Os indianos vão terminar voltando atrás e comprando o Gripen!

Irã compra caça multifuncional chinês, Chengdu J-10.

Postado por Vinna quarta-feira, maio 14, 2008



Irã compra da China aviões de guerra com tecnologia de Israel


RIO - O Irã assinou um acordo com a China para comprar 24 aviões de guerra modelo J-10 entre 2008 e 2010, segundo a agência de notícias russa Novosti. Os jatos foram desenvolvidos com tecnologia de Israel, um dos maiores rivais do governo iraniano do presidente Mahmoud Ahmadinejad. A tecnologia, no entanto, foi vendida à China contra a vontade dos Estados Unidos, aliados dos israelenses.

O modelo israelense tem alcance maior do que os atuais MiG-29 usados pelas forças iranianas. Um militar russo, citado pela agência, disse que o Irã planeja usar as aeronaves como parte do sistema de defesa da instalação nuclear de Bushehr, para evitar um possível ataque.

A tecnologia israelense usada no jato foi desenvolvida em 1980, mas o projeto foi cancelado sob pressão dos EUA. Os americanos temiam que o avião competisse com o F-16 no mercado internacional. A China começou a desenvolver o J-10 em 2004 e, atualmente, tem 89 aeronaves em operação.

Irã compra 24 caças J-10
Fonte: Revista Asas

Segundo notícia veiculada pelo jornal russo “Kommersant”, ontem o Irã assinou um acordo com a China para comprar dois esquadrões do mais novo caça multifuncional chinês, o J-10. Durante a década de 1980, a fabricante de aeronaves Israel Aircraft Industries (IAI), juntamente com empresas norte-americanas, desenvolveu uma aeronave multifuncional, que foi considerado o mais avançado do seu tipo na época.
Batizado de “Lavi”, o projeto foi cancelado em meados de 1982 por pressões norte-americanas, uma vez que os EUA pararam de financiar o desenvolvimento do caça forçando a sua paralisação. Os motores do J-10 são de fabricação russa e o custo total da compra está estimado em 1 bilhão de Reais.
O alcance operacional da aeronave, com os tanques subalares de combustível, é aproximadamente de 3.000km, colocando praticamente todo o território de Israel “na mira” do J-10.
Na época do cancelamento do caça, Israel vendeu para vários países os projetos de alguns sistemas do “Lavi”, incluindo a China. Esta não é a primeira vez que componentes estratégicos de armas projetados por Israel foram parar nas mãos dos seus inimigos. Segundo alguns especialistas, a China vendeu para a Arábia Saudita sistemas de mísseis de longo alcance, que continham segredos e tecnologia projetados por Israel.

Caça J-10 chinês representa ameaça aérea a Taiwan diz EUA

Departamento de Defesa dos Estados Unidos alerta sobre modernização e proliferação de equipamento militar na China

Hercules Araújo - Airway

Liderado pelo novo caça nacional Chengdu J-10 além de outros caças modernos e bombardeiros a China está construindo capacidade militar para ameaçar politicamente Taiwan enquanto faz frente aos EUA que pretende defender a ilha.

Essa a conclusão a que chegou o Departamento de Defesa dos Estados Unidos em sua última análise sobre o poder militar chinês, submetido ao congresso no começo do mês de março. O relatório alerta sobre o poder militar aéreo de Beijing com 490 novas avançadas aeronaves de combate com alcance estendido sem a necessidade de reabastecimento aéreo até a Ilha de Taiwan. Estas aeronaves desenvolvidas nacionalmente incluem o caça J-10 classe F-16, e os Shenyang J-11B que devem chegar aos esquadrões em breve como um melhoramento do Sukhoi Su-27SK.

O relatório também alerta sobre o caça-bombardeiro modernizado Xi’an JH-7A que pode transportar armamento de precisão como o míssil anti-radiação YJ-91, mísseis guiados por TV e bombas guiadas a laser.

A China também está modernizando seu bombardeiro Xi’an H-6 com uma nova variante, o H-6K equipado com novos motores, painel modernizado e seis cabides sob as asas para o que o DoD diz ser para um míssil de cruzeiro de longo alcance.

CHENGDU J-10. Um delta canard chines


DESCRIÇÃO
O novo caça chinês fabricado pela Chengdu, o J-10, foi um desenvolvimento que contou com uma importante ajuda do Israel, que forneceu o projeto do seu caça LAVI, que foi cancelado em 1987. Embora, oficialmente o cancelamento deste excelente programa, tenha sido causado pelos altos custos de desenvolvimento, ainda, me parece que os EUA, não gostaram da idéia de ter um concorrente de seu F-16 e F-18 no mercado internacional de caças. Depois disso, o projeto começou a ser passado a China que conseguiu construir um novo caça. O J-10 foi o primeiro caça efetivamente moderno projetado naquele país e a decisão de se construir um caça do tipo delta canard, foi muito inteligente. Essa configuração é relativamente mais econômica de se construir e a eficiência aerodinâmica para manobras de combate, é mais eficiente que o desenho mais convencional (Asas no meio da fuselagem e profundores na parte traseira).

Acima: Uma bela ilustração de um J-10 armado com 4 misseis PL-12 e 2 PL-9 (copia do Python III israelense)

O desempenho do J-10 é equivalente a de um F-16C, porém, ele é mais ágil, conseqüência dos canards totalmente moveis e dos controles FBW que garantem uma elevada manobrabilidade em altos ângulos de ataque. A China tem nesses últimos 15 anos modernizado rapidamente sua maquina de guerra. Sua força aérea, que antes era formada por centenas de aviões de segunda classe como o F-7 uma versão do MIG 21 com aniônicos ocidentais, ou os Q-5, um pequeno avião de ataque com capacidade de armas bem limitada, está agora determinada em se tornar a mais bem equipada força aérea asiática. Os J-10, serão os sucessores dos J-7, junto com os novos caças FC-1, que já foi apresentado por este Blog promovem uma melhoria notável na capacidade ofensiva chinesa.

Acima: Um J-10 se aproxima para pouso depois de uma missão de patrulha aérea. O desenho do J-10 se parece muito com o modelo LAVI israelense, que foi abandonado.

O J-10 pode ser equipado com diversos radares de diversos fabricantes. São eles o Nanjing KJL-3 , que possui um desempenho similar aos radares AN/APG 66/ 68 e com alcance de 100 a 130 Km e que pode atacar 2 alvos simultaneamente. Outro radar é o russo Phazotron Zhuk-10 PD, usado nas versões iniciais do Su-27, com alcance de 160 Km e capacidade de atacar 6 alvos simultaneamente. O radar israelense ELTA 2035 com alcance de 100 Km também pode ser instalado no J-10. Essa flexibilidade o torna muito interessante no mercado, pois o cliente poderá “personalizar” seu J-10. Alias o mercado internacional parece garantir um lugar de sucesso a esse caça. Os chineses são conhecidos pelos baixos preços de seus produtos, e se somarmos o fato da qualidade deste caça, teremos um potencial produto para equipar os esquadrões dos países com menores recursos.
Acima: Dois J-10 prontos para decolar para interceptação. A pequena carga transportada nessa foto é para melhorar o desempenho de subida e manobra em situação de interceptação.
O motor usado é o Lyulka-Saturno AL-31 F, que é usado nos Su-27 e Su-30 chineses, com um empuxo de 12 258 Kg com pós-combustão. Com essa solução para a motorização, os chineses contam com uma otimização logística e uma economia de escala, já que um mesmo motor é usado por três tipos de caças em uso por sua força aérea. Existe ainda um desenvolvimento de um motor de projeto totalmente chinês, o Ws-10a, que permitirá aos chineses atingirem mais um nível na fabricação de equipamentos para uso aeronáutico. Em 1998 foi mostrados na feira de defesa em Zhuhai, um motor com vetoração de empuxo tridimensional, que daria ao J-10 uma manobrabilidade fenomenal.

Acima: Uma das primeiras imagens de um J-10 após a existencia deste caça ser admitida oficialmente pelo governo Chines.

O armamento do J-10 é composto, de mísseis de fabricação russa R-73 Archer, R-77 Adder e por mísseis de fabricação local como o PL-8, PL-10 e PL-11, cuja tecnologia é inferior ao armamento russo. Armas ar terra, estão disponíveis na forma de bombas guiadas a laser, míssil anti-navio YJ-8K, assim como bombas não guiadas e foguetes. O míssil YJ-9 anti radar e com motor ranjet, que está sendo desenvolvido poderá ser usado pelo J-10 também. Como armamento interno existe um canhão em calibre 23 mm, porém algumas fontes sugerem que esse canhão é em calibre 30 mm. Como todos os equipamentos chineses, o J-10 é cercado de segredos e muitas informações são estimadas. Mas não resta dúvidas que a China deu um passo importante para o seu desenvolvimento militar e tecnológico no desenvolvimento deste novo caça.
Acima: Este J-10 está armado para defesa aérea, com 2 misseis PL11 e 2 misseis PL8, além de 3 tanques externos.

FICHA TÉCNICA
Velocidade de cruzeiro: mach 0.95
Velocidade máxima: mach 2,2
Razão de subida: 15000 m/min.
Potencia: 0.95
Fator de carga: 9 Gs
Taxa de giro: 24º/s (estimada)
Taxa de rolamento: 270º/s.
Alcance: 1300 km (sem reabastecimento)
Alcance do Radar: 100 a 160km dependendo do modelo.
Empuxo: Motor Lyulka- Saturn AL-31 F com 12250 kgf
DIMENSÕES
Comprimento: 14,57 m.
Envergadura: 8,78 m
Altura: 4,78 m
Peso vazio: 9800 Kg
ARMAMENTO
Ar Ar: Mísseis: R-73, R77, PL 4, PL 8, PL 10, PL 11, P27
Ar Terra: Bombas guiadas a laser, Míssil anti-navio YJ-8 K, foguetes e bombas de uso geral.
Interno: canhão de 23 mm

Chengdu J-10 em Video:

Fabricantes

Loading...

Zonas de Conflito

Loading...

Poder Aéreo

Loading...

Poder Naval

Loading...

Guerra Eletônica

Loading...

-

Blogged

TOP 100 MILITARY SITES

Frases

Audaces fortuna juvat - "A sorte protege os audazes" (verso da Eneida de Virgílio)
O Brasil não é um país beligerante, mas deve deter meios para defender sua soberania, caso isso seja necessário. Afinal, há de se lembrar sempre que paises não tem amigos tem interesses.

"Computadores são como bicicletas para nossa mente" - Steve Jobs

"Um homem quando está em paz não quer guerra com ninguém..."Musica Só Os Loucos Sabem - Charlie Brown Jr. - Composição: Chorão/Thiago Castanho.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
“Não precisa fazer a bomba. Basta mostrar que sabe““Abrir mão de possuir armas é uma coisa, abrir mão do conhecimento de como fazê-las é outra coisa“ - Dalton Ellery Girão Barroso do IME
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
"um submarino nuclear tem muito pouco propósito a não ser que seja visto como parte de um sistema de disparo de armamento nuclear. Sem armas nucleares, é difícil entender" - Cientista indiano Prabir Purkayastha, especialista em sistemas energéticos e energia atômica
“O brasileiro é muito tranquilo. Nós dominamos a tecnologia da energia nuclear, mas ninguém aqui tem uma iniciativa para avançar nisso. Temos que avançar nisso aí. É vantagem? É, até do ponto de vista de dissuasão é"... "Nós temos que nos despertar que o Brasil para ser um país realmente forte tem que avançar nisso aí. Especialmente para fins pacíficos. E mesmo a arma nuclear utilizada como instrumento dissuasório é de grande importância para um país que tem 15 mil quilômetros de fronteiras a oeste e tem um mar territorial e agora esse mar do pré-sal, de 4 milhões de metros quadrados de área”. - Vice-Presidente do Brasil, José Alencar


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
“Nós somos contra a proliferação nuclear, nós somos signatários do tratado de não-proliferação [de armas nucleares], mas não podemos renunciar ao conhecimento científico” - Ministro de Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral


Audiência

Cotação do Hangar

Mais vistas na última semana

Marcadores

Acidente AF 447 Aero Afeganistão Africa do Sul AGRESSÃO AO BRASIL Agusta AIDC AIEA Air Race Air Tractor Aircraft For Sale Albânia Alemanha Angola Argélia Armenia Arqueologia Militar Arábia Saudita Australia Austria Avia aviação AVIAÇÃO CEARÁ aviação militar AVIC Avião Azerbaijão Bangladesh Belgica Bielorussia Biografia BLOG Boeing Bolivia Brasil Brasil Potência BRIC Brunei Bulgaria Burocracia By Vinna Cabo Verde CACMA Cazaquistão Ceará Chad Chile China CIA Ciberguerra/Cyber Attacks ciência Colirio Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Corrente do Bem Croacia Dassault De olho na Imprensa Diplomacia direito Eixo Bolivariano EMBRAER Emirados Árabes Energia Equador Eritrea ESA Eslovaquia Eslovenia Espanha Espaço Espionagem Estonia Etiopia Eurocopter Evangelho do dia Exercícios Militares F1 Falkland/Malvinas Filipinas Filme Finlândia Finmeccanica França Front Interno Férias Geopolitica Guatemala Guerra da Amazônia Guiana Guiné-Bissau HANGAR DO VINNA Hindustan Aeronautics História Hoje na História Holanda HUMOR Hungria INACE India Inglaterra Insólito Iraque Irã Islandia Israel ISS Itália Kazaquistão Kuwait Laos Lei do Abate Letonia LINKS Lituania Lockheed Luxemburgo Malasia Mali MARKETING PESSOAL MATRIX Mauritania McDonnell Douglas MiG Minustah Modelismo Moçambique MUSICA Myanmar Namibia NASA Nigeria Noruega Nova Zelândia Nuclear obituário OEA Olimpiada OMC Omã ONU opinião OTAN OVNIs Palestina/Gueto de Gaza Panamá Paquistão Petrobrás e biocombustivel Pioneiro do ar Pirataria/Tortuga Polonia Portugal Qatar Quenia Quirguistão Raytheon Recebi por e-mail Resenha Rio 2016 Romenia Rosoboronexport Russia Russian Helicopters SAAB Saúde Segurança Pública Senegal Sikorsky sinistro Star Trek Sudão Suécia São Tomé e Príncipe Tailandia Taiwan Tajiquistão tecnologia Terminator Terrorismo Turismo Turquia UNIÃO/Defesa America do Sul USA Venezuela veículo Video ww2 Yantar Zambia Zimbabwe Zona de Conflito

Salmo

Meta: Informação Livre e um Blog novo todo dia

Bem vindo, amigo visitante: Procuro atualizar o blog várias vezes por dia e este trabalho solitário é feito pensando em vocês. Financeiramente Não ganho NADA a não ser a amizade de alguns de vocês... ALGUMAS IMAGENS RETIREI DA INTERNET SEM AUTORIA. SE ALGUMA DELAS FOR PROTEGIDA POR DIREITOS AUTORAIS, A VIOLAÇÃO NÃO FOI INTENCIONAL, NESTE CASO, SE NÃO ME FOR AUTORIZADA A EXPOSIÇÃO DA MESMA, A IMAGEM SERÁ RETIRADA DO BLOG, BASTA QUE ENTREM EM CONTATO POR COMENTARIO OU EMAIL.
Vinicius Morais - Vinna

Translate

Pesquisar este blog

Carregando...

Visitas by Google - Since 02/05/2008

Nós no Face...

Videos em Destaque

Dog Fighters of the Six Day War Vingadores: Era de Ultron - Comentado

Links de Referência & PARCEIROS


Blog Cavok

Campo de Batalha

Cultura Aeronáutica

Alternativa Car

Fumaça Já!



Noticias Sobre Aviação

DEFESANET


Tecnologia & Defesa


Portal Rudnei Cunha

ANVFEB



Plano Brasil

Geo Política

Defesa Aérea

Estratégia Nacional de Defesa


Defesa BR

Revista ASAS


VAE VICTIS

Segurança & Defesa


Infodefensa

ANUNCIE - AQUI

archive