Rebeldes sírios anunciam captura de base aérea perto de Damasco - HANGAR DO VINNA

Breaking

GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

BANNER 728X90

sábado, outubro 06, 2012

Rebeldes sírios anunciam captura de base aérea perto de Damasco

Rebeldes sírios disseram ter capturado uma base aérea com um esconderijo de mísseis perto de Damasco, num raro avanço sobre a cidade onde as forças do presidente Bashar al-Assad têm subjugado os opositores. Um vídeo postado no YouTube mostra dezenas de rebeldes vestidos com uniformes do Exército comemorando, diante de uma nuvem de fumaça negra saindo de uma instalação militar atrás deles.

 

Um homem de meia-idade, segurando um fuzil, disse que o ataque à base, na região de Ghouta Oriental, foi realizado por um batalhão rebelde da cidade de Douma - os dois lugares ficam poucos quilômetros a leste da capital. Os rebeldes disseram que a operação aconteceu na quinta-feira.
Os rebeldes sírios são amplamente superados em armamentos pelo Exército e têm poucas formas de impedir ataques aéreos contínuos. Outro vídeo mostrou rebeldes no esconderijo de armas da base, que incluía o que parecia ser parte de um míssil superfície-ar.

É improvável que os rebeldes tenham a capacidade de disparar o míssil, mas eles podem ser capazes de usar os explosivos para a fabricação de bombas improvisadas. Quando os rebeldes capturaram bases militares em outras partes do país durante a revolta de 18 meses, aviões de combate bombardearam os locais pouco tempo depois. Não foi possível verificar os vídeos de forma independente. O acesso à Síria para jornalistas estrangeiros é limitado pelo governo sírio.

Um vídeo feito por um ativista da oposição mostrou o que ele disse ser uma milícia pró-Assad disparando fogo de artilharia de uma colina sobre o subúrbio de Qudsayya, no noroeste de Damasco, onde os rebeldes têm lutado contra forças governamentais.

No leste de Damasco, os rebeldes disseram ter capturado um oficial da Guarda Republicana na sexta-feira e forneceram imagens em vídeo de um homem que se identificou como coronel Ahmad Reaidi.

Cerca de 180 pessoas foram mortas na Síria na quinta-feira, incluindo 48 dos homens de Assad, afirmou o grupo de monitoramento Observatório Sírio para Direitos Humanos, que tem sede na Grã-Bretanha.

Fonte: Terra


Nenhum comentário:

Sponsor

AD BANNER



Os Indianos vão acabar voltando atrás e comprando o Gripen NG