GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

segunda-feira, abril 15, 2013

Ministro da Rússia nega possibilidade de base no Afeganistão

By on 15.4.13

O vice-ministro de Defesa da Rússia Anatoli Antónov descartou, nesta sexta-feira (5), a possibilidade de o seu país estabelecer bases conjuntas com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Afeganistão.

Em resposta a uma suposta volta das tropas russas ao território afegão, Antónov comentou que a instalação de qualquer base militar russa no Afeganistão está “fora de questão”.

O vice-ministro, ao sublinhar a importância da estabilidade de Cabul tanto para Moscou quanto para os países da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC), se mostrou a favor de ajudar o governo do presidente afegão Hamid Karzai. A OTSC agrupa seis países, a partir da dissolução da União Soviética: Armênia, Rússia, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão e Tajiquistão.

Neste sentido, Antónov realçou que a Rússia sempre estudará com atenção os pedidos do Afeganistão que tenham a ver com a ajuda à estruturação das suas forças armadas para lograr uma estabilidade no país asiático. “Se forem apresentadas propostas, estamos abertos a examina-las. Mas em caso algum se pode tratar de bases militares no Afeganistão”, reiterou.

Ainda assim, Antónov transmitiu a vontade da Rússia de ajudar a Otan e aos “amigos afegãos”.

“A Otan e a OTSC cooperam atentamente para abordar os desafios que enfrentam os países asiáticos a fim de estabelecer a segurança e a estabilidade em seus territórios”, asseverou o vice-ministro.

A União Soviética entrou no Afeganistão em dezembro de 1979, operação que marcou o começo de uma guerra que terminou quase 10 anos depois, com a retirada das tropas soviéticas.

Fonte: HispanTV - da redação do Vermelho

0 comentários:

Frases

Popular Posts

Postagens mais visitadas

Popular Posts