa que a porta está aberta

Enquanto os passageiros choravam de medo, uma aeromoça petrificada correu pelo corredor gritando "a porta vai abrir", pouco antes de se esconder encolhida atrás de um assento. 

Surpreendentemente, de acordo com Reid, em vez de fazer um pouso de emergência, a tripulação decidiu preencher o buraco com cobertores e travesseiros - colados com fita adesiva - e continuar o voo, apesar do terrível ruído e da temperatura abaixo de zero.

O drama aconteceu na última segunda-feira (11) a bordo do Airbus A380-861, prefixo A6-EDT, da Emirates Airlines, durante o voo EK-384 entre Bangcoc, na Tailândia, e Hong Kong, na China. 

Provação: A foto foi tirada por passageiros e David Reid Lewis
em seu voo de Bangkok para Hong Kong 

"Foi um pânico total. A porta de emergência estava entreaberta e deixando um buraco. Você poderia ver diretamente a atmosfera, a 27 mil pés de altitude", disse Reid, que realizava com o filho a "viagem da sua vida".

Reid, que tem uma licença de piloto privado, disse que, após vários momentos de confusão, a tripulação começou a pegar cobertores e travesseiros e os colaram com fita adesiva para preencher a lacuna. "As condições foram terríveis durante o resto do voo. A porta continuou a fazer o som de um zumbido terrivelmente alto, que tornou impossível as pessoas falarem uns com os outros.

Pouso com segurança: Tripulação é retratados dentro do avião já em Hong Kong após a aterrissagem

Um passageiro aliviado verifica sua bagagem de mão na chegada em Hong Kong

"O pior de tudo era a temperatura congelante. Foi uma experiência extremamente estressante para todos." Reid afirma que ele sofreu uma infecção no peito após o calvário e ele teve que encurtar sua viagem.

Seu filho de 18 anos de idade, relatou o incidente ao setor de Acidentes Aéreos do Departamento de Transportes em Hong Kong, que vai investigar a ocorrência em conjunto com o pessoal da Autoridade Geral de Aviação Civil dos Emirados Árabes Unidos 

Um porta-voz da Emirates confirmou o incidente a bordo da aeronave, e acrescentou que "em nenhum momento a segurança do voo esteve em risco".

Vídeo: Um olhar dentro de um A380 da Emirates:

 
Fontes: Daily Mail / Site Desastres Aéreos - Imagens dailymail.co.uk - Via: Aviation News

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts