Irã anuncia novos avanços em seu sistema de defesa em terra e no mar - HANGAR DO VINNA

Breaking

GeoEstratégia, Aviação, Defesa, História, Conflitos, dentre outras coisas...

BANNER 728X90

segunda-feira, abril 15, 2013

Irã anuncia novos avanços em seu sistema de defesa em terra e no mar

Um alto comandante da Marinha iraniana disse, neste sábado, que seu país está pronto para lançar um novo destróier, batizado Bayandor Shaheed, inteiramente fabricado no país, como parte de seu plano para aumentar a sua capacidade de defesa naval.
O almirante Habibollah Sayyar revelou que o destróier será oficialmente anexado à frota naval iraniano no próximo mês. Sayyari acrescentou que o destróier chega com novos recursos, que serão anunciados durante o lançamento do vaso de guerra.
Nos últimos anos, o Irã tem conseguido avanços consistentes em seu setor de defesa, ao alcançar a auto-suficiência na produção de equipamentos militares essenciais, incluindo sistemas militares.
Este já é o segundo anúncio em relação às suas capacidades militares nas últimas horas, transmitidos pela República Islâmica. O vice-chefe do Exército do Irã, Kiumars Heidari, informou nesta manhã que o Irã testou com sucesso três novos mísseis terra-terra.
http://1.bp.blogspot.com/-BNfsNobYDkA/UWlA5nu7ydI/AAAAAAAATH8/HjXZsXNfS0c/s1600/missiles.9.jpg– Os três tipos de mísseis, fabricados pela indústria de defesa e do exército (do Irã), foram testados com sucesso durante os últimos exercícios militares – disse Heidari citado pela Press TV. (Nota: O general Heidari não divulgou mais detalhes sobre os três novos foguetes, mas disse que eles eram diferentes de Nazeat 10 e Fajr 5 que foram testou durante um exercício militar em março passado. Nazeat 10 é um míssil balístico com uma gama de cerca de 100 km).
Heidari disse que as forças terrestres do Exército iraniano também planejam mostrar seus novos veículos blindados de transporte de pessoal em 18 de Abril, por ocasião do Dia do Exército no Irã.
O vice-chefe do Exército iraniano disse que o Irã tem a opção de defesa sobre a mesa e dar uma resposta esmagadora para qualquer ação do inimigo arriscado. A iniciativa, que será ativado novos sistemas de mísseis, visa manter e melhorar as unidades de preparação defensivas disparando foguetes e mísseis.
A República Islâmica tem repetidamente assegurado que seu poderio militar não representa uma ameaça para outros países e que a sua doutrina de defesa é baseada na dissuasão.



Nenhum comentário:

Sponsor

AD BANNER



Os Indianos vão acabar voltando atrás e comprando o Gripen NG

Videos Recomendados

Marado, o novo "porta-aviões disfarçado" da Coreia do Sul




Super Cobra para o Brasil?






A MELHOR HISTÓRIA DE AVIAÇÃO DE TODOS OS TEMPOS